• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.41.2020.tde-27112019-144804
Documento
Autor
Nome completo
Luz Karime Polo Osorio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Ho, Fanly Fungyi Chow (Presidente)
Pacheco, Ana Beatriz Furlanetto
Plastino, Estela Maria
Széchy, Maria Teresa Menezes de
Título em inglês
Physiological responses, bioactivity and differential analysis of protein abundance of the brown seaweed Sargassum (Phaeophyceae, Fucales) submitted to UV radiation
Palavras-chave em inglês
Algae
Oxidative stress
Phenolic compounds
Photoprotection
Proteomics
Resumo em inglês
The distribution and abundance of macroalgae are determined by the resources they demand (e.g. light, carbon dioxide, mineral nutrients, substrate), the effects of environmental factors (e.g. temperature, salinity, water movement, solar radiation), rates of recruitment, mortality and dispersion, and biological interactions (e.g. competition and herbivory). All these aspects are of particular importance in scenarios of environmental and global climate changes, as they determine the susceptibility and survival of organisms and the dynamic of ecosystems. One of the most debated factors that can affect these responses is the influence of UV radiation. Highly energetic photons in the UV radiation range can be absorbed by nucleic acids, lipids, amino acids, proteins, chlorophylls, and carotenoids of the organisms, causing significant cellular damage through photooxidation and oxidative stress, resulting in several vital metabolic changes such as DNA replication, transcription and translation, growth rate and development, photosynthesis and respiration, and promotion of apoptosis. Based on the aforementioned information, the present study intends to contribute to the knowledge of the effect of UV radiation on macroalgae by using Sargassum spp. as biological model by integrating diverse physiological, cellular defenses, biological activities, and proteomic approaches for understanding the impact and sensitivity of this stressor under laboratory conditions
Título em português
Respostas fisiológicas, bioatividade e análises diferencial da abundância de proteínas da alga parda Sargassum (Phaeophyceae, Fucales) submetida a radiação UV
Palavras-chave em português
Alga
Estresse oxidativo
Fotoproteção
Proteômica
Substância fenólicas
Resumo em português
A distribuição e a abundância de macroalgas são determinadas pelos recursos que exigem (por exemplo, luz, dióxido de carbono, nutrientes minerais, substrato), pelos efeitos de fatores ambientais (temperatura, salinidade, movimento da água, radiação solar), taxas de recrutamento, mortalidade e dispersão e por interações biológicas (por exemplo, competição e herbivoria). Todos esses aspectos são de particular importância em cenários de mudanças climáticas globais e ambientais, pois determinam a suscetibilidade e sobrevivência dos organismos e a dinâmica dos ecossistemas. Um dos fatores mais debatidos que podem afetar essas respostas é a influência da radiação UV. Fótons altamente energéticos na faixa da radiação UV podem ser absorvidos por ácidos nucleicos, lipídios, aminoácidos, proteínas, clorofilas e carotenoides dos organismos, causando danos celulares significativos por fotooxidação e estresse oxidativo, resultando em várias alterações metabólicas vitais, como replicação do DNA, transcrição e tradução, taxa de crescimento e desenvolvimento, fotossíntese e respiração, e promoção de apoptose. Com base nessas informações, o presente estudo pretende contribuir para o conhecimento do efeito da radiação UV em macroalgas, utilizando Sargassum spp. como modelo biológico e integrando diversas abordagens como fisiológicas, celulares, atividades biológicas e proteômica para a compreensão do impacto e da sensibilidade deste estresse em condições de laboratório
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2021-11-26
Data de Publicação
2020-01-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.