• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.39.2016.tde-06062016-115211
Documento
Autor
Nombre completo
Fabian Alberto Romero Clavijo
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2016
Director
Tribunal
Correa, Umberto Cesar (Presidente)
Freudenheim, Andrea Michele
Ré, Alessandro Hervaldo Nicolai
Ugrinowitsch, Herbert
Título en portugués
Relações espaço-temporais como restrições de tomadas de decisões na grande área no futebol
Palabras clave en portugués
Dinâmica ecológica
Futebol
Tomada de decisão
Resumen en portugués
Este estudo investigou as tomadas de decisões de jogadores dentro da grande área do futebol com base em variáveis espaciais e espaço-temporais de coordenações interpessoal e extrapessoal. Participaram do estudo 150 jogadores do sexo masculino, com idade entre 18 e 38 anos, e experiência de prática neste esporte de, no mínimo, 7 anos. Foram filmados 12 jogos de futebol de um campeonato amador na Colômbia. As imagens capturadas foram analisadas através do software TACTO, e as variáveis consideradas para análise foram as seguintes: i) ângulo de chute, formado por vetores ligando o jogador com posse de bola a dois componentes do jogo que geravam uma lacuna no gol; ii) ângulo A de passe, composto por vetores conectando o portador da bola ao seu marcador mais próximo e ao seu companheiro de equipe; iii) ângulo B de passe, formado por vetores ligando o portador da bola ao seu companheiro de equipe e ao marcador mais próximo dele; iv) distância interpessoal, caracterizada pela distância entre o jogador com posse de bola e seu defensor mais próximo; v) velocidade e variabilidade relacionadas às mudanças em cada uma dessas medidas. Essas variáveis foram comparadas em relação a situações de chute, passe e drible. Os resultados revelaram que, em relação à decisão de chutar, o ângulo de chute representando a interação entre as possibilidades de completá-lo e de o mesmo ser interceptado, diferiu do mesmo ângulo em que as decisões de passe e drible foram tomadas; e, na decisão de driblar, a distância interpessoal apresentou diferenças com as situações em que o passe foi executado. Concluiu-se que, no caso do chute ao gol e o drible, os ângulos de chute e distâncias interpessoais, respectivamente, funcionaram como variáveis informacionais de coordenações interpessoal e extrapessoal importantes para as tomadas de decisão
Título en inglés
Spatio-temporal relations as constraints of the decision-makings in the soccer's penalty area
Palabras clave en inglés
Decision-making
Ecological dynamic
Soccer
Resumen en inglés
This study investigated the players' decision-makings within the penalty area of the soccer based on spatial and spatio-temporal variables of interpersonal and extrapersonal coordination. Participants included 150 male players aged between 18-38 years and at least 7 years of experience. For this purpose, 12 soccer games of an amateur Colombian championship were recorded, and analysed using the TACTO software. The spatial and spatiotemporal variables were: (i) shooting angle formed by vectors liking the ball carrier to two game components that generated a gap in the goal; (ii) passing angle A composed by passing vectors connecting the ball carrier to his nearest defender and to a teammate; (iii) passing angle B formed by vectors linking the ball carrier to a teammate and to the teammate's nearest defender; (iv) interpersonal distance characterized by distance between the ball carrier and his nearest defender; v) velocity and variability related to the changes of each these measures. These variables were compared in relation to shooting, passing, and dribbling actions. The results revealed that, regarding to the decision of shooting, the passing angle representing the interaction between possibilities to complete it and for it to be intercepted, differed from the same angle at which the passing and dribbling decisions were made; concerning to dribbling actions, the interpersonal distance was different from the same measure when the passing was chosen. It was concluded that, in the case of shooting at goal and dribbling, the shooting angle and the interpersonal distance, respectively, functioned as important informational variables of extrapersonal and interpersonal coordination in decision makings
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-06-06
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.