• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2016.tde-10082016-135115
Documento
Autor
Nome completo
Natalie Carolina de Castro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Lima, Fabio Bessa (Presidente)
Abdulkader, Fernando Rodrigues de Moraes
Christoffolete, Marcelo Augusto
Curi, Rui
Navegantes, Luiz Carlos Carvalho
Título em português
A gliceroneogênese e o metabolismo do lactato se modificam com o jejum e apresentam diferentes características conforme a localização do depósito adiposo.
Palavras-chave em português
Adipócito
Gliceroneogênese
Jejum
Lactato
Lipogênese
Tecido adiposo
Resumo em português
A ausência de nutrientes durante o jejum leva a intensa mobilização de ácidos graxos (AG) do adipócito. A intensidade deste fenômeno deve ser controlada, pois o excesso de AG está associado a condições patológicas. Nestas condições, a lipogênese torna-se útil e a Gliceroneogênese indispensável. Nesta via, o lactato seria um substrato fisiológico e provável. Metodologia. Ratos machos Wistar foram divididos em grupos, Alimentado (Al) e Jejum (J) e os coxins subcutâneo (SC) e visceral retroperitoneal (RP) submetidos aos testes biológicos e moleculares. No Teste de Incorporação de [14C]-Acido Lático em Glicerol e no teste de captação de [14C]-Acido Lático o grupo Al mostrou maior capacidade (Al > J; *p<0.05; [N=8]). Nestes testes, a glicose (1 ou 4 mM) foi fundamental e a presença de insulina (10 nM) ampliou estes resultados em ambos os tecidos. Na expressão do transportador de monocarboxilatos 1 (MCT1) e da enzima fosfoenol piruvato carboxiquinase (PEPCK), não houve diferenças entre Al e J. Concluímos que a alimentação promove aumento da Glicroneogênese a partir do ácido lático e a expressão da PEPCK não exerceu influencia neste processo. No entanto, a glicose e a insulina, mostraram-se como potencializadores da Gliceroneogênese.
Título em inglês
The glyeroneogenesis and the metabolism of lactate modify with fasting and presentes different characteristics according to the location of fato depot.
Palavras-chave em inglês
Adipocyte
Adipose tissue
Fasting
Glyceroneogenesis
Lactate
Lipogenesis
Resumo em inglês
The absence of nutrients during fasting leads to intensive mobilization of adipocyte fatty acids (FA). The intensity of this phenomenon should be controlled because excess of the AG is associated with pathological conditions. Under these conditions, the lipogenesis and gliceroneogenesis are useful and indispensable. In this pathway, the lactate and likely would be a physiological substrate. Methodology. Male Wistar rats were divided into groups: (Al) and Fasting (J) and fat pad subcutaneous (SC) and visceral retroperitoneal (RP) subject to biological and molecular assays. The Test of Incorporation of [14C]-Latic Acid into Glycerol and test of uptake lactic-acid, Al group showed greater capacity (Al> J; * p <0.05; [N = 8]). In these tests, glucose (1 or 4 mM) was fundamental and the presence of insulin (10 nM) extended these findings in both tissues. In monocarboxylate transporter 1 expression (MCT1) and the enzyme phosphoenol pyruvate carboxykinase (PEPCK), there was no difference between Al and J. We concluded that feeding promotes increased Glicroneogênese from lactic acid and expression of PEPCK did not exercised influence in this process. However, glucose and insulin appeared as potentiators of Gliceroneogênese.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2018-08-10
Data de Publicação
2016-08-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.