• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2014.tde-29092014-111626
Documento
Autor
Nome completo
Marina Xavier da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Pardini, Renata (Presidente)
Ferraz, Katia Maria Paschoaletto Micchi de Barros
Prado, Paulo Inácio de Knegt López de
Título em português
Efetividade de áreas protegidas para a conservação da biodiversidade: padrões de ocupação de mamíferos no Parque Nacional do Iguaçu
Palavras-chave em português
Caça
Efeitos de borda
Mamíferos
Mata Atlântica
Turismo
Unidades de conservação
Resumo em português
Áreas protegidas são consensualmente reconhecidas como a principal estratégia para a conservação da biodiversidade. Avaliar a efetividade destas áreas, especialmente em biomas como a Mata Atlântica onde as áreas protegidas são como ilhas de floresta em paisagens altamente alteradas pelo homem, é de suma importância. O Parque Nacional do Iguaçu (PNI) abriga um dos maiores remanescentes de Mata Atlântica do Brasil, possui alta visitação turística, assenta-se sobre solos férteis, sofrendo muitas pressões advindas das paisagens antropizadas adjacentes, e é considerado um dos parques mais bem geridos no país. Este trabalho buscou avaliar a efetividade desta área protegida através da análise do padrão de ocupação de 17 espécies de mamíferos terrestres de maior porte em relação à proximidade a atrativos turísticos, distância da borda do parque e pressão de caça. Informações sobre ocupação foram obtidas entre 2009 e 2013 através de armadilhas fotográficas distribuídas sistematicamente em 37 sítios amostrais em cerca de 300 km2, um sexto da área do parque. Muitas espécies raras ou localmente extintas em outros remanescentes de Mata Atlântica apresentaram altas taxas de ocupação no PNI, que juntamente com poucas áreas protegidas do sudeste do Brasil representam as únicas áreas do bioma que ainda abrigam uma fauna de grandes mamíferos intacta. No entanto, a distribuição de 11 das 17 espécies analisadas não foi homogênea, tendo sido afetada por pelo menos um dos fatores de ameaça estudados, principalmente a distância da borda do parque e proximidade a atrativos turísticos. O efeito negativo destas ameaças deve ser ainda mais forte em áreas protegidas menores e mais isoladas, que representam a maioria em biomas muito alterados como a Mata Atlântica. Medidas como o restabelecimento e manejo de zonas tampão, a manutenção de atrativos turísticos em áreas restritas, o combate efetivo das atividades ilícitas e a redução de conflitos entre animais silvestres e o homem, são fundamentais para a efetividade de áreas protegidas para conservação da biodiversidade no longo prazo
Título em inglês
Effectiveness of protected areas for biodiversity conservation: mammal occupancy patterns in the Iguaçu National Park
Palavras-chave em inglês
Atlantic Forest
Conservation units
Edge effect
Hunting
Mammals
Tourism
Resumo em inglês
Protected areas are widely recognized as the main strategy for biodiversity conservation. Evaluating the effectiveness of these areas, especially in biomes such as the Atlantic Forest where protected areas are forest islands immersed in highly altered landscapes, is of paramount importance. The Iguaçu National Park (INP) harbors one of the largest Atlantic Forest remnants in Brazil, receives vast number of tourists, is located on productive soils, suffering many threats from the adjacent human-modified landscapes, and is considered one of the best managed parks in the country. This study aimed at evaluating the effectiveness of this protected area through the analysis of the occupancy patterns of 17 terrestrial large mammals relative to the proximity to tourism attractions, distance from the edge of the park and hunting pressure. Occupancy information was obtained from 2009 to 2013 with camera traps distributed systematically across 37 sites covering around 300 km2, one-sixth of the park. Many species that are rare or locally extinct in other Atlantic Forest remnants presented high occupancy within the INP, which together with few protected areas from southeastern Brazil represent the only areas of this biome that still harbor an intact large mammal fauna. The distribution of 11 of the 17 analyzed species was not homogeneous across the park, however, being affected by at least one of the studied threat factors, mainly the distance from the edge of the park and proximity to tourism attractions. The negative effects of these threats should be even stronger on smaller and more isolated protected areas, which are the majority in highly altered biomes such as the Atlantic Forest. Measures such as the re-establish and management of buffer zones, the maintenance of tourism in restricted areas, the effective combat of illicit activities and the reduction of human-wildlife conflicts are essential to the effectiveness of protected areas for biodiversity conservation in the long run
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-10-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.