• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2010.tde-07012011-142503
Documento
Autor
Nome completo
Patricia Zorzete
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Correa, Benedito (Presidente)
Almeida, Adriana Palma de
Barros, Mário Henrique de
Fernandes, Andrezza Maria
Fraga, Marcelo Elias
Título em português
Fungos, micotoxinas e fitoalexina em variedades de amendoim do plantio ao armazenamento.
Palavras-chave em português
Ácido Ciclopiazônico
Aflatoxinas
Amendoim
Armazenagem
Fatores Abióticos
Fitoalexina
Fungos
Micobiota
Micotoxinas
Resumo em português
O trabalho avaliou micobiota, contaminação por aflatoxinas (AFB), ácido ciclopiazônico (ACP) e fitoalexina (trans-resveratrol) nas variedades de amendoim Runner IAC 886 e IAC-Caiapó, no campo e armazenamento. Nas amostras de campo, na IAC 886 predominou Fusarium spp. nos grãos e cascas, contaminação por AFB em 30% dos grãos, ACP em 70% e trans-resveratrol em 5%. Na IAC-Caiapó prevaleceu Fusarium spp., em todas as amostras, AFB em 25% dos grãos, ACP em 55% e trans-resveratrol em 15%. Nas folhas, trans-reveratrol estava presente em 70%, nas variedades. No armazenamento, observou-se maior freqüência de A. flavus, A. parasiticus. Na IAC 886 AFB foi detectada em 20% nos grãos e 23% nas cascas e ACP em 80% dos grãos. Na IAC-Caiapó, AFB foi encontrada em 13% tanto nas amostras de grãos, como nas cascas e ACP em 70% dos grãos. Os resultados do potencial toxigênico de A. flavus revelaram 81% produtores de aflatoxinas, 95% de ACP e 75% de ambas. Todos A. flavus produtores de esclerócios pertenciam ao grupo L.
Título em inglês
Fungi, mycotoxins phytoalexin in peanut varieties, during plant growth from the field to storage.
Palavras-chave em inglês
Abiotics Factors
Aflatoxins
Cicloplazonic ACID
Fitoalexins
Fungi
Mycoflora
Mycotoxins
Peanut
Storage
Resumo em inglês
This study had assessed mycobiota, contamination by aflatoxins (AFB), cyclopiazonic acid (CPA) and phytoalexin (trans-resveratrol) in the peanuts varieties Runner IAC 886 and IAC-Caiapó, in the field and storage. In the Field samples, in IAC 886 it was predominated Fusarium spp. in grains and shells, contamination by AFB in 30% of the grains, CPA in 70% and trans-resveratrol in 5%. In IAC-Caiapó, it was prevailed Fusarium spp. in all samples, AFB in 25% of the grains, CPA in 55% and trans-resveratrol in 15%. In the leaves, trans-resveratrol was present in 70% in the varieties. In the storage, it was observed a higher frequency of A. flavus, A. parasiticus. In IAC 886, it was detected AFB in 20% of the grains and 23% in the shells, and CPA in 80% of the grains. In IAC-Caiapó, it was found AFB in 13% both in grains as in the shells samples, and CPA in 70% of the grains. The toxigenic potential results of A. flavus revealed 81% aflatoxins producers, 95% CPA producers and 75% both producers. All strains of A. flavus sclerotia producers belonged to the L group.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-08-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.