• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.43.2000.tde-02122013-185104
Documento
Autor
Nome completo
Cezar Soares Martins
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2000
Orientador
Banca examinadora
Missell, Frank Patrick (Presidente)
Jardim, Renato de Figueiredo
Knobel, Marcelo
Machado, Fernando Luís de Araújo
Petrilli, Helena Maria
Título em português
Magnetização e Magnetoresistência Gigante em Ligas Granulares CuNiFe
Palavras-chave em português
Magnetismo (propriedades magnéticas)
Matéria condensada
Resumo em português
Neste trabalho, estudamos as propriedades magnéticas e a magnetoresistência gigante (GMR) em fitas de Cu IND.80 Ni IND.20-xFe IND.x (x = 2,5 ; 5; 10; 17, 5; 20) produzidas por melt-spinning. As fitas foram estudadas como função da temperatura de tratamento térmico T IND.an 500°C, usando-se um magnetômetro SQUID. Uma grande variedade de estruturas granulares foram obtidas para diferentes razões de Ni/Fe e condições de tratamento térmico. Para Cu80 Ni10 Fe10, a magnetização não apresentou histerese mensurável para T 50K. Este comportamento é consistente com as curvas de susceptibilidade que indicam uma temperatura de bloqueio abaixo de 50K. Nesta temperatura, o maior valor da GMR(19%) foi obtido para as fitas tratadas a 400°C por duas horas. As curvas de magnetização foram comparadas a um modelo teórico que assume uma distribuição de momentos magnéticos. Para Cu80Ni15Fe5,a microestrutura e as propriedades magnéticas são muito sensíveis ao tratamento térmico. Para as ligas com composições 10; 15; 17,5% de Fe, a magnetização de saturação apresentou uma redução com o tratamento a 400°C. Esta redução foi explicada através da formação de partículas perto da região Invar. Um comportamento anômalo linear da amplitude da magnetoresistência foi observado e explicado pelo espalhamento dependente do spin, que acontece quando um elétron se move de uma partícula superparamagnética para uma partícula bloqueada termicamente.
Título em inglês
Magnetization and giant magnetoresistance in granular alloys CuNiFe.
Palavras-chave em inglês
Condensed matter
Magnetism (magnetic properties)
Resumo em inglês
In this work, we study the magnetic properties and giant magnetoresistance (GMR) in ribbons of Cu80 Ni20-xFex (x = 2.5, 5, 10, 17.5, 20) prepared by melt-spinning. The ribbons were studied as a function of annealing temperature Tan 500°C, using a SQUID magnetometer. A wide variety of granular structures é obtained for different Ni/ Fe ratios and annealing conditions. In Cu80 Ni10 Fe10 , the magnetization shows no static hysteresis for T 50K. This behaviour is consistent with the susceptibility curve which indicates a blocking temperature below 50K. At this temperature, the largest GMR value was obtained for the ribbons annealed at 400°C for two hours. The magnetization curves were compared with a theoretical model that takes into account the magnetic moment distribution. In Cu80 Ni15Fe5, the microstructure and magnetic properties are much more sensitive to annealing. For t he ribbons with 10, 15, 17.5 % Fe composition, the magnetization presented a reduction with annealing at 400°C. This redution may be explained in terms of particle formation near the Invar region. An anomalous linear behaviour of the MR was observed and can be explained in terms of spin-dependent scattering when an electron passes from a superparamagnetic particle to a thermally blocked particle.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.