• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2017.tde-06122016-152446
Documento
Autor
Nome completo
Natalia Aristizábal Uribe
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Metzger, Jean Paul Walter (Presidente)
Oliveira, Paulo Sergio Moreira Carvalho de
Ribas, Carla Rodrigues
Título em português
Efeitos da estrutura da paisagem no controle de pragas por formigas em cafezais
Palavras-chave em português
Broca do café
Coffea arábica
Formicidae
Mata Atlântica
Planejamento de paisagem
Serviços ecossistêmicos
Resumo em português
1. Os serviços de controle de pragas têm papel fundamental para a sustentabilidade da agricultura, porém ainda pouco se sabe sobre como a estrutura da paisagem, tanto em termos de composição (tipos de uso e cobertura das terras) quanto de configuração (proximidade a fragmentos florestais, grau de fragmentação, entre outros), regula a provisão destes serviços em paisagens fragmentadas. 2. Nesse estudo, testamos a capacidade de formigas promoverem o controle da broca-do-café (CBB), a principal praga do café em termos econômicos, e testamos ainda se a provisão desse serviço varia em função da estrutura da paisagem. Medimos o controle de CBB em plantações de café a pleno sol em dez paisagens do Sudeste do Brasil, que representavam um gradiente de cobertura florestal e de café. Utilizamos experimentos de exclusão de formigas, dispostos a diferentes distâncias dos fragmentos florestais, e comparamos o nível de controle de pragas dentro e fora dos experimentos. Testamos como o controle de CBB é afetado pelas interações da exclusão de formigas com parâmetros da estrutura da paisagem, incluindo a proximidade a fragmentos florestais, a cobertura florestal (em raios de 2 km e 300 m) e a cobertura de café (em raios de 300 m). Consideramos três indicadores de controle de pragas: presença de CBB, grau de infestação por CBB e o dano aos grãos de café por CBB. 3. Os resultados mostram que as formigas diminuem fortemente a presença de CBB e o dano aos grãos de café por CBB. Além disso, o controle de CBB ocorre, independentemente da sua proximidade aos fragmentos florestais, mas aumenta após 25 m, sugerindo que as formigas que prestam esse serviço estão adaptadas às condições ambientais das plantações de café a pleno sol. 4. A existência de pelo menos 35% de cobertura florestal, num entorno de 2 km, reduz a infestação de CBB e o dano aos grãos de café. Os resultados sugerem ainda que a expansão da cobertura de café aumenta a presença de CBB, mas diminui o dano aos grãos de café. 5. Síntese e aplicações. Esse estudo apresenta novas evidências que as formigas provêm controle de CBB e esse serviço é modulado pela estrutura da paisagem. Este estudo fornece assim dados importantes para planejar paisagens de cultivo de café que ao mesmo tempo permitam maior controle de CBB e conservação de habitats naturais
Título em inglês
Landscape structure effects on ant-mediated pest control in coffee farms
Palavras-chave em inglês
Atlantic forest
Coffea Arabica
Coffee berry borer
Ecosystem services
Formicidae
Landscape design
Resumo em inglês
1. Pest control services play a fundamental role in agriculture sustainability. However, little is known on how they are regulated by landscape composition (i.e. land-use and land cover change) and configuration (i.e. proximity to forest fragments and fragmentation intensity). 2. We measured whether landscape structure influences the ability of ants to control coffee berry borer (CBB), coffee's most economically influential pest, in sun coffee agroecosystems in Southeastern Brazil. We measured pest control among 10 landscapes that represented a gradual difference in forest and coffee cover. We manipulated ants through exclusion experiments (set at varied distances from forest fragments) and compared pest control inside and outside exclusion experiments. We tested whether CBB control is influenced by interactions of ant exclusions with landscape structure metrics, including distance to forest fragments, forest cover (2 km and 300 m-levels), and coffee cover (300 m-level). We considered three indicators of pest control: CBB presence, CBB infestation, and CBB bean damage. 3. Results show ants provide CBB control, strongly reducing CBB presence and bean damage. Also, CBB control is maintained regardless from its proximity to forest fragments, but increases after 25 m (hinting ants who provide this pest control service are adapted to habitat conditions in sun coffee farms). 4. Existence of at least 35% of forest cover in radii of 2 km reduces CBB infestation and bean damage. Results suggest further that expanding coffee cover increases CBB presence, but decreases bean damage. 5. Synthesis and application. This study presents new evidence of ants as efficient providers of CBB control in sun coffee agroecosystems and how this service is influenced by landscape structure. This study provides important data useful to adequately plan coffee landscapes with both enhanced CBB control as well as potential for conservation of natural habitats
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-01-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.