• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2010.tde-30092010-160712
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Takahasi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Meirelles, Sergio Tadeu (Presidente)
Damasceno Júnior, Geraldo Alves
Joly, Carlos Alfredo
Meguro, Marico
Pirani, Jose Rubens
Título em português
Ecologia da vegetação em bancadas lateríticas em Corumbá, MS
Palavras-chave em português
Afloramento rochoso
Campo
Canga
Ecologia de comunidades
Florística
Resumo em português
Os afloramentos rochosos ferruginosos denominados bancadas lateríticas podem ser considerados uma paisagem peculiar no Centro-Oeste do Brasil, próximos às cidades de Corumbá e Ladário, MS. Embora situada em uma região populosa, próxima a fazendas e sítios urbanos, esta vegetação ainda é desconhecida. Neste estudo avaliamos a composição florística e a estrutura da comunidade, bem como suas relações florísticas com outros afloramentos rochosos. O levantamento foi conduzido em três locais - Banda Alta (19°08´S, 57°34´W, 85 m altitude); São Sebastião do Carandá (19°06´S, 57°31´W, 90 m) e Monjolinho (19°16´S, 57°31´W, 65-150 m). A vegetação encontrada nestes afloramentos rochosos ocorre como uma cobertura contínua sobre o substrato rochoso ou como ilhas de solo. Para o estrato contínuo, a vegetação foi amostrada em parcelas de 1 m² distribuídas aleatoriamente. A própria ilha de solo foi considerada uma unidade amostral. A composição de espécies e os valores de cobertura foram avaliados em cada parcela ou ilha de solo. Avaliaram-se 199 parcelas e 164 ilhas de solo neste estudo. Além da abundância das espécies o tamanho e outras características das ilhas de solo foram incluídas neste levantamento. Os dados foram explorados através de tabelas fitossociológicas e de técnicas estatísticas de classificação e ordenação. As relações florísticas foram exploradas nos níveis taxonômicos de famílias e gêneros pela comparação de listas de espécies publicadas de outros afloramentos. Foram amostradas 188 espécies pertencentes a 58 famílias nas três bancadas lateríticas. Deste total, 66 espécies foram encontradas nas parcelas e 181 nas ilhas de solo. A estrutura da comunidade é influenciada, principalmente, pela presença de fina camada de substrato e pela área insular. Processos envolvendo competição exclusiva e diferentes respostas ao regime hídrico aparentemente podem ser as maiores fontes da separação espacial e padrões de abundância. A flora das bancadas lateríticas mostrou similaridade com a flora de afloramentos graníticos da Caatinga, em nível de famílias e gêneros. Condições climáticas e outros fatores podem influenciar as disjunções florísticas observadas mas o substrato rochoso parece ser o fator determinante, com exceção das bancadas lateríticas. Esperava-se que as bancadas fossem similares a outros afloramentos ferruginosos mas isto não ocorreu, sugerindo um importante efeito da história paleoclimática da plataforma continental nos padrões de composição e abundância de espécies da comunidade vegetal das bancadas lateríticas.
Título em inglês
Ecology of vegetation on ironstone outcrops (bancadas lateríticas) in Corumbá, MS, Brazil
Palavras-chave em inglês
Canga
Community ecology
Floristics
Grassland
Rock outcrops
Resumo em inglês
The ironstone outcrops called bancadas lateríticas can be considered a peculiar feature of the Central Brazil landscape nearby the cities of Corumbá and Ladário (MS). Although situated in a populated region, near farmlands and cities, the vegetation occurring on these outcrops is completely unknown. In this work we aim to explore the species composition, the floristic relations with other rock outcrops and the community structure of the vegetation thriving on the ironstone surface of the bancadas. The survey was conducted in three outcrops - Banda Alta (19°08´S, 57°34´W, 85 m altitude); São Sebastião do Carandá (19°06´S, 57°31´W, 90 m) and Monjolinho (19°16´S, 57º31´W, 65-150 m). The vegetation found on the rock outcrops occurred as a continuous cover or in groups called soil-islands. In the continuous formation, the vegetation cover was sampled by random Quadrats of 1 m2. A single soil island was taken as a sample unit. The species composition and correspondent cover value was evaluated for each quadrat and soil island. A total of 199 random quadrats and 164 soil islands was used in this work. Along with the abundance of species, the size and other features of each soil islands were included in the survey. The data was explored by the construction of phytosociological tables and statistical classification and ordination techniques. The floristic relations were explored at the level of families and genera by comparisons with published species lists from other outcrops. We detected 188 species belonging to 58 plant families on the three Bancadas outcrops. From this total, 66 species were found in random quadrats and 181 in soil islands. The community structure is primarily influenced by the substrate thickness and the soil island area. Processes involving apparent species competitive exclusion and different responses to water regime can be major sources of the overall spatial disjunction and abundance patterns. The bancadas flora showed similarities with the flora of granite outcrops in the Caatinga formation at the level of genera and families. Climate and other factors can play a role in the floristic disjuntions observed but the rock substrate poses as a dominant factor with the exception of the Bancadas. The departure from the expected similarity with other ironstone outcrops suggests an important effect of Paleoclimatic history of the continental shelf in the patterns of species composition and abundance in the Bancadas plant community.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
takahasi.pdf (12.33 Mbytes)
Data de Publicação
2010-10-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.