• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.44.2017.tde-30032017-091337
Documento
Autor
Nome completo
André Zular
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Sawakuchi, Andre Oliveira (Presidente)
Chiessi, Cristiano Mazur
Pessenda, Luiz Carlos Ruiz
Ambrizzi, Tercio
Pozocco, Caroline Thais Martinho
Título em português
Variações da zona de convergência intertropical e do nível relativo do mar durante o Quaternário tardio registradas em depósitos eólicos do Nordeste e Norte do Brasil
Palavras-chave em português
Dunas
Eventos Heinrich
Luminescência opticamente estimulada (OSL)
nível do mar
Último Máximoa Glacial (LGM)
Resumo em português
Os sistemas eólicos na região dos Lençóis Maranhenses no Maranhão, da costa oriental do Rio Grande do Norte e do médio Rio Branco, norte da Amazônia em Roraima, estão sob ação direta da zona de convergência intertropical (ZCIT) As variações da ZCIT controlam a intensidade dos ventos e chuvas nessas regiões, importantes forçantes na dinâmica desses sistemas eólicos, os quais são representados principalmente por campos de dunas Nos campos de dunas do Maranhão e Rio Grande do Norte, adiciona-se a ação das variações do nível relativo do mar (NRM), que afetam a disponibilidade de sedimentos e o nível freático da planície costeira, que por sua vez influenciam a construção e estabilização dunar Depósitos eólicos dunares dessas três áreas foram selecionados para investigar a ação de forçantes climáticas e do NRM na sedimentação eólica durante o Pleistoceno tardio e Holoceno Para tanto, foi utilizada datação por luminescência oticamente estimulada (optically stimulated luminescence, OSL) associada a análises sedimentológicas e geoquímicas de alta resolução em perfis de sucessão de paleodunas Isto permitiu a identificação de períodos de atividade e estabilização do sistema eólico O registro dos Lençóis Maranhenses abrange o último ciclo glacial, com sedimentos eólicos depositados de 132,20 ± 7,00 ka mil anos atrás) até 12,90 ± 0,60 ka Nele, se detecta períodos de formação de dunas durante NRM decrescente e baixo A preservação desses registros entre aproximadamente 71 a 13 ka está relacionada a períodos de maior precipitação durante os eventos Heinrich, quando houve migração persistente da ZCIT para o sul Já o registro do Rio Grande do Norte abrange o período de 78,98 ± 8,30 ka até 0,06 ± 0,01 ka e indica a formação de campos de dunas também em condições de NRM decrescente e baixo, além de campo de dunas formado sob linha de costa transgressiva e clima predominantemente úmido favorecido pela última fase de subida do NRM, entre o último máximo glacial e o Holoceno médio O estudo no Rio Grande do Norte destaca também a influência dos campos de dunas na fisiografia costeira, onde a interação fluvio-eólica proporcionou a formação de lagoas (Lagoa do Boqueirão) no Holoceno Médio Por sua vez, os depósitos eólicos de Roraima abrangem o período de 21,9 ± 1,00 ka até 1,10 ± 0,10 ka e registram o desenvolvimento de campo de dunas a partir de areias do médio Rio Branco, com maior taxa de construção dunar entre o último máximo glacial (23 ka) e o evento climático Heinrich 1 (15 ka), quando a incidência de ventos fortes e pluviosidade reduzida nas baixas latitudes do hemisfério norte estão relacionadas a persistente migração ao sul da ZCIT Os registros dos campos de dunas do MA e RN e RR produzem assim um notável arquivo do efeito das variações da ZCIT e do NRM nos sistemas eólicos das regiões nordeste e norte do Brasil durante o Pleistoceno tardio e Holoceno
Título em inglês
not available
Palavras-chave em inglês
not available
Resumo em inglês
Eolian sand deposits in the region of the Lençóis Maranhenses in Maranhão, the eastern coast of Rio Grande do Norte, and the Middle Branco River, north of the Amazon in Roraima, are under direct influence of the intertropical convergence zone (ITCZ) . ITCZ fluctuations control wind intensity and rains in these regions, important forcings controlling the dynamics of eolian systems, that are mainly represented by dunefields In the coastal dunefields of Maranhão and Rio Grande do Norte, an additional forcing is the relative sea level (RSL), that affects the availability of sediments and controls the water table level of the coastal plain, that in turn influence the construction and stabilization of dunes Eolian sand deposits in these three areas were selected to investigate the effects of climate and RSL forcings on construction and stabilization of dunes during the late Pleistocene and Holocene using optically stimulated luminescence dating (OSL) associated with sedimentological and geochemical analysis from high-resolution sampling of paleodune succession profiles. The Lençóis Maranhenses record encompasses the last glacial cycle, with eolian sand accumulation from 132.20 ± 7.00 ka (thousand years ago) to 12. 90 ± 0. 60 ka This paleoenvironmental archive shows periods of dune construction during falling and low RSL. The preservation of these records between approximately 71-13 ka is related to periods of greater precipitation during Heinrich events, when there were persistent southbound shifts of the ITCZ The record of the Rio Grande do Norte dunefield from 78.98 ± 8.30 to 0.06 ± 0.01 ka also indicates the formation of dunefields under falling and low RSL in addition to transgressive dunefields formed under rising RSL and wetter climate during the last phase of the deglaciation in the late Holocene. The study in Rio Grande do Norte also highlights fluvialOeolian interplay that affected coastal physiography and promoted the formation of the Boqueirão Lake in the middle Holocene In turn, the eolian sand deposits of Roraima record accumulation from 21.9 ± 1.00 to 1.10 ± 0.10 ka from Branco River reworked sands In Roraima, the highest rate of dune construction was between the last glacial maximum (23 ka) and the Heinrich 1 climate event (15 ka), at times of high winds and low rainfall at low latitudes of the northern hemisphere related to persistent southward migration the ITCZ. The dunefield record from Maranhão, Rio Grande do Norte and Roraima thus provide a remarkable archive of the effects of the variations of the ITCZ and RSL in eolian deposits in the northeast and north regions of Brazil during the late Pleistocene and Holocene
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ZULAR_Biblioteca.pdf (5.66 Mbytes)
Data de Liberação
2019-03-31
Data de Publicação
2017-04-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.