• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.39.2013.tde-21012014-133735
Documento
Autor
Nome completo
Sérgio Settani Giglio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Rocco Junior, Ary Jose (Presidente)
Damo, Arlei Sander
Florenzano, Jose Paulo
Franzini, Fabio
Marchi Júnior, Wanderley
Título em português
COI x FIFA: a história política do futebol nos jogos olímpicos
Palavras-chave em português
COI
Copa do Mundo
FIFA
Futebol
História
Jogos olímpicos
Política
Resumo em português
Esta tese trata da constituição do campo esportivo (BOURDIEU, 1983) do futebol nos Jogos Olímpicos. Para apresentar a configuração dessa estrutura foi utilizada uma análise documental juntamente com a história de vida dos atletas brasileiros que participaram do torneio olímpico entre 1952 e 1988. O tema referente ao amadorismo e profissionalismo estruturou toda a tese. Os conflitos políticos em torno do COI e da FIFA pelo controle do futebol foram amparados na disputa de poder para estabelecer como seria definido o termo amador. As divergências sobre esse assunto fizeram com que a FIFA criasse a sua Copa do Mundo em 1930 e que o futebol ficasse fora do programa olímpico dos Jogos de 1932. Foi a partir desse debate que os múltiplos olhares em relação ao futebol e aos Jogos Olímpicos sustentaram a tese. Esses olhares foram construídos a partir da história de vida dos atletas brasileiros que defenderam o país no futebol, dos membros e presidentes do COI e da FIFA, dos dirigentes do COB e da CBD, depois CBF, e da imprensa que apareceu nos jornais Folha da Manhã, Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo, e nos Boletins Olímpicos do COI. Desse modo, construiu-se a tese de que foram os conflitos políticos entre o COI e a FIFA em torno do estabelecimento das definições da condição de atleta amador e profissional que ditaram os rumos do futebol olímpico e da modalidade no mundo
Título em inglês
IOC x FIFA: the political history of football at the olympic games
Palavras-chave em inglês
FIFA
Football
History
IOC
Olympic games
Politic
World cup
Resumo em inglês
This thesis deals with the establishment of football as a sport field (BOURDIEU, 1983) in the Olympic Games. In order to present the configuration of this structure, a documental analysis was performed as well as the review of Brazilian athletes life history, since 1952 until 1988. The theme related to amateurism and professionalism has completely structured this thesis. Political conflicts developed in the relationship of COI and FIFA for control of football activities were based on the power dispute on how amateur should be defined. Deviations related to this subject lead to FIFA launching of its 1930 World Cup, and prevented football from being excluded in the Olympic Games of 1932. Rooted on this debate, multiple views related to football and Olympic Games maintained the thesis. Those multiple views were built upon the life history of Brazilian athletes that defended the country in football games, of members and presidents of COI and FIFA, of the leaders of COB and CBD, later on CBF, and upon press articles shown on Folha da Manhã, Folha de S. Paulo and O Estado de S. Paulo diaries, as well as on COI Olympic Bulletins. In this way, it was built the thesis that political conflicts between COI and FIFA were the root for the establishment of the definitions on amateur and professional athlete conditions, which ruled the track of Olympic football, as well as professional football, worldwide
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese_Giglio_Final.pdf (3.89 Mbytes)
Data de Publicação
2014-02-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.