• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2017.tde-13122016-094737
Documento
Autor
Nome completo
Bruno Sano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Martini, Adriana Maria Zanforlin (Presidente)
Lima, Renato Augusto Ferreira de
Torezan, José Marcelo Domingues
Título em português
Relação entre características funcionais e o desempenho de espécies arbóreas nativas em um plantio de restauração
Palavras-chave em português
Características funcionais foliares
Grupos sucessionais
Pastagem
Planície costeira
Restauração ecológica
Taxa de crescimento relativo
Resumo em português
Em ambientes degradados, a restauração ecológica visa acelerar o processo de sucessão ecológica. A técnica mais utilizada para a restauração de ambientes muito degradados é o plantio de mudas. A seleção das espécies é determinante para o sucesso dos projetos de restauração, pois as espécies precisam se estabelecer e crescer diante das condições do ambiente. Utilizar a abordagem de características funcionais pode ser uma ferramenta promissora para auxiliar a seleção de espécies em projetos de restauração. Em ambientes florestais, há evidências de que as características funcionais afetam o desempenho das espécies, entretanto, existem poucos estudos realizados em áreas em restauração. Neste estudo, foi avaliada a relação entre as características funcionais foliares e a taxa de crescimento relativo em altura e em diâmetro à altura do solo de espécies arbóreas nativas plantadas em uma área degradada que está sendo restaurada. Para descrever a relação entre as características funcionais e a taxa de crescimento relativo (TCR) dos indivíduos foi utilizada a abordagem de seleção de modelos baseados em modelos lineares de efeitos mistos (MLEM). A seleção de modelos foi realizada utilizando o critério de informação de Akaike (Akaike's Information Criterion) (AIC). As características funcionais não apresentaram relação com a taxa de crescimento relativo em altura e diâmetro dos indivíduos das espécies, possivelmente devido às diferenças nas condições ambientais entre ambientes florestais e ambientes degradados. Apesar de não ter sido encontrada uma relação entre as características funcionais e a TCR, o modelo mais plausível selecionado indica que indivíduos maiores no início do monitoramento possuem menores taxas de crescimento relativo em altura, ou seja, indivíduos mais altos possuem menores taxas de crescimento em altura. Isso pode ser um indicativo de que as espécies analisadas possuem taxa de crescimento relativo dependente do tamanho. Considerando que não foi encontrada relação entre as características funcionais morfológicas e a taxa de crescimento relativo em uma área em restauração, é razoável supor que essa abordagem não pode ser utilizada em todos os ambientes. Estudos que avaliem características funcionais foliares nos diferentes estágios de desenvolvimento das plantas em ambientes degradados podem refinar essas análises e ajudar a definir se a seleção de espécies para projetos de restauração pode ser feita usando a abordagem de características funcionais
Título em inglês
Relationship between functional traits and performance of native tree species in restoration planting
Palavras-chave em inglês
Costal plain
Functional leaf traits
Pasture
Relative growth rate
Restoration ecology
Successional groups
Resumo em inglês
In degraded environments, ecological restoration aims to accelerate the process of ecological succession. The most widely used technique for restoration of degraded environments is the planting of seedlings. The selection of species is crucial to the success of the restoration projects, because the species need to establish and grow under the harsh conditions of the environment. Using the approach of functional traits can be a promising tool to assist in the selection of species in restoration projects. In forest environments, there is evidence that functional traits affect the performance of the species, however, there are few studies conducted in areas undergoing restoration. In this study, the relationship between the functional leaf traits and the relative growth rate in height and in diameter at ground level of native tree species planted in a degraded area that is being restored was evaluated. To describe the relationship between the functional traits and the relative growth rate (RGR) of individuals, we used the approach of model selection based on linear mixed effects models (LMEM). The selection of models was performed using Akaike's Information Criterion (AIC). The functional traits showed no relationship with the relative growth rate in height and diameter of the individuals of the species, possibly due to differences in environmental conditions between forest environments and degraded environments. Despite not finding a relationship between the functional traits and the RGR, the most plausible model selected indicates that larger individuals at the beginning of monitoring have lower relative growth rates in height, that is, taller individuals have lower rates of growth in height. Considering that no relationship between the morphological functional traits and the relative growth rate in an area undergoing restoration was found, it is reasonable to assume that this approach cannot be applied in all environments. Studies that assess functional traits of the leaf in the different stages of plant development in degraded environments can refine these analyses and help define whether the selection of species for restoration projects can be accomplished using the approach of functional characteristics
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Bruno_Sano.pdf (974.01 Kbytes)
Data de Publicação
2017-01-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.