• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.1997.tde-26092014-161652
Documento
Autor
Nome completo
Sérgio Benjamin Baggio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1997
Orientador
Banca examinadora
Reboucas, Aldo da Cunha (Presidente)
Mendes, Jose Milton Benetti
Quadros, Eda Freitas de
Título em português
Água Subterrânea em Joinville - SC - Avaliação hidrogeológica do aqüífero fraturado
Palavras-chave em português
Hidrogeologia
Resumo em português
As águas subterrâneas são nossas reservas mais importantes e representam 97% da água doce disponível no mundo. Joinville é uma cidade em que a precipitação pluviométrica é uma das mais altas do País, em torno de 2.000 mm/ano. A média anual de ocorrência de chuvas está em torno de 200 dias. Apesar deste aporte hídrico, a distribuição de água apresenta sérios problemas, e o racionamento ou a falta de água, ainda é uma constante no dia a dia dos habitantes da cidade de Joinville. Na região as águas subterrâneas estão acumuladas no Aqüífero Fraturado, representado geologicamente por Rochas do Escudo Catarinense, onde o manto de intemperismo atinge em média 40 m de espessura. Este aqüífero está compartimentado em duas direções principais N30-40E e N20-30W. A produtividade dos poços bem locados está em torno de 10 metros cúbicos por hora. A recarga da água estocada no aqüífero fraturado atualmente alcança aproximadamente 31 milhões de m³ por ano. A exploração atual de água subterrânea atinge aproximadamente 3 milhões de metros cúbicos por ano o que representa 10% da recarga. Para a Bacia do Rio Cubatão a recarga estimada chega a 325 milhões de metros cúbicos de água por ano. Com relação à qualidade da água, as análises realizadas pelo Instituto Tecnológico do Paraná - TECPAR, mostram que as águas subterrâneas de Joinville podem ser localmente definidas como águas alcalinas bicarbonatadas, e ainda não existem problemas de contaminação sanitária. Este aqüífero é uma nova alternativa complementar ao recurso hídrico superficial. É estrategicamente a maior reserva de água potável da cidade e representa uma excelente opção, haja visto que seus mananciais encontram-se relativamente melhor protegidos dos efeitos da poluição. Por estas características poderá ser a futura fonte complementar de água para a coletividade Joinvilense, se forem mantidas as atuais condições de proteção das suas áreas de recarga.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The groundwater are the most important reserves and represents 97% of the fresh water in the world. The increasing necessity of good quality water is, and will be, the reason for a large number of studies and investments. The city of Joinville is located northeastern of the state of Santa Catarina horing the geografic coordenates 26°18'05" South Latitude and 48°50'38" Longitude West of Greenwich Meridian. The local pluvial precipitation is one of the highest in Brazil, about 2,000 mm/year. The annual rain precipitation distribution is about 200 days. In spite of such water surplus its irregular distribution presents serious problems and the lack of, and rationing of water are still a constant nowadays among the city's population. In its region the groundwater is situated in the fissured rock zones, geologicaly represented by rocks, of Escudo Catarinense, where the weathered zones reaches at about 40m length. Such aquifer is located in fractured zones into two main directions: N30° - 40°E and N20°-30°W. The well production is around l,0 - 3,0 m³/h, due to the lack of criterious for its location. This amount could be 10 m³/h if improved hydrogeological studies. The amount of water utilized from the fissured aquiferous reaches approximately 3.000.000 m³/year. With relation to the water quality, the analyses made by the Paraná Tecnological Institute (Instituto Tecnológico do Paraná - TECPAR) shows that Joinville's groundwater can be defined as a mineral water and there's no problems of organic contamination yet. There are no doubts that the aquifer is a needed alternative to the Rivers Cubatão and Piraí. lts is strategically the largest reserve of potable water for the city and represents an excellent option, taking into consideration that this option is the one most protected from the effects of the polution.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Baggio_Mestrado.pdf (15.45 Mbytes)
Data de Publicação
2014-09-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.