• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.42.2017.tde-19052017-135502
Documento
Autor
Nome completo
Aline Carvalho
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Bevilacqua, Estela Maris Andrade Forell (Presidente)
Godosevicius, Sima
Veras, Mariana Matera
Título em português
Interleucina 25 na interface materno-fetal em camundongos.
Palavras-chave em português
Citocinas
Gestação
IL-17BR
IL-25
Placenta
Resumo em português
Durante a gestação, a interação entre os organismos materno e embrionário é mediada por diversas moléculas reguladoras produzidas no ambiente uterino que são fundamentais para o estabelecimento de um ambiente tolerante ao feto. A expressão de uma grande variedade de mediadores inflamatórios também participa deste processo influenciando o ambiente uterino e a própria placenta. As citocina, potentes mediadores celulares, regulam as respostas imunológicas, integrando a rede sinalizadora que controlam a gestação. Desbalanço nos perfis de citocinas, sistêmica ou localmente no ambiente placentário tem sido descrito em muitos distúrbios gestacionais que podem culminar com perdas fetais. Evidências recentes mostraram que a expressão de uma nova citocina, a Interleucina 25, está alterada em pacientes que apresentam abortos recorrentes, sugerindo um papel imuno-regulador da IL-25 nas funções reprodutivas. Neste contexto, torna-se bastante interessante avaliar a presença da IL-25 na interface materno-fetal durante toda a gestação. Neste estudo objetivamos caracterizar a expressão de IL-25 e seu receptor IL-17BR em células placentárias e no sangue materno ao longo da gestação em camundongos. A análise da expressão gênica de IL-25 e seu receptor IL-17BR por qRT-PCR, foi realizada em sítios de implantação e em porções fetais e materna de placentas nos dias 10,5, 13,5, 16,5 e 19,5 de gestação (dg). Células mononucleares do sangue (CMNs) e tecidos placentários dissecados foram utilizados para ensaios de Citometria de fluxo nos mesmos dias de gestação. A imunolocalização de citocina e receptor foi avaliada em cortes histológicos nos diversos dias gestacionais estudados. Nossos dados demonstraram que a expressão gênica de IL-25 se intensifica após o período implantacional, aumentando os níveis de mRNA gradativamente a partir de 10,5dg até 16,5dg. Citocina e receptor são expressos de forma diferenciada pelos compartimentos placentários. A análise da expressão proteica por citometria de fluxo confirmam os dados de expressão gênica e as marcações observadas nas reações de imunohistoquímica. IL-25 e IL-17BR são expressos em toda a interface materno-fetal, sendo a citocina prevalente na placenta fetal, enquanto o receptor se expressa de forma intensa na porção materna. Entre as populações celulares que poderiam contribuir para os níveis de citocina na placenta fetal, observa-se a presença de células trofoblásticas, fenotípicamente caracterizadas, produtoras de IL-25 e células leucocitárias (CD45+) expressando o receptor IL-17BR na região da decídua materna. Entre o período gestacional estudado, a expressão de IL-25 e IL-17BR ocorreu principalmente nos dias 13,5 e 16,5 dg. O significado funcional destes achados, no entanto, merece investigações mais detalhadas, entretanto, devido ao caráter imunoregulatório atribuído a citocina IL-25, está parece estar associada ao controle das funções placentárias contribuindo para a formação de um ambiente imunológicamente tolerante ao desenvolvimento fetal.
Título em inglês
Interleukin 25 in maternal-fetal interface in mices.
Palavras-chave em inglês
Cytokine
Gestation
IL-17BR
IL-25
Placenta
Resumo em inglês
During pregnancy, embryo and maternal organisms interaction is mediated by different regulatory molecules produced in the uterine environment that are essential to the establishment of a tolerant environment to fetus development. The expression of a variety of inflammatory mediators influence the uterine and placenta environment. Cytokine are potent cellular mediators, regulating the immune responses by signaling and controlling pregnancy. Cytokine imbalance systemic or locally in the placental environment has been described in many pregnancy disorders, leading to fetal loss. Recent evidence showed that the expression of a novel cytokine, Interleukin 25 is decreased in patients with recurrent abortions, suggesting for IL-25 a immunoregulatory role in reproductive function. In this context, it is interesting to evaluate the presence of IL-25 in the maternal-fetal interface throughout pregnancy. This study aimed to characterize the IL-25 expression and its receptor IL-17BR in placental cells and maternal blood during pregnancy in mice. The analysis of gene expression of IL-25 and its receptor IL-17BR by qRT-PCR was performed on implantation sites and fetal and maternal portions of placentas in the days 10.5, 13.5, 16.5 and 19, 5 of gestation (dg). Peripheral blood mononuclear cell (PBMCs) and placental dissected tissues were used for flow cytometry analyses on the same days of gestation. The immunolocalization for cytokine and receptor was evaluated in histological sections for different gestational days. These data shows that IL-25 gene expression is intensified after the implantation period, increasing mRNA levels gradually from 10,5dg to 16,5dg. Cytokine and receptor are expressed differently by placental compartments. Analysis of protein expression by flow cytometry confirm the gene expression data and reactivity observed in the immunohistochemistry reactions. IL-25 and IL-17BR are expressed throughout the maternal-fetal interface, and the cytokine prevalent in the fetal placenta, while the receptor is major expressed in the maternal portion. Among the cell populations could contribute to the cytokine levels in fetal placenta is observed the presence of trophoblast cells phenotypically characterized producing IL-25 and leukocytes (CD45 +) expressing the IL-17BR in the maternal decidua. Among the period studied, IL-25 and IL-17BR expression mainly occurred on days 13.5 and 16.5 dg. The functional significance of these findings needs further investigation, however, due to immunoregulatory character attributed to IL-25 cytokine, it is seems to be associated with the control of placental functions contributing to the formation of an immunologically tolerant environment for fetal development.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-05-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.