• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2010.tde-14012011-162359
Documento
Autor
Nome completo
Núbia de Souza Lobato
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Fortes, Zuleica Bruno (Presidente)
Carvalho, Maria Helena Catelli de
Davel, Ana Paula Couto
Franco, Maria do Carmo Pinho
Scavone, Cristoforo
Título em português
A obesidade diminui a resposta de artérias mesentéricas de resistência a agonistas canabinóides.
Palavras-chave em português
Endotélio vascular
Obesidade
Relaxamento
Vasos sanguíneos
Resumo em português
Este estudo investigou o efeito da obesidade sobre a resposta de artérias mesentéricas a agonistas canabinóides. Ratos obesos Zucker (OZRs) apresentaram reduzido relaxamento à anandamida, aos agonistas CB1 e CB2 e à capsaicina (agonista vanilóide) comparados aos controles (LZRs). A expressão dos receptores CB1 e CB2 foi menor em OZRs. O bloqueio de canais de K+, a inibição da NOS, da COX ou do transporte de canabinóides reduziu a resposta à anandamida em LZRs. A resposta à anandamida em OZRs foi corrigida após: inibição da degradação de anandamida, ativação da via do cAMP e da AMPK, e inibição da ERK1/2. A anandamida aumentou a fosforilação da AMPK, da ACC e da eNOS em LZRs, mas reduziu em OZRs. A expressão da ERK1/2 fosforilada, maior em OZRs, foi potencializada pela anandamida. A obesidade diminui o relaxamento à anandamida por: reduzir a expressão de receptores CB1 e CB2; prejudicar respostas mediadas por receptores vanilóides; reduzir a captação e aumentar a degradação de anandamida; reduzir a ativação da AMPK e da eNOS e aumentar da ativação da ERK1/2.
Título em inglês
Obesity decreases the response of resistance mesenteric arteries to cannabinoid agonists.
Palavras-chave em inglês
Blood vessels
Obesity
Relaxation
Vascular endothelium
Resumo em inglês
This study aimed to investigate the effects of obesity on the response of mesenteric arteries to cannabinoid agonists. Obese Zucker rats (OZRs) displayed decreased relaxation to anandamide, to CB1 and CB2 agonists as well as to capsaicin (vanilloid agonist) compared to lean rats (LZRs). The CB1 and CB2 expression was decreased in OZRs. Anandamide response was decreased in LZRs after blockade of K+ channels and inhibition of NOS, COX or cannabinoid transport. Anandamide response in OZRs was corrected by: inhibition of anandamide degradation, activation of cAMP and AMPK pathway and inhibition of ERK1/2. Anandamide increased AMPK, ACC and eNOS phosphorylation in LZRs, but it reduced in OZRs. The expression of phosphorylated ERK1/2, increased in OZRs, was potentiated by anandamide. In conclusion, obesity decreases anandamide relaxation through: reduction of CB1 and CB2 receptors; impairment of signaling pathways mediated by vanilloid receptors; reduced uptake and increased degradation of anandamide; reduction of AMPK/eNOS activation and increase in ERK1/2 activation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-05-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.