• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.39.2010.tde-19082010-172419
Documento
Autor
Nome completo
Maria Cecilia Oliveira da Fonseca
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Santos, Suely dos (Presidente)
Freudenheim, Andrea Michele
Gobbi, Lilian Teresa Bucken
Título em português
Efeitos de dois programas de exercícios físicos nas capacidades funcionais e estruturas cerebrais de idosas
Palavras-chave em português
Capacidade motora
Exercício físico
Idoso
Plasticidade cerebral.
Resumo em português
O declínio das capacidades motoras é inevitável ao longo do envelhecimento, porém, a curva desse declínio pode ser reduzida quando o exercício físico é utilizado como forma de intervenção. Em geral, envolvem a repetição de movimentos cíclicos e de baixa complexidade, com o objetivo de aumentar a eficiência fisiológica dos praticantes. Entretanto, há evidências que comprovam a plasticidade cerebral de animais, inclusive em animais idosos, que foram expostos a ambientes e experiências enriquecedoras. Estudos com humanos permitiram observar que os efeitos da aprendizagem de habilidades motoras estão associados a mudanças não apenas comportamentais, mas também nas estruturas cerebrais. Os resultados desses estudos têm sido discutidos em termos do esforço cognitivo relativo ao processo de aprendizagem e, em especial, das habilidades motoras complexas. Neste sentido, este estudo pretendeu verificar os efeitos de dois programas de exercícios físicos nas estruturas cerebrais e capacidades motoras de idosas. Mais especificamente, em uma situação experimental de ensino, foram aplicados dois programas de exercícios físicos, um voltado para a prática de habilidades motoras complexas e o outro voltado especificamente para a prática de movimentos de baixa complexidade (simples). Foram avaliados os efeitos desses programas sobre as estruturas cerebrais, por meio de ressonância magnética cerebral e, também, sobre as capacidades motoras, por meio de testes de capacidade funcional. Participaram do estudo 40 mulheres com idade média de 66,56 anos. Foram formados 3 grupos: Condicionamento Físico, Jogos e Controle. O programa de exercícios teve a duração de 14 semanas, com 3 sessões semanais. As avaliações ocorreram no início e no final dos programas nos 3 grupos. Os resultados revelaram que o grupo controle não apresentou mudanças significantes nas capacidades motoras nem em relação às estruturas cerebrais. O grupo Condicionamento Físico obteve melhora significante no desempenho dos testes de força de membros superiores, flexibilidade de membros inferiores e agilidade/equilíbrio dinâmico. Já o grupo Jogos demonstrou aumento significante no desempenho dos testes de flexibilidade de membros inferiores, agilidade/equilíbrio dinâmico e equilíbrio pé direito olho aberto. Entretanto, nenhum dos grupos, inclusive daqueles que praticaram exercícios físicos, apresentou mudanças significantes no que diz respeito às estruturas cerebrais. Concluiu-se que os programas de exercícios físicos foram parcialmente efetivos para a melhora das capacidades motoras, mas não promoveram alterações na estrutura cerebral
Título em inglês
Effects of two physical exercise programs in motor capacities and brain structures of elderly women
Palavras-chave em inglês
brain plasticity
Elderly
moving capacity/ ability
physical exercises
Resumo em inglês
Although the diminishing in the motor abilities is inevitable along the aging process, the tendency of this decrease may be reduced when physical exercise is used as an intervention. These interventions, in general, include the repetition of movements which are cyclical and have low complexity, aiming to increase physiological efficiency of the practitioners. There are evidences of animal's brain plasticity, including elderly animals, which have been exposed to enriching environments and experiences. Studies with human beings have lead to the conclusion that the motor learning effects are associated to changes not only behavioral, but also in brain structure. The results of these studies have been discussed in terms of the cognitive effort related to the learning process and, specially, to the complex motor skills. Therefore this study aimed to verify the effects of two programs of physical exercises on the brain structure and motor capacities of elderly women. Specifically, in an experimental teaching condition, there have been developed two physical exercises programs: one oriented to the practice of complex motor skills; and the other directed to the practice of low complexity movements (simple). The effects of these programs in the brain structure have been evaluated through cerebral magnetic resonance and, also, in the motor capacities through functional capacities tests. Forty women with mean age of 66.56 years old have taken part of the study. There were three groups: Fitness, Games and Control. The exercises programs were developed during 14 weeks, with 3 sessions per week. The evaluations were in the beginning and in the end of the program. Results showed that the Control group has neither presented changes in their motor capacities nor related to their brain structures. The Fitness group significantly improved its performance in the tests for upper body strength, flexibility of the limbs and agility/ dynamic balance. The Games group demonstrated significant increase in the test for flexibility of the limbs, agility/dynamic balance and balance right foot open eye. Even though, none of the groups, including those which have practiced physical exercises, presented changes in their brain structures. In conclusion, the physical exercise programs have been partially effective for the improvement of the motor capacities, but have not brought changes in the brain structure
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-08-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.