• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.41.2017.tde-08032017-153207
Documento
Autor
Nombre completo
Leticia Bolian Zimback
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2016
Director
Tribunal
Martini, Adriana Maria Zanforlin (Presidente)
Rother, Débora Cristina
Sousa, Laura Carolina Leal de
Título en portugués
Quais características influenciam a limitação de dispersão de sementes em uma comunidade arbórea tropical?
Palabras clave en portugués
Chuva de sementes
Coexistência
Estruturação de comunidades
Fenologia
Limitação de dispersão temporal
Resumen en portugués
A limitação de dispersão de sementes tem sido empiricamente investigada como um mecanismo equalizador das diferenças competitivas entre espécies que coexistem em comunidades vegetais. Além da limitação espacial, as variações temporais da dispersão também podem ser importantes para a coexistência das espécies. O objetivo do estudo foi verificar a relação entre limitação de dispersão espacial (LDe) e limitação de dispersão temporal (LDt) e as características das espécies que influenciam as duas limitações. Em uma floresta da planície costeira, a chuva de sementes foi amostrada, ao longo de 36 meses, em 40 coletores (20m2) distantes 100m entre si e da borda do fragmento. A abordagem de seleção de modelos mistos foi utilizada para testar a relação entre a limitação de dispersão e a massa média das sementes, a síndrome de dispersão, a altura máxima local e a frequência de distribuição dos indivíduos adultos. Os resultados encontrados mostram que as proporções de espécies analisadas limitadas espacial (90,3%) e temporalmente (70,9%) foram altas e a correlação entre LDe e LDT também foi alta (Spearman = 0,8). Tanto para LDe como LDt, foram selecionados a massa média das sementes, a altura máxima e a frequência de distribuição de adultos. Em geral, as relações encontradas indicam que espécies com sementes maiores, com menor altura máxima e menor frequência de distribuição dos indivíduos adultos são mais limitadas espacial e temporalmente. Apesar desses fatores terem sido selecionados, houve uma grande variação nos efeitos para as espécies analisadas. O estudo reforça o fato do mecanismo de limitação de dispersão espacial ser frequentemente encontrado em comunidades arbóreas e apresenta uma abordagem temporal para o estudo da limitação de dispersão. A redução das interações competitivas interespecíficas, decorrente das altas limitações de dispersão observadas no estudo, se contrapõe às teorias amplamente aceitas (Janzen-Connell) que indicam os mecanismos de dispersão eficientes de sementes como uma forma de minimizar a competição intraespecífica. A importância relativa dos mecanismos de dispersão e de limitação de dispersão para a manutenção da diversidade em comunidades deveria ser estudada para avaliar em quais situações ou para quais conjuntos de espécies a coexistência é mediada pela ausência das interações intraespecíficas ou interespecíficas
Título en inglés
Which characteristics influence seed limitation in a tropical tree community?
Palabras clave en inglés
Coexistence
Phenology
Seed rain
Structuring communities
Temporal seed limitation
Resumen en inglés
The seed limitation has been empirically investigated as an equalizing mechanism of the competitive differences between species that coexists in plant communities. In addition to the spatial limitation, the temporal variations of seed dispersal can also be important to the species coexistence. The aim of the study was to investigate the relation between spatial seed limitation and temporal seed limitation and the species characteristics that influence both limitations. In a coastal plain forest, the seed rain was sampled over 36 months in 40 traps (20 m2), 100 m distant from each other and from the forest edges. The generalized mixed-effect models approach was used to test the relation between seed limitation and the average mass of the seeds, the dispersal syndrome, the trees local maximum height, and the adult trees distribution frequencies. The results show that the proportion of the analysed species spatial limited (90,3%) e temporal limited (70,9%) were high and the correlation between spatial seed limitation and temporal seed limitation were also high (Spearman = 0,8). To explain spatial seed limitation and temporal seed limitation were selected the average mass of seeds, the trees local maximum height and the adult trees distribution frequencies. Usually those relations indicate that species with lagger seeds, lowest maximum tree height and lowest adult trees distribution frequencies are more limited spatially and temporally. Although these factors have been selected, there was a great variation in the effects of the species analysed. The study supports the fact that the spatial seed limitation mechanism is frequently found in tree communities and shows a temporal approach to the seed limitation study. The reduction of interspecific competitive interactions, due to the high seed limitation observed in the study, is opposed to widely accepted theories (Janzen-Connell) that indicates that the efficient seed dispersal mechanism are a strategy to minimize the intraspecific competion. The relative importance of dispersal mechanisms and seed limitation on maintaning diversity in trees communities should be studied to evaluate which situations or which species sets the coexistence is mediated by the absence of intraspecific or interspecifir interactions
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-04-07
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.