• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2014.tde-03062014-155359
Documento
Autor
Nome completo
Fernando José Dias
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Watanabe, Ii Sei (Presidente)
Dagli, Maria Lucia Zaidan
Fazan, Valeria Paula Sassoli
Iyomasa, Mamie Mizusaki
Lacchini, Silvia
Título em português
Efeito do laser de baixa intensidade e da proteína purificada do látex natural (Hevea brasiliensis) sobre a lesão por esmagamento do nervo isquiático de ratos wistar: estudo morfológico, imunohistoquímico e ultraestrutural.
Palavras-chave em português
Anatomia e histologia
Hevea
Imunohistoquímica
Terapia a laser de baixa intensidade
Traumatismos dos nervos periféricos
Ultraestrutura
Resumo em português
Esse estudo avaliou o laser de baixa intensidade (LBI-15J/cm2, 780nm) e a proteína do látex (P1; 0,1%) no esmagamento (15Kgf, axonotmese) do nervo isquiático de ratos Wistar. Grupos: GI-controle; GII-exposto; GIII-lesado; GIV-LBI; GV-P1; GVI-LBI e P1. Após 4 e 8 semanas realizou-se as análises morfológica, morfométrica, imunohistoquímica (VEGF e NGF) e ultraestrutural. Houve melhora com os tratamentos propostos. Após 4 semanas não foi possível eleger o melhor tratamento; após 8 semanas os animais que receberam a P1 associada ou não ao LBI apresentaram mais capilares e fibras nervosas mais organizadas. Após 4 semanas as expressões do NGF e VEGF estavam elevadas nos GIII, GIV e GVI e após 8 semanas elas estavam diminuídas. As características dos grupos lesados eram mais próximos dos controles após 8 semanas, revelando tempo-dependência; ainda nesse período a P1 apresentou melhor recuperação, pois o LBI não alcançou os mesmos resultados, e a associação dos tratamentos não potencializado a recuperação, sugerindo que a melhora observada nesse caso se refere à P1.
Título em inglês
Effect of low-level laser and the protein purified from natural latex (Hevea brasiliensis) on crush injury of the sciatic nerve in rats: morphologic, immunohistochemical and ultrastructural study.
Palavras-chave em inglês
Anatomy and histology
Hevea
Immunohistochemistry
Low-level laser therapy
Peripheral nerve injuries
Ultrastructure
Resumo em inglês
This study evaluated the low intensity laser (LBI-15J/cm2, 780nm) and latex protein (P1, 0.1%) in the crush (15 kgf, axonotmesis) of the sciatic nerve in rats. Groups: GIcontrol; GIIexposed; GIII-injured; GIV-LBI; GV-P1; GVI-LBI and P1. After 4 and 8 weeks were performed morphological, morphometric, immunohistochemical (VEGF and NGF) and ultrastructural analysis. There was improvement with the proposed treatments. After 4 weeks has not been possible to choose the best treatment, after 8 weeks, the animals that received the P1 associated or not to LBI had more capillaries and more organized nerve fibers. After 4 weeks the expressions of NGF and VEGF were higher in GIII, GIV and GVI and after 8 weeks they were decreased. The characteristics of the injured groups were closer to control after 8 weeks, revealing time-dependence, even in this period P1 showed better recovery because the LBI did not achieve the same results, and the association of treatments did not enhanced this recovery, suggesting that the improvement observed in this case refers to P1.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-06-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.