• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
10.11606/T.41.2011.tde-20042012-090058
Document
Auteur
Nom complet
Camila Righetto Cassano
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2011
Directeur
Jury
Pardini, Renata (Président)
Campiolo, Sofia
Metzger, Jean Paul Walter
Prado, Paulo Inácio de Knegt López de
Wedekin, Leonardo Liberali
Titre en portugais
Cobertura florestal e intensificação do manejo: desafios para manutenção de biodiversidade em mosaicos agroflorestais
Mots-clés en portugais
Conservação
Mamífero
Matriz
Paisagem
Sistema agroflorestal
Resumé en portugais
Sistemas agroflorestais abrigam grande biodiversidade quando comparados a outros usos da terra e representam uma ferramenta importante para conciliar produção agrícola e conservação de recursos naturais em paisagens modificadas pelo homem. Esta tese é composta de três capítulos que sintetizam e ampliam o conhecimento a respeito da influência do manejo das agroflorestas e da cobertura florestal remanescente sobre a distribuição dos organismos e apontam ações visando a conservação de biodiversidade em mosaicos agroflorestais. No primeiro capítulo revisamos a informação científica publicada até 2008 sobre a diversidade da fauna e flora nativas nas agroflorestas de cacau do sul da Bahia. Com base nesta síntese, identificamos recursos chave presentes nessas plantações que se relacionam com a maior riqueza de espécies ou presença de táxons ameaçados e evidenciamos a importância da manutenção de florestas nativas em mosaicos agroflorestais. Finalizamos esta revisão com recomendações para um manejo adaptativo visando a conservação de biodiversidade em propriedades e mosaicos agroflorestais e levantamos questões para serem respondidas por estudos futuros. Nos capítulos 2 e 3, apresentamos dois estudos empíricos realizados a partir da amostragem de mamíferos por armadilhas fotográficas em 30 agroflorestas e remanescentes florestais adjacentes a nove delas. No segundo capítulo, construímos e testamos hipóteses que descrevem quais espécies de mamífero de maior porte com ocorrência na região devem ser positiva e negativamente influenciadas pela conversão de florestas em agroflorestas e como estas respostas diferenciais deveriam se refletir na estrutura, composição e diversidade das assembléias. O valor de conservação das agroflorestas é apoiado pela presença de espécies endêmicas ou ameaças de extinção e pela composição de espécies similar entre florestas e agroflorestas. Entretanto, ao identificar que espécies caçadas e mortas por retaliação são raras ou ausentes na nossa amostragem e que agroflorestas são menos usadas por espécies arborícolas e mais usadas por espécies exóticas do que as florestas, nós explicitamos porque o valor de conservação das agroflorestas deve ser visto com cuidado, destacando questões que podem contribuir para a viabilidade das populações de mamíferos de maior porte em paisagens agroflorestais. No terceiro capítulo, contrastamos a importância relativa da intensificação do manejo e da cobertura florestal do entorno sobre o uso das agroflorestas de cacau por mamíferos de maior porte. Nossos resultados indicam que, na paisagem de estudo, fatores diretamente e indiretamente relacionados à intensificação do manejo das agroflorestas são mais importantes para a distribuição das espécies de mamíferos do que a quantidade de florestas remanescentes no entorno. A taxa de registro de cães domésticos (fator indireto) teve efeito negativo sobre várias espécies de mamíferos, enquanto a redução da conectividade do dossel das agroflorestas (diretamente associada ao manejo do sombreamento) teve um efeito negativo sobre espécies arborícolas e a redução da altura do estrato herbáceo (diretamente associada à freqüência de roçagem) um efeito positivo pequeno sobre espécies generalistas. Por outro lado, nesse mosaico agroflorestal com grande quantidade de florestas nativas remanescentes, apenas as espécies generalistas responderam à variação da quantidade de florestas no entorno, sendo mais comuns em agroflorestas circundadas por menor quantidade de floresta. Assim, em mosaicos agroflorestais com elevada cobertura florestal, restringir os efeitos negativos decorrentes da intensificação do uso da terra, como o controle das populações de cães domésticos e das atividades de caça e o planejamento cuidadoso do sombreamento das agroflorestas, deve resultar em maiores benefícios para o uso das agroflorestas por mamíferos de maior porte do que alterações na configuração espacial dos remanescentes florestais. Entretanto, a importância da cobertura florestal em relação a intensificação do manejo deve aumentar em paisagens mais desmatadas. Em conjunto, os três capítulos desta tese mostram que o conhecimento científico atual pode embasar o desenho de práticas e políticas públicas para conciliar produção agrícola e conservação em mosaicos agroflorestais. Tais práticas devem ser continuamente avaliadas, contribuindo e sendo repensadas com o avanço do conhecimento científico
Titre en anglais
Forest cover and management intensification: challenges for biodiversity maintenance in agroforestry mosaics
Mots-clés en anglais
Agroforestry system
Conservation
Landscape
Mammal
Matrix
Resumé en anglais
Agroforestry systems harbor high levels of biodiversity if contrasted to other land uses and represent an important tool to reconcile agricultural production and conservation in humanmodified landscapes. This thesis is composed of three chapters that synthesize and expand the knowledge on the influence of agroforest management and remaining forest cover on the distribution of organisms, and highlight practices aiming biodiversity conservation in agroflorestry mosaics. In the first chapter we review the scientific information published until 2008 on the diversity of native fauna and flora in cacao agroforests in southern Bahia. Based on this synthesis, we identify key agroforest resources associated with higher species richness or the presence of threatened taxa, and emphasize the importance of Forest cover maintenance in agroforestry mosaics. We end this review with recommendations to an adaptive management aiming biodiversity conservation on farms and agroforestry mosaics and consider issues to be developed by future studies. On chapters 2 and 3 we present two empirical studies based on photographic records of large mammals in 30 agroforests and forest remnants adjacent to nine of them. In the second chapter we constructed and tested hypotheses describing which mammals from the regional species pool should be positively and negatively influenced by the conversion of forest to agroforests and how these differential responses should change assemblage structure, composition, and diversity. The high conservation value of agroforests is supported by the presence of species of conservation concern, and a similar species composition between forests and agroforests. However, by identifying that hunted and persecuted species are rare or absent in our samples, and that agroforests are less used by arboreal species and more used by non-native species than forest, we explicit why the conservation value of agroforests should be viewed with caution and underline issues that should be addressed to improve the viability of large mammal populations in agroforestry mosaics. In the third chapter we contrast the relative importance of management intensification and surrounding forest cover for the use of agroforests by large mammals. Our results indicate that, in the studied landscape, factors directly and indirectly related to management intensification are more important to define large mammal distribution than the amount and spatial arrangement of surrounding forest cover. High domestic dog capture rate (an indirect factor) had a negative effect on several species, while low canopy connectivity (directly associated to shade management) was negative correlated to the distribution of arboreal species and lower herbaceous vegetation (directly associated to ground vegetation clearance) had a minor positive influence on generalist species. On the other hand, in this agroforestry mosaic highly covered by native forests, only generalist species responded (positively) to the decrease in surrounding forest cover. In agroforestry mosaics from highly forested regions, restricting the negative effects of land-use intensification, such as the control of domestic dog populations and overhunting, and the careful planning of shade management, is likely to bring greater benefit to large mammal use of agroforests than the spatial arrangement of forest remnants. However, the importance of forest cover relative to management intensification is likely to be higher as deforestation increases. The three chapters show that current scientific knowledge can already support policy and management practices to conciliate agricultural production and biodiversity conservation in agroforestry mosaics. Such practices should be continuously evaluated, contributing to and being supported by improvement of scientific knowledge
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Camila_Cassano.pdf (2.47 Mbytes)
Date de Publication
2012-05-07
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.