• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.44.2012.tde-24072013-145242
Documento
Autor
Nome completo
Ximena Suarez Villagran
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Giannini, Paulo Cesar Fonseca (Presidente)
Afonso, Marisa Coutinho
Figuti, Levy
Escalera, Jordi Estevez
Huerta, Raquel Pique
Schaefer, Carlos Ernesto Gonçalves Reynaud
Título em português
Micromorfologia de sítios concheiros da Ameroca do Sul: Arqueoestratigrafia e processos de Formação de Sambaquis (Santa Catarina, Brasil) e concheros (Terra do Fogo, Argentina
Palavras-chave em português
Concheiros
Estratigrafia
Geoarqueologia
Micromorfologia
Sambaquis
Santa Catarina
Terra do Fogo
Resumo em português
O estudo de oito sambaquis do litoral sul do Estado de Santa Catarina e de um concheiro da Terra do Fogo permitiu entender a dinâmica dos processos de formação de diferentes tipos de concheiros. No caso dos sambaquis catarinenses, o objetivo principal foi compreender os processos de formação culturais(atividades humanas) e naturais (tafonômicos) e suas mudanças ao longo do tempo, a partir da análise estratigráfica de sítios cuja cronologia envolve todo o período de ocupação humana pré-histórica da região (c. 7400-1000 anos AP). No caso fueguino, realizou-se o estudo micro-estratigráfico de um concheiro etno-histórico, para servir como modelo interpretativo na formulação de hipóteses sobre a formação dos concheiros. Os métodos utilizadospara caracterização dos sedimentos arqueológicos incluíram: granulometria, zooarqueologia, isotopia de C e N ( '? POT.13'C e '? POT.15' N), micromorfologia e microscopia eletrônica de varredura. Utilizou-se também a analogia experimental com fogueiras acesas em diversos contextos conhecidos e queima controlada de moluscos. Três tipos de sambaquis foram analisados: quatro de padrão estratigráfico conchífero; dois de núcleo arenoso; e dois em montículo ictiológico. A formação do primeiro e terceiro tipos seguiu um padrão recorrente e contínuo que envolve retrabalhamento de elementos depositados e queimados em localdiferente do final. Estes elementos incluem resíduos alimentares, como conchas, restos de peixe (ossos e tecidos) e material vegetais (carvões e plantas de ciclo fotossintético 'C IND.3'), assim como componentes terrígenos relacionados com o substrato sedimentar nos arredores do sambaqui e com sedimentos provenientes dos bancos de moluscos explorados. Os sambaquis de núcleo arenoso representam ocupações efêmeras, mas planejadas. A sua formação envolveu levantamento de montículos de areia e/ou aproveitamento de dunas eólicas, com posterior deposição de moluscos e resíduos de fogueiras. Desta análise, extraem-se duas implicações substanciais: 1) o hábito de retrabalhamento de resíduos pode ter incluído a destruição dos locais de moradia, nunca achados até o momento, associados aos grandes sambaquis; 2) a correspondência entre o processo de formação identificado nos montículos ictiológicos e nos sambaquis conchíferos sugere continuidade na atividade deposicional, apesar da mudança dematéria prima (substituição das conchas por restos de peixe) e da adoção da tecnologia cerâmica em tempos recentes. O concheiro etno-histórico analisado paracomparação geo-etnoarqueológica foi formado a partir de ocupações domésticas, recorrentes durante pelo menos um século. A análise do anel de conchas periférico possibilitou caracterizar micromorfologicamente os episódios de deposição massiva de conchas, pisoteamentoe abandono do sítio. A análise das fogueiras localizadas na área central do concheiro permitiuidentificar estruturas de combustão de temperatura alta e moderada (superior e inferior a 500° C, respectivamente). A comparação das microfácies do concheiro fueguino com as microfácies identificadas nos sambaquis catarinenses mostra diferentes trajetórias pré-deposicionais, relacionadas, no primeiro caso, com a deposição imediata e secundária de detritos de alimentação nos arredores do local de moradia, e, no caso dos sambaquis, com a sucessão intrincada de ações de deposição, queima e transporte, associada à formação de depósitos terciários. Estas observações corroboram a maior complexidade no processo de formação dos sambaquis.
Título em inglês
Micromorphology of South American shell sites: archaeostratigraphy and formation processes of sambaquis (Santa Catarina, Brazil) and concheros (Tierra del Fuego, Argentina)
Palavras-chave em inglês
Geoarchaeology
Micromorphology
Santa Catarina
Shell middens
Shell mounds
Stratigraphy
Tierra del Fuego
Resumo em inglês
To understand site formation processes in shell sites, eight sambaquis(shell mounds) from the southern coast of Santa Catarina and one shell midden (conchero) from Tierra del Fuego were studied. For the sambaquis of Santa Catarina, the aim was to understand the cultural and natural formation processes (human activities and taphonomy) and the way they changed through time through the whole period of prehistoric human occupation in the region (c. 7400-1000 years BP). In Tierra del Fuego, the micro-stratgraphic study of an ethnohistoric shell midden was done to serve as model for hypothesis on formation processes of shell sites. The methods used for characterization of archaeological sediments included: grain-size analyses, zooarchaeology, C and N isotopy ('? POT.13'C e '? POT.15' N), micromorphology and scanning electron microscopy. Experimental archaeology was done using different hearths lit on known contexts and by controlled burning of mollusk shell. Three types of sambaquis were analyzed: four shell mounds; two sand mounds; and two fish mounds. Formation of the first and third group followed a recurrent and continuous pattern of reworking of items, accumulated and burnt in a different location than the final. These items included food refuse, like shell, fish remains (bone and tissue) and plant material (charcoal and residues of 'C IND.3' plants), as well as terrigenous components from the sedimentary substrate of the surroundings of the site and from the exploredshell beds. Sand mounds are ephemeral but planned occupations. Their formation involved rising of a sand mound and/or occupation over sand dunes, with deposition of shells and plant remains on top. Two substantial implications are extracted from this analyses: 1) the reworking of food residues may be destructing the remains of daily occupations associated with the large sambaquis, that have never been found to this moment; 2) the correspondence of formation process in shell mounds and fish mounds suggests continuity in the depositional activities, besides the change in material (substitution of shell by fish remains) and adoption of ceramic technology in recent times. The ethnohistorical site analyzed for geo-ethnoarchaeological comparison was formed by recurrent domestic occupations that lasted for a century. Analyses of the peripheral shell ring allowed the micromorphological characterization of episodes of massive shell deposition, trampling and site abandonment. Analyses of hearths located in the central habitation area showed micromorphological indicators of high temperature and moderate temperature combustion structures (over and under 500° C, respectivley). Comparison of microfacies from the fueguian shell midden and microfacies from the sambaquis shows different pre-depositional trajectories. In the first case, deposition is related with the immediate and secondary discard of food refuse around the living space. In the second case, formation is related with an intricate succession of deposition, burning and transport of items that resulted in a tertiary deposit. These observations corroborate the great complexity in the formation processes of sambaquis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-07-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.