• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.41.2020.tde-04112019-095823
Documento
Autor
Nome completo
Camila Camata Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Kleinert, Astrid de Matos Peixoto (Presidente)
Fontana, Annelise de Souza Rosa
Nocelli, Roberta Cornélio Ferreira
Santos, Isabel Alves dos
Título em inglês
Adapting pesticides effect studies to stingless bees: a colony level feeding study with Melipona quadrifasciata
Palavras-chave em inglês
Dimethoate
Meliponini
Native pollinators
Oral exposure
Semi-field study
Resumo em inglês
Pesticides effects on pollinators and representativeness of native species in ecological risk assessment and studies are an increasing concern. Stingless bees are especially important in Brazil, a major agricultural producer. Given the lack of colony-level data, a feeding study methodology for Melipona quadrifasciata was proposed and tested with the toxic standard dimethoate. Free foraging colonies at five sites were offered sugar syrup containing 0 (C), 75 (T1), 100 (T2) and 200 (T3) μg dimethoate/Kg and assessed weekly up to five weeks after exposure. Dimethoate concentration was analytically verified in the artificial syrup and honey from colonies. Pollen from pots was identified throughout the experiment. Actual concentrations in the syrup were 75-117% of nominal levels and low dissipation/dilution occurred in honey pots during the study. Mean numbers of foragers, brood, honey pots, proportions of brood mortality and incomplete honey pots, behavior and colony survival were significantly affected in T3 colonies, compared to control. Transient effects on brood mortality and incomplete pots (T1) or on number of new cells (T2) were observed at the lowest concentrations, but were rapidly recovered and may not be treatment related. Pollen diversity varied between sites, but no clear treatment differences were observed. The proposed methodology allowed identification of suitable parameters for colony-level studies using M. quadrifasciata, and of the no-observed effect concentration (nominal: 100 μg/Kg)
Título em português
Adaptação de estudos do efeito de pesticidas para abelhas sem ferrão: um estudo de alimentação de colônias com Melipona quadrifasciata
Palavras-chave em português
Dimetoato
Estudo de semi-campo
Exposição oral
Meliponini
Polinizadores nativos
Resumo em português
Efeitos de pesticidas em polinizadores e a representatividade de espécies nativas em estudos e avaliações de risco ecológicas são uma preocupação crescente. As abelhas sem ferrão são especialmente importantes no Brasil, um dos maiores produtores agrícolas do mundo. Dada a falta de dados no nível de colônias, uma metodologia de estudo de alimentação para Melipona quadrifasciata foi proposta e testada com o padrão tóxico dimetoato. Colônias livres para forragear foram expostas por seis semanas a 0 (C), 75 (T1), 100 (T2) e 200 (T3) μg de dimetoato/Kg de xarope de açúcar em cinco locais, e avaliadas semanalmente até cinco semanas após a exposição. Foi realizada uma verificação analítica do dimetoato no xarope artificial e no mel das colônias. O pólen dos potes foi identificado ao longo do experimento. As concentrações medidas no xarope foram 75-117% dos níveis nominais e baixa dissipação/diluição ocorreu nos potes de mel durante o estudo. Os números médios de forrageiras, cria, potes de néctar, proporções de mortalidade da cria e de potes incompletos de néctar, comportamento e sobrevivência das colônias foram significativamente afetados em colônias T3, em comparação com o controle. Efeitos transitórios na mortalidade de crias e potes incompletos (T1) ou no número de novas células (T2) foram observados nas concentrações mais baixas, mas foram recuperados e podem não estar relacionados ao tratamento. A diversidade de pólen variou entre os locais, mas não foram observadas diferenças claras entre tratamentos. A metodologia proposta permitiu a identificação de parâmetros adequados para estudos em nível de colônia com Melipona quadrifasciata e identificação da concentração de efeito adverso não observado para dimetoato (nominal: 100 μg/Kg)
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.