• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2002.tde-03112015-114039
Documento
Autor
Nome completo
Vinicius Ishimine
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Everton de (Presidente)
Chang, Hung Kiang
Sígolo, Joel Barbujiani
Título em português
Avaliação hidrogeológica e hidrogeoquímica em área contaminada por manganês na região de Suzano - SP
Palavras-chave em português
Geoquímica
Hidrogeologia
Poluição da água
Resumo em português
A prática antiga de disposição de resíduos de óxido de manganês em valas sem impermeabilização permitiu a contaminação de solo e água subterrânea por manganês em uma área em Suzano, São Paulo. No local, foram mapeadas duas fontes de contaminação, a principal delas encontra-se enterrada em terreno adjacente à área da indústria, e a secundária, que não foi formada por disposição voluntária de resíduo no solo, encontra-se na área da indústria, como resultado de deposição de material particulado liberado durante o manuseio do produto. Testes de condutividade hidráulica 'in situ' apresentaram valores de K na ordem de '10 POT. -7' m/s. A velocidade da água subterrânea encontra-se no intervalo entre 0,33 e 17,26 cm/dia. Os resultados analíticos nas amostras de água subterrânea indicaram presença de manganês com valores acima dos limites estabelecidos pela Portaria 1469 do Ministério da Saúde na maioria dos poços de monitoramento (Valor Máximo Permitido, 0,10 mg/L), alcançando valores máximos de 6.800 mg/L no primeiro evento de monitoramento (outubro/98) e 4.876 mg/L no segundo (abril/99). Amostras de solo da porção jusante da área indicaram concentrações elevadas de manganês, atingindo valores de até 41.000 mg/Kg. O mapeamento da pluma de contaminação de água subterrânea mostra que ela está inserida em parte do terreno ocupado pela área em estudo e quase que a totalidade da porção jusante a este (área alagadiça). A modelagem hidrogeoquímica realizada através do programa Wateq4f apresentou supersaturação de hidróxido de ferro na maioria das amostras indicando que muitos metais podem estar adsorvidos neste complexo. Muitas amostras indicaram presença de sulfato de manganês, MnS'O IND. 4 POT. 0' (aq). Devido às altas concentrações de manganês encontradas em solo e água subterrânea, recomenda-se a execução de ações corretivas, uma vez que o local encontra-se inserido numa Área de Proteção de Mananciais.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The past practice of burying waste of manganese oxide in open, unprepared ditches in an industrial site in Suzano, São Paulo, has originated soil and groundwater contamination. Two sources of contamination were mapped at the site and its neighbourhood. The main source was placed as buried waste on a property adjacent to the industrial área. A second source was originated from dust coming from handling material at the industry. In situ hydraulic conductvty tests indicated K on the order of '10 IND. -7' m/s and 17,26 cm/dia. Chemical analyses from groundwater samples indicated manganese concentration above Brazilian standards in most monitoring wells (Portaria 1469 of the Ministerio da Saúde - Valor Máximo Permitido, 0,10 mg/L). The highest manganese concentration were 6.800 mg/L in the first sampling round and 4.876 mg/L in the second. Soil samples from the downgradient portion of the area also indicated high manganese concentrations, with values as high as 41.000 mg/Kg. The mapping of the groundwater contamination plume shows only a small portion of it within the limits of the industry site. Most of plume lies downgradient of the site, in the wetlands. The hydrogeochemical modeling using Wateq4f indicated a supersaturation of iron hydroxide in most groundwater samples, which indicates that many metals might be adsorbed into these complexes. Many samples indicated the presence of manganese sulphate, 'MnSO IND. 4 POT. 0' (aq). Due to the very high concentration of manganese found in the area, it is recommended a corrective action for soil and groundwater, since the site is located within an Environment Protection Area (Área de Proteção de Mananciais).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Ishimine__Mestrado.pdf (10.75 Mbytes)
Data de Publicação
2015-11-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.