• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2011.tde-14122011-080739
Documento
Autor
Nome completo
Elaine Cristina Bornancin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Marques, Antonio Carlos (Presidente)
Oliveira, Otto Müller Patrão de
Flores, Augusto Alberto Valero
Título em português
Acharadria crocea (Cnidaria: Hydrozoa): estudo integrado da ecofisiologia do assentamento larval e modelagem de nicho ecológico
Palavras-chave em português
Ecofisiologia
Modelagem ecológica
Tubulariidae
Resumo em português
Acharadria crocea é um hidrozoário comum do Atlântico Sul-Ocidental. Na costa brasileira, a espécie possui um padrão de sazonalidade bem definido, sendo abundante nos meses frios do ano e ausente ou rara no verão e outono. Durante o inverno, a espécie apresenta intenso crescimento assexuado por brotamento, permitindo o rápido desenvolvimento da colônia. Esta se torna fértil em um curto espaço de tempo e produz uma grande quantidade de larvas, o que favorece o estabelecimento de novas colônias. Além destas características, a espécie já foi associada com transporte antrópico, por meio de incrustação em cascos de navios, o que a torna uma espécie potencialmente invasora. Este trabalho avaliou experimentalmente a tolerância ecofisiológica das larvas de A. crocea a temperatura e salinidade da água, bem como sua capacidade de colonização de diferentes substratos, tanto naturais (carapaças de cracas e mexilhões) como artificiais (fragmentos de PET e alumínio). A influência de um biofilme multiespecífico de bactérias no assentamento da espécie também foi analisada. Com base nos dados de tolerância ecofisiológica das larvas, foi realizada e modelagem de nicho da espécie utilizando GLM (Modelos Lineares Generalizados), que gerou mapas de sua distribuição potencial. Utilizando dados de ocorrência geográfica disponíveis na literatura, foram gerados também mapas de distribuição potencial das colônias adultas utilizando o algoritmo MAXENT. Para integrar as informações das fases bentônica e planctônica de A. crocea, foi realizada subsequentemente a intersecção dos mapas gerados por ambas as metodologias, gerando assim uma predição unificada de sua ocorrência.
Título em inglês
Acharadria crocea (Cnidaria: Hydrozoa): integrative study of larval settlement ecophysiology and ecological niche modeling
Palavras-chave em inglês
Ecological modeling
Ecophysiology
Tubulariidae
Resumo em inglês
Acharadria crocea is a common South-occidental Atlantic hydrozoan. On the Brazilian coast it presents a well defined seasonality pattern, being abundant on the cool months of the year and absent or rare on summer and autumn. During winter, the specie increases its numbers by asexual stolonal growth, as well as the colony size. The colony becomes fertile and produces a great amount of larvae, allowing the establishment of new colonies. Besides these characteristics, A. crocea was already found colonizing ship hulls, being considered a highly invasive species. This report experimentally evaluated the ecophysiological tolerance of A. crocea larvae to water temperature and salinity, as well as its ability to colonize different substrates, both natural (mussel and barnacle shells) and artificial (plastic bottles and aluminum). The influence of a bacterial film on its adaptation was also analyzed. Based on the ecophysiology of the larvae, an ecological niche modeling was built using GLM (generalized linear models) to create maps of the distribution of the larvae. Using literature based graphic occurrence data and the MAXENT algorithm, maps of the adult colonies potential distribution were also created. To relate information of benthonic and planctonic phases of A. crocea, an intersection of the maps was built from both methods.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Elaine_Bornancin.pdf (1.27 Mbytes)
Data de Publicação
2012-01-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.