• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.44.2000.tde-24042014-163612
Documento
Autor
Nome completo
Antonio Luiz Teixeira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2000
Orientador
Banca examinadora
Petri, Setembrino (Presidente)
Gaucher, Claudio
Riccomini, Claudio
Rostirolla, Sidnei Pires
Soares, Paulo Cesar
Título em português
Análise das Bacias da transição Proterozóico-Fanerozóico do Estado de São Paulo e adjacências
Palavras-chave em português
Estratigrafia
Geotectônica
Sedimentologia
Resumo em português
As bacias eminentemente terrígenas situadas estratigraficamente acima dos orógenos e faixas móveis brasilianos e abaixo dos depósitos fanerozóicos da Bacia do Paraná, foram denominadas de bacias da transição Proterozóico-Fanerozóico. Ocorrem como pequenos corpos remanescentes da erosão fanerozóica, desde o sul do Estado de Minas Gerais, passando pelo Estado de São Paulo, até atingir a região metropolitana de Curitiba, capital do Estado do Paraná. Nesta ordem, são denominadas de: Bacia de Pouso Alegre (MG), bacias de Eleutério, do Pico de Itapeva, de Cajamar, do Quatis e do Samambaia (SP) e Bacia de Camarinha (PR). As suas exposições rochosas limitam-se aos domínios da Faixa de Dobramentos Ribeira, entidade geotectônica que atravessa os 3 estados com direção NE-SW, e constitui uma das principais suturas resultantes da amalgamação brasiliana do Gondwana Ocidental. Os limites atuais desses remanescentes de bacias são dados por falhamentos que constituem ramificações de zonas de cisalhamentos transcorrentes, característicos de toda a Faixa de Dobramentos Ribeira. O objetivo principal deste estudo consistiu em analisar as bacias da transição quanto às suas características litofaciológicas, estratigráficas, estruturais e tectônicas. Onde possível, isto ocorreu com o subsídio de análises geocronológicas, paleontológicas e litogeoquímicas. Os resultados obtidos apontaram a existência de grandes similaridades estratigráficas e estruturais entre elas, o que permitiu correlacioná-las e inferir que sua evolução se deu em um contexto paleogeográfico e paleotectônico comum. A sedimentação teve início após o evento glacial Varanger (625-580 Ma), quando as condições no planeta eram de ascensão geral do nível dos oceanos e das temperaturas. A par disso, ocorria a abertura do Oceano Brazilides entre os crátons Amazônico/Pampeano e do São Francisco/Rio de la Plata/Paraná. Suas águas atingiam as porções meridionais do Bloco Paraná, penetrando nas regiões topograficamente mais baixas das faixas móveis e relativamente estabilizadas frente aos eventos orogenéticos, situadas nas porções ocidentais do Orógeno Mantiqueira. Essas águas vieram constituir o nível de base, marinho raso, para a sedimentação das bacias da transição que, geneticamente, associaram-se às movimentações laterais das zonas de cisalhamentos (strike slip basins). A conexão entre os oceanos Brazilides e Adamastor ocorreu nas regiões entre o Bloco Paraná e o Cráton do Rio de la Plata, o que permitiu a ampla distribuição do microfóssil Cloudina riemkeae nas bacias do Nama (Namíbia), situada na borda ocidental do Cráton do Kalahari, do Arroyo del Soldado (Uruguai), situada na borda oriental do Cráton do Rio de la Plata, de Corumbá (MS), situada na borda oriental do Cráton Amazônico e, finalmente, nas bacias da transição em questão, situadas entre a borda oriental do Bloco Paraná e o Orógeno da Mantiqueira. Além da Cloudina, populações de acritarcas e do foraminífero Titanotheca coimbrae foram encontrados em algumas das bacias da transição e na Bacia do Arroyo del Soldado. A inversão e encurtamento de todas essas bacias ocorreu graças ao fechamento dos oceanos Adamastor e Brazilides, iniciando a fase final de consolidação do Gondwana Ocidental. Nas bacias da transição, as assinaturas metamórficas desse fechamento estão refletidas nas idades K-Ar de seixos riolíticos e nas idades K-Ar de resfriamento da biotita de rochas do embasamento, correspondendo ao início da Orogenia Búzios/Cabo Frio (530-490 Ma), evento similar a outros, amplamente difundidos pelo continente sul-americano e africano.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The eminently terrigenous basins, placed above the orogens and mobile belts of Braziliano age and below the phanerozoic deposits of the Paraná Basin, were denominated of Proterozoic-Phanerozoic Transition Basins. They happen as small remaining bodies of the erosion, from the south of the Minas Gerais State, going by the São Paulo State, until reaching the metropolitan area of Curitiba, Paraná State. In this order, they are denominated: Pouso Alegre (MG), Eleutério, Pico de ltapeva, Cajamar, Quatis and Samambaia (SP) and Camarinha (PR) basins. Their outcrops are limited to the domains of the Ribeira Folded Belt that crosses the 3 states with NE-SW direction, and it constitutes one of the main sutures resultants of the Braziliano Western Gondwana's amalgamation. The current limits of those remainders of basins are given by faults that constitute ramifìcations of wrench related zones, characteristic of the whole Ribeira Folded Belt. The main purpose of this study consisted of analyzing these transition basins regarding their lithofacies, stratigraphic, structural and tectonic caracteristics. Where possible, this happened with the subsidy of isotopic, paleontological and lithochemical analyses. The obtained results have shown the existence of great stratigraphic and structural similarities among them, that allowed to correlate them and to infer that their evolution occurred in the same paleogeographic and paleotectonic context. The sedimentation started after the glacial Varanger event (625-580 Ma), when the conditions in the planet were of general ascension of the ocean levels and of the temperatures. At the same time, it happened the opening of the Brazilides Ocean among the Amazônico/Pampeano and São Francisco/Rio de la Plata/Paraná cratons. Its waters reached Paraná block's southern portions, penetrating in the lower areas in the mobile belt, relatively stabilized by the orogenic events, in the Mantiqueira Orogen western portions. Those waters came to constitute the shallow marine base level for the sedimentation in the transition basins, genetically associated to the lateral movements of the strike slip faults (strike slip basins). The connection between the Brazilides and Adamastor oceans happened in the areas between the Paraná block and the Rio de la Plata craton, that allowed the wide distribution of the microfossil Cloudina riemkeae in the basins of Nama (Namibia), placed in the western border of Kalahari craton; of Arroyo del Soldado (Uruguay), in the oriental border of the Rio de la Plata craton; of Corumbá (MS), oriental border of Amazônico craton; and, finally, in the basins of the transition in subject, located between Paraná block's oriental border and Mantiqueira Orogen. Besides Cloudina, acrytarchs populations and the Titanotheca coimbrae foraminifer were found in some of the transition basins and in the Arroyo del Soldado basin. The inversion of all those basins happened with the closing of the Adamastor and Brazilides oceans, beginning the final phase of Western Gondwana consolidation. In the transition basins, the metamorphic signatures of that closing are reflected in the K-Ar ages of rhyolitic pebbles and in the K-Ar ages of cooling of the of basement rock's biotite, corresponding to the beginning of the Búzios/Cabo Frio Orogeny (530-490 Ma), similar event to other ones thoroughly diffused by the South American and African continent.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Teixeira_Doutorado.pdf (24.00 Mbytes)
Data de Publicação
2014-05-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.