• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2009.tde-10092009-144552
Documento
Autor
Nome completo
Diego Queirolo Morató
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Vivo, Mario de (Presidente)
Bonino, Alfredo Ricardo Langguth
Carmignotto, Ana Paula
Christoff, Alexandre Uarth
Motta Junior, Jose Carlos
Título em português
Diversidade e Padrões de Distribuição de Mamíferos dos Pampas do Uruguai e Brasil
Palavras-chave em português
Biogeografia
Distribuição
Mamíferos
Pampas
Similaridade
Resumo em português
Pela primeira vez considerou-se a fauna de mamíferos dos Pampas do sul do Brasil e do Uruguai como um todo, independentemente de fronteiras políticas. Primeiramente, foi obtida informação sobre ocorrência das espécies na área de estudo a partir de diferentes fontes e logo se elaboraram mapas de distribuição para todas elas. Na seqüência, tratou-se de determinar por meio de análises quantitativas o padrão de distribuição geográfica das mesmas realizando, primeiramente, uma análise entre sub-regiões (UGOs) dentro da área de estudo, para logo compará-la com regiões vizinhas e, por último, com ambientes similares distribuídos em outros continentes. Também, analisou-se preliminarmente o estado de conservação das espécies de mamíferos que ocorrem dentro da área de estudo. Foi obtida informação de coleções científicas (2.080 registros), de literatura (439 registros de resumos de reuniões científicas e 868 de revistas periódicas, livros, dissertações, teses e relatórios), 63 de observação ou comunicação pessoal de diferentes pesquisadores e o restante de outras fontes. No total, consideraram-se 3.522 registros (1.738 no Uruguai e 1.784 Brasil) distribuídos em 1.041 localidades. Foram identificadas 125 espécies (80 para o Uruguai e 117 para o Rio Grande do Sul), sete delas são endêmicas e seis são consideradas como extintas. Os roedores junto aos quirópteros e marsupiais somam 68,6% dos gêneros e os dois primeiros também ultrapassam 60% do total de espécies. As maiores riquezas foram encontradas naquelas áreas mais estudadas. A análise de agrupamento das UGOs mostrou dois grupos bem definidos, um conformado pelo Uruguai e pela região da Campanha Gaúcha e o outro, pelo litoral Atlântico, leste e centro do Rio Grande do Sul. Em relação às regiões vizinhas, observou-se claramente um grupo formado pelas Províncias florestais, onde está incluída a área de estudo. Na análise das ecoregiões o grupo conformado por aquelas de origem tropical e/ou florestal também foi o que incluiu a área de estudo. Existiram diferenças significativas nos hábitos de locomoção e marginalmente significativas nos hábitos alimentares em comparação com as regiões vizinhas. No entanto, na comparação dos hábitos alimentares com outros ambientes similares de campos temperados distribuídos em outros continentes, sim houve diferença significativa indicando pouca semelhança entre a estrutura das comunidades. Por último, 31 espécies foram consideradas ameaçadas nos Pampas do Rio Grande do Sul e 21 no Uruguai, resultando num total de 47 para toda a região (37,6% do total). Este trabalho pretendeu colaborar com a geração de informação básica fundamental para a formulação de políticas de conservação que contemplem toda a região independentemente dos países que a compõem.
Título em inglês
Diversity and distributional patterns of pampean mammals of Uruguay and Brazil
Palavras-chave em inglês
Biogeograghy
Distribution
Mammals
Pampas
Similarity
Resumo em inglês
For the first time the mammalian fauna of the Pampas from Uruguay and southern Brazil was considered as a whole, despite political borders. Information on species distribution in the study area was obtained from different sources and a distribution map was elaborated for each species. After that we identified the pattern of geographical distribution of mammals in the region by using quantitative analysis. First of all, we analyzed the sub-regions (OGUs) inside the study area, after that we compared those OGUs with neighbour areas, and finally with similar environments around the world. We also did a preliminary analysis of the conservation status of the species registered. Information was obtained from scientific collections (2,080 records), from literature (439 from scientific reunion abstracts; 868 from manuscripts, books, thesis and other kind of bibliography), 63 from personal communications or observations, and the rest from other sources. In general, 3,522 registers were considered (1,738 in the Uruguay and 1,784 in the Brazil), totaling 1,041 different localities. One hundred twenty five species were identified (80 from Uruguay and 117 from Rio Grande do Sul), being seven of them endemic species and six extinct species at the moment. The rodents together with the bats and the marsupials conform 68.6% of the genera found. Also, the two former exceed 60% of the total number of species. Largest richness was found in most studied areas. Cluster analysis showed two welldefined groups of OGUs: 1. Uruguay and Campanha Gaucha region and 2. Atlantic coast, East and Center of Rio Grande do Sul State. Concerning the neighbour areas we observed a group structured by the forestal Provinces in which the study area was included. The Ecoregions analysis showed three groups, and the one composed by forestal and/or tropical regions also integrate the study area. There were significant differences related to locomotor habits when comparing the structure of community with neighbour regions and marginally significant differences concerning diet. However, when comparing the diet with similar environments of temperate grasslands in other continents there were significant difference, which means little similitude between the mammalian communities. Finally, we identified 31 species with some degree of threat in the Pampas from Rio Grande do Sul and 21 from Uruguay, with 47 threatened species in the region (37,5% of the total). This work intended to collaborate with essential information in order to elaborate conservation politics that consider the entire region, independent of the countries which compose it.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Diego.pdf (95.04 Mbytes)
Data de Publicação
2009-09-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.