• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.42.2011.tde-13022012-095914
Documento
Autor
Nome completo
Jean Douglas Ferraz Cordeiro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Silber, Ariel Mariano (Presidente)
Cotrim, Paulo Cesar
Thiemann, Otavio Henrique
Título em português
Clonagem dos genes putativos para prolina desidrogenase e D1-pirrolina-5-carboxilato desidrogenase de Leishmania (Leishmania) amazonensis e caracterização funcional de seus produtos.
Palavras-chave em português
Leishmania
Clonagem
Enzimas
Oxidação
Resumo em português
Os tripanosomatídeos utilizam aminoácidos, particularmente a prolina, como fontes de carbono e energia. Essas moléculas estão também envolvidas em outros processos fisiológicos como a metaciclogênesis, osmorregulação, ou resistência a diferentes condições de estresse. Duas enzimas, prolina desidrogenase e D1-pirrolina-5-carboxilato desidrogenase catalisam a oxidação de prolina a glutamato. Embora a presença dessa via em algumas espécies do gênero Leishmania seja amparada por dados do projeto genoma, ainda não ha evidências bioquímicas de sua atividade. Nesse trabalho focamos alguns aspectos dessa via em L. (L.) amazonensis. Demonstramos a presença das ORFs de ambos os genes dessa via (que denominamos LaPRODH e LaP5CDH) e dos seus produtos. Constatamos que ambas enzimas são mitocondriais. Também demonstramos que esses genes complementam cepas de Saccharomyces cerevisiae mutantes para Dput1 ou Dput2, ortólogos de LaPRODH e LaP5CDH respectivamente. Em conjunto, os dados obtidos sugerem a presença e funcionalidade da via prolina-glutamato em L. (L.) amazonensis.
Título em inglês
Cloning of genes for putatives proline dehydrogenase and D1-pyrroline- 5-carboxylate dehydrogenase from Leishmania (Leishmania) amazonensis and functional characterization of their products.
Palavras-chave em inglês
Leishmania
Cloning
Enzymes
Oxidation
Resumo em inglês
Trypanosomatids use amino acids, particularly proline, as a carbon and energy sources. In addition, they are involved in other physiological processes such as metacyclogenesis, osmorregulation or resistance to different stress conditions. Two enzymes, proline dehydrogenase and D1-pyrroline-5-carboxylate dehydrogenase catalyze the oxidation from proline to glutamate. Although, the presence of this pathway in some species of the Leishmania is supported by the genome project, no biochemical data on their activities were shown up to now. In this work we focus on some aspects of the proline-glutamate pathway in L. (L.) amazonensis. We demonstrate the presence of ORFs for both genes (which we called LaPRODH and LaP5CDH) and their products. We also showed that both enzymes are mitochondrial. We could also demonstrate that both genes complement Saccharomyces cerevisiae strains mutant for Dput1 or Dput2, orthologs of LaPRODH and LaP5CDH respectively. Taken together, these data show the presence and functionality of the proline-glutamate pathway in L. (L.) amazonensis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-03-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.