• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2014.tde-27082014-084120
Documento
Autor
Nome completo
Katia Pereira dos Santos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Furlan, Cláudia Maria (Presidente)
Carvalho, João Ernesto de
Santos, Deborah Yara Alves Cursino dos
Título em português
Croton sphaerogynus Baill.: substâncias fenólicas e atividades biológicas
Palavras-chave em português
Anti-HIV
Antimicrobiano
Antioxidantes
Croton
Resumo em português
Desde os primórdios da medicina, substâncias químicas derivadas de animais, vegetais e microrganismos têm sido usadas no tratamento de diversas doenças. Dentre estas, os produtos derivados de vegetais têm dominado as farmacopeias por milhares de anos, fornecendo uma fonte inesgotável de recursos medicinais. O metabolismo secundário geralmente é definido como o responsável pela grande variedade de substâncias químicas apresentadas pelas plantas, porém específicos para alguns grupos. Aos flavonoides atribuem-se importantes funções fisiológicas e ecológicas para o vegetal, como proteção contra a radiação e atração de polinizadores. Para os seres humanos, substâncias dessa classe de metabólitos possuem ação medicinal atuando principalmente como agentes anti-inflamatórios, antioxidantes, antitumorais, hepatoprotetores, antimicrobianos e antivirais. O segundo maior gênero de Euphorbiaceae é Croton L., com aproximadamente 1300 espécies arbóreas, arbustivas ou herbáceas, distribuídas em zonas tropicais e subtropicais do Novo e Velho Mundo. Em praticamente todos os ecossistemas brasileiros encontram-se representantes de Croton. Croton cajucara é uma espécie em testes clínicos, tendo indicações terapêuticas para diabetes, distúrbios hepáticos e renais, anti-inflamatório, antimicrobiano, entre outras. Croton sphaerogynus Baill. por emergir no mesmo clado que C. cajucara, torna-se promissora na prospecção de substâncias bioativas. Este trabalho teve como objetivo investigar a composição fenólica e o potencial biológico de substâncias fenólicas presentes nos extratos foliares de C. sphaerogynus por meio de ensaios antioxidantes, antimicrobianos e anti-HIV-1. Como principais resultados, C. sphaerogynus se caracterizou como uma espécie produtora exclusivamente de flavonóis, além de ser grande produtora de diterpenos. Dois flavonoides foram isolados, quercetina 3,7-dimetil éter e campferol 3-metil éter. Quanto às atividades biológicas, a subfração composta majoritariamente por quercetina 3,7-dimetil éter apresentou alto potencial antioxidante e a maior atividade anti-HIV-1 entre os extratos e outras subfrações testadas. A fração hexânica, rica em diterpenos, foi a que apresentou atividade antimicrobiana promissora. Dessa forma, C. spherogynus torna-se uma espécie promissora para o uso de substâncias antioxidantes
Título em inglês
Croton sphaerogynus Baill.: phenolic compounds and biologic activities
Palavras-chave em inglês
Croton
Resumo em inglês
Since the early days of medicine, chemical substances derived from animals, plants and micro-organisms have been used in treating various diseases. Among these, the products derived from plants have dominated the pharmacopoeia for thousands of years, providing an inexhaustible source of medicinal resources. Secondary metabolism is generally defined as responsible for the wide variety of chemical substances produced by plants, but specific for some groups. Important physiological and ecological plant functions are attributed to flavonoids, such as photoprotection and pollinators attraction. For humans, this class of substances has medicinal properties, acting mainly as anti-inflammatory, antiviral, antitumor, antioxidant, hepatoprotective and antimicrobial. Croton L. is the second largest genus of Euphorbiaceae, with about 1300 species of trees, bushes or herbs. Croton is distributed in tropical and subtropical regions of the New and Old World, occurring in almost all Brazilian ecosystems. Croton cajucara is an example of species in clinical trials, having therapeutic indications for diabetes, hepatic and renal disorders, anti-inflammatory, antimicrobial, among others. Croton sphaerogynus Baill. emerges in the same clade of C. cajucara, and becomes a promising species for prospection of bioactive substances. This study aimed to investigate the phenolic composition and biological potential of phenolic substances present in leaf extracts of C. sphaerogynus and test their antioxidant, antimicrobial and anti - HIV potential. C. sphaerogynus was characterized as exclusive producer of flavonol, besides it is a major producer of diterpenes. Two flavonoids were isolated quercetin 3,7-dimethyl ether, and kaempferol 3-methyl ether. Regarding biological activities, the subfraction composed mainly of quercetin 3,7-dimethyl ether showed high antioxidant potential and the higher anti-HIV-1 activity when compared to extracts and other subfractions tested. The hexane fraction, rich in diterpenes, showed promising antimicrobial activity. Thus, C. spherogynus becomes a promising species for the uses of antioxidants substances
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-09-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.