• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2013.tde-08102013-141128
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Eduardo Ribas Tameirão Benfica
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Motta Junior, Jose Carlos (Presidente)
Ribon, Rômulo
Silveira, Luis Fábio
Título em português
Diversidade e uso do habitat por rapinantes diurnos em uma área protegida do Cerrado, sudeste do Brasil
Palavras-chave em português
Aves de rapina
Diversidade
Uso de habitat
Resumo em português
Rotas por veículos foram realizadas para que a riqueza, a abundância e o uso do habitat por rapinantes diurnos no Parque Estadual Veredas do Peruaçu (30.702 ha), Minas Gerais, fosse estudada. Onze rotas foram selecionadas e distribuídas em dois habitats: cerrado (n=6) e uma associação entre vereda e cerrado (n=5). O estudo foi realizado entre setembro de 2010 e julho de 2011 por três observadores na carroceria de um veículo 4x4 dirigido a uma velocidade média de 20km/h, totalizando 2772 km percorridos. Ao longo das transecções foram obtidos 681 registros (0,24 rapinantes/km), referentes à 20 espécies, contudo, Falco peregrinus foi registrado ao longo das amostragens ad libitum e elevou a riqueza. As cinco espécies mais comuns foram Heterospizias meridionalis, Caracara plancus, Milvago chimachima, Rupornis magnirostris e Falco femoralis, as quais totalizaram aproximadamente 20% da riqueza local e 80% de todos os registros. As cinco espécies mais raras (Leptodon cayanensis, Elanus leucurus, Accipiter bicolor, Micrastur semitorquatus e Falco sparverius), juntas, representaram menos de 1% das detecções. As aves de rapina foram mais abundantes ao longo da estação chuvosa (n=438), se comparada à seca (n=243). As veredas apresentaram maior riqueza (19 contra 10 taxa) e quase três vezes mais registros (n=466; 0,36 rapinantes/km) que o cerrado (n=215; 0,14 rapinantes/km). O número de detecções computadas para as manhãs foi maior do que as anotadas para as tardes. Baseado no ΔAICc, os modelos que melhor explicaram a riqueza e abundância dos rapinantes continham todas as três variáveis independentes (habitat, estação e período do dia). Rotas por veículos aparentaram ser indicadas para estudos com rapinantes em habitats similares a savanas. O cerrado local apresentou menor riqueza e abundância se comparado às veredas, entretanto, o habitat ocupa grandes proporções e deve possuir importante papel na conservação dos rapinantes. A vereda delimita o parque ao norte e nela foram registradas espécies restritas ao ambiente, como a águia-cinzenta (Urubitinga coronata), taxon mundialmente ameaçado de extinção. Tal fato eleva a importância do habitat para o grupo e, consequentemente, para toda a comunidade. Sugere-se que o parque tenha sua área aumentada em sua porção norte, considerando que, adicionalmente, grande parte da água corrente provém desta porção.
Título em inglês
Diversity and habitat use by a diurnal raptor assemblage in a cerrado protected area, southeastern, Brazil
Palavras-chave em inglês
Diversity
Habitat use
Raptors
Resumo em inglês
Raptors were surveyed by road transects in order to assess local species richness, abundance and habitat use in Parque Estadual Veredas do Peruaçu (30,702 ha), a reserve that lies in the Cerrado Region of southeastern Brazil. Eleven road transects of 7km each were delimited in two different habitats: cerrado (n=6) and an associated vereda-cerrado (n=5). Transects were sampled between September 2010 and July 2011 by three observers on the back of a 4WD pickup truck, driven at an average speed of 20km/h - total of 2772 km. There were computed 681 records along road transects (0.24 raptors/km), belonging to 20 species. One other species (Falco peregrinus) was recorded exclusively along ad libitum sampling. The five most common raptors were Heterospizias meridionalis, Caracara plancus, Milvago chimachima, Rupornis magnirostris and Falco femoralis, which totalized approximately 20% of local richness and 80% of all records. The five rarest raptors in the study area (Leptodon cayanensis, Elanus leucurus, Accipiter bicolor, Micrastur semitorquatus and Falco sparverius), together, represented less than 1% of all records. Raptors were more abundant during rainy season (n=438) than during dry season (n=243). The veredas presented higher species richness (19 against 10 taxa) and almost three times more records (n=466; 0.36 raptors/km) than the cerrado (n=215; 0.14 raptors/km). Mornings held higher number of records when compared to afternoons. Based on ΔAICc the models that better explained species richness and raptors' abundance had all three explanatory variables (habitat, season and day period) considered. Road transects seemed to be recommended for surveys in savannah like habitats. The local cerrado presented lower raptor richness and abundance when compared to the vereda, however it occupies most of the region and it should have an important role on raptors' conservation. The vereda delimit the reserve northern boundaries and it holds some locally restricted taxa, like the Crowned Eagle (Urubitinga coronata) a species globally threatened of extinction. This makes the habitat even more important for these species and, consequently, to local ecological community. The fact that the vereda is protected only by one margin is a worrying issue and it is suggested that the reserve boundaries augment northwards, once important water supply also comes from there.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.