• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.42.2014.tde-24092014-180622
Documento
Autor
Nombre completo
Aline Lavezo Antonio
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2014
Director
Tribunal
Starobinas, Nancy (Presidente)
Mauro, Eliana Faquim de Lima
Oliveira, Silvio Luis de
Título en portugués
Carcinogênese induzida por DMBA em camundongo selecionados para a alta ou baixa produção de anticorpos.
Palabras clave en portugués
Anticorpos
DMBA
Imunidade humoral
Sensibilidade
Tumorigênese cutânea
Resumen en portugués
A tumorigênese cutânea é determinada pela combinação de diversos fatores genéticos e ambientais, que envolvem múltiplos eventos onde as células epiteliais podem progredir e se desenvolverem. Todo esse processo é associado com alterações da imunidade celular e humoral. Muitos fatores físicos e químicos podem predispor ao câncer de pele, como o carcinógeno DMBA, com ação iniciadora e promotora. Camundongos geneticamente selecionados para a alta (High) ou baixa (Low) produção de anticorpos constituem uma excelente ferramenta para o estudo da influência da imunidade humoral no desenvolvimento de tumores. Foram avaliados camundongos das linhagens High e Low submetidos ao tratamento com o DMBA na pele após 48 horas, 120 e 240 dias. Mostramos que a linhagem selecionada para a maior produção de anticorpos (High) é a mais sensível ao tratamento com formação de lesões que progrediram para o desenvolvimento de papilomas, apresentando maior incidência e multiplicidade tumoral que os animais Low. Os machos da linhagem High também desenvolveram tumores nos pulmões em decorrência do tratamento com o DMBA na pele. O perfil de citocinas avaliado mostrou que os animais Low tem maior expressão gênica de IFN-g e IL-6 do que os animais High, e estes maior expressão de IL-1b e Cxcl2 que os animais Low após 48 horas do tratamento. A secreção de IL-6 também foi maior nos animais Low com 48 horas, sendo que a produção de TGF-b foi maior nos animais High aos 120 dias. Estes resultados sugerem que na linhagem High o perfil de resposta celular seja do tipo Th2 com produção de IL-10 e TGF-b, o que favorece o surgimento de tumores, e na linhagem Low, a resposta celular seja do tipo Th1, pela presença de IFN-g e TNF-α, favorecendo o reparo tecidual. Como não foram encontradas diferenças na via de metabolização pelas enzimas do citocromo P450 e no polimorfismo do receptor Ahr, outros fatores podem estar relacionados aos fenótipos observados. Assim, estas linhagens geneticamente selecionadas que diferem quanto à capacidade de secreção de anticorpos, representam uma nova ferramenta para o estudo de fatores genéticos que influenciam o microambiente na predisposição ao câncer.
Título en inglés
DMBA-induced carcinogenesis in mice selected for high or low antidoby production.
Palabras clave en inglés
Antibody production
DMBA
Humoral immunity
Skin tumorigênese
Susceptibility
Resumen en inglés
The skin tumorigenesis is determined by the combination of various genetic and environmental factors, involving multiple events, where epithelial cells can progress and develop. This entire process is associated with changes in cellular and humoral immunity. Many physical and chemical factors may predispose to skin cancer, such as DMBA carcinogen with initiating and promoting action. Mice genetically selected for high (High) or low (Low) antibody production are an excellent tool for studying the influence of humoral immunity in the development of tumors. High and Low mice were treated with DMBA on the skin and, after 48 hours, 120 and 240 days, they were evaluated. We showed that High mice are more sensitive to DMBA treatment, presenting lesions that progressed to the development of papillomas and showing higher incidence and tumor multiplicity than Low ones. Males of High strain have also developed lung tumors as a result of treatment with DMBA on the skin. The profile of cytokines evaluated of Low animals showed that gene expression of IFN-g and IL-6 is more elevated than the one observed in High mice; on the other hand, IL- 1b and CXCL2 are increased in High animals, 48 hours after treatment. The secretion of IL-6 was also greater in Low animals, and TGF-b was higher in High animals, after 120 days of treatment. These results suggest that the High mice response has a Th2 profile with secretion of IL- 10 and TGF-b, which favors the growth of tumors; on the other hand, Low mice have a Th1 response, due to the presence of IFNg and TNFα, favoring tissue repair. As no differences were found in the enzymes of cytochrome P450 and in the polymorphism of Ahr receptor, other factors may be related to the observed phenotypes. Thus, these genetically selected mice which differ in the ability to secrete antibodies represent a new tool for the study of genetic factors influencing the microenvironment in its predisposition to cancer.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2014-10-07
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.