• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2016.tde-18012016-164100
Documento
Autor
Nome completo
Danilo Germano Muniz da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Machado, Glauco (Presidente)
Macedo, Regina Helena Ferraz
Peixoto, Paulo Enrique Cardoso
Raimundo, Rafael Luís Galdini
Santos, Gustavo Requena
Título em português
Sexo no espaço
Palavras-chave em português
Distribuição espacial
Modelos baseados em indivíduos
Seleção sexual
Sistemas de acasalamento
Teoria de redes
Resumo em português
O objetivo geral desta tese foi investigar como a distribuição espacial dos indivíduos influencia a organização dos sistemas de acasalamento e a intensidade da seleção sexual. A tese contém dois capítulos em que analisamos dados empíricos e dois capítulo em que abordamos questões mais teóricas mais gerais. No primeiro capítulo, avaliamos como a distribuição espacial de haréns defendidos por machos territoriais influencia a rede de competição espermática que existe entre machos do opilião Serracutisoma proximum. No segundo capítulo, propusemos um modelo probabilístico de escolha de parceiros que leva em consideração o fato de que as fêmeas estão restritas a amostrar apenas alguns machos da população, e que essa restrição é imposta principalmente pela distribuição espacial dos indivíduos. Nosso modelo foi mais acurado do que modelos alternativos que ignoram o espaço. No terceiro capítulo, investigamos os movimentos de busca de parceiros do besouro Leptinotarsa undecimlineata. Encontramos que tanto machos quanto fêmeas se movimentam estrategicamente, saindo de onde estão quando não obtém cópulas buscando áreas próximas e com muitos parceiros em potencial. Finalmente, no quarto capítulo, voltamos a explorar o efeito de restrições espaciais sobre a escolha de parceiros. Usamos simulações baseadas em indivíduos para investigar como a restrição espacial influencia a seleção sexual e a evolução de ornamentos sexualmente selecionados. Encontramos que quanto maior o número de parceiros que as fêmeas podem amostrar durante a escolha, mais intensa é a seleção sexual, o que permite a evolução de ornamentos mais exagerados nos machos. Além disso, analisamos um conjunto de dados publicados sobre a intensidade de seleção sexual e observamos que estes se ajustam às previsões do modelo teórico. Concluímos que o espaço é muito mais importante para a organização de sistemas de acasalamento e para a intensidade da seleção sexual do que se acreditava previamente. Esperamos que as idéias propostas aqui encontrem terreno fértil na mente do leitor e que gerem novos e estimulantes desdobramentos no campo teórico e empírico
Título em inglês
Sex in space
Palavras-chave em inglês
Individual based models
Mating systems
Network theory
Sexual selection
Spatial distribution
Resumo em inglês
The main goal of this thesis was to investigate how the spatial distribution of individuals influences the organization of the mating systems and the intensity of sexual selection. The thesis contains two empirical chapters and two chapters with a theoretical scope. In the first chapter, we investigate how the spatial distribution of harems defended by territorial males influences the sperm competition network among males of the harvestman Serracutisoma proximum. In the second chapter, we proposed a probabilistic model of mate choice that includes the spatial constraint in the analyses of mate choice. This model takes into account the fact that females are restricted to sample only some males available in the population, and that this restriction is imposed primarily by the spatial distribution of individuals. In the third chapter, we investigate the mate searching movements of the leaf beetle Leptinotarsa undecimlineata. We found that both males and females move strategically, leaving the host plant when they do not obtain copulations and seeking neighboring areas with many potential mates. Finally, in the fourth chapter, we explore the effect of spatial restrictions on mate choice. We used individual based simulations to investigate how spatial restrictions influence sexual selection and the evolution of sexually selected ornaments. We found that the higher the number of potential partners female can sample during mate choice, the more intense is sexual selection, which leads to the evolution of more exaggerated male ornaments. In addition, we analyzed a published dataset of intensity of sexual selection and found that the data adjust to the predictions made by our simulations. We conclude that the space is much more important than previously thought to mating systems organization and the intensity of sexual selection. We hope the ideas proposed here can flourish in the minds of the readers, stimulating both empirical and theoretical follow ups
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Danilo_Silva.pdf (5.63 Mbytes)
Data de Publicação
2016-02-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.