• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Marina Santos Deszo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Torres, Tatiana Teixeira (Presidente)
Nihei, Silvio Shigueo
Arias, Maria Cristina
Thyssen, Patricia Jacqueline
Título em português
Genômica funcional da preferência alimentar em espécies da superfamília Oestroidea
Palavras-chave em português
Calliphoridae
Ectoparasitas
Evolução
Expressão gênica
Oestridae
Resumo em português
A infestação por larvas de dípteros, conhecida como miíase, é um grande problema na pecuária em todo o mundo e pode causar perdas econômicas severas. A superfamília Oestroidea é um modelo interessante para estudar a evolução de moscas causadoras de miíase devido à diversidade de estratégias de parasitismo entre espécies intimamente relacionadas nessa família. Essas moscas são classificadas pelo seu hábito alimentar como parasitas saprófagos, obrigatórios ou parasitas facultativos. Os parasitas, em particular, podem ser subdivididos pela manifestação clínica/local de infestação como dérmica, nasofaríngea, traumática/ferida e furuncular. Com tal diversidade de estratégias, postula-se que espécies intimamente relacionadas tenham diferenças genéticas que desempenham um papel na formação desses hábitos. Aqui, utilizamos dados de expressão gênica e as sequências codificantes em escala genômica de cinco espécies (Cochliomyia hominivorax, Chrysomya megacephala, Lucilia cuprina, Dermatobia hominis e Oestrus ovis) para encontrar genes que possam estar envolvidos em diferentes estratégias e/ou preferências alimentares. Nós testamos se os 1.287 ortólogos identificados possuiam expressão diferente e restrições evolutivas em diferentes cenários. Ao comparar seus perfis de expressão gênica, encontramos dois genes regulados positivamente; um genes em espécies que causam miíase dérmica envolvido no transporte metabolização de ferro (Ferritina) e outro gene em espécies que causam miíase traumática que responde a níveis reduzidos de oxigênio (anoxia up-regulation-like). Nossa análise evolutiva mostrou um resultado semelhante. Em Ch. hominivorax, encontramos genes diferentes, mas envolvidos nas mesmas funções que podem estar evoluindo sob seleção positiva. Este é o primeiro passo para entender as origens e a evolução da diversidade de estratégias parasitárias em Oestroidea
Título em inglês
Functional genomics of feeding preferences in Oestroidea
Palavras-chave em inglês
Calliphoridae
Ectoparasites
Evolution
Gene expression
Oestridae
Resumo em inglês
The infestation by dipterous larvae, known as myiasis, is a major problem in livestock worldwide and can cause severe economic losses. The Oestroidea superfamily is an interesting model to study the evolution of myiasis-causing flies because of the diversity of parasitism strategies among closely-related species in this family. These flies are classified by their feeding habit as saprophagous, obligate parasites or facultative parasites. The parasites in particular can be subdivided into dermal, nasopharyngeal, traumatic/wound and furuncular. With such a diversity of parasitic strategies, we expect that closely-related species have genetic differences that play a role in shaping these habits. Here, we used gene expression and coding sequence data from five species (Cochliomyia hominivorax, Chrysomya megacephala, Lucilia cuprina, Dermatobia hominis and Oestrus ovis) to find genes that may be involved in different parasitic strategies. We tested whether 1,287 orthologs have different expression and evolutionary constrains in different scenarios. By comparing their gene expression profiles, we found two up-regulated genes; one in species causing dermic myiasis that is involved in iron transportation/metabolization (Ferritin), and other in species causing traumatic myiasis that responds to reduced oxygen levels (anoxia up- regulated-like). Our evolutionary analysis showed a similar result. In the Ch. Hominivorax branch, we found different genes, but involved in the same functions that may be evolving under positive selection. This is the first step towards understanding the origins and evolution of the diversity of parasitic strategies in Oestroidea
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Marina_Deszo_CORRIG.pdf (930.01 Kbytes)
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2021-05-06
Data de Publicação
2019-06-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.