• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2014.tde-03122014-095629
Documento
Autor
Nome completo
Rafaela Machado Gengo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Campos Neto, Mario da Costa (Presidente)
Martins, Lucelene
Negri, Francisco de Assis
Título em português
Petrologia de ortognaisses e granitóides do Domínio Socorro, Nappe Socorro-Guaxupé, Seção Extrema-Camanducaia
Palavras-chave em português
Magmatismo
Nappe Socorro - Guaxupé
Neoproterozóico
U-Pb
Resumo em português
A Nappe Socorro - Guaxupé representa um antigo arco magmático formado durante a fase colisional do Orógeno Brasília Meridional, um dos importantes eventos orogênicos do Neoproterozóico responsáveis pela aglutinação da porção ocidental do paleocontinente Gondwana. Na porção sudeste do Domínio Socorro, muitas das zonas de cisalhamento de direção NE-SW condicionaram a colocação de inúmeros corpos e batólitos de granitóides cálcio - alcalinos potássicos gerados a partir da fusão crustal sin - orogênica da nappe, durante o pico metamórfico em um ambiente de altas temperaturas a baixas profundidades. Na região são encontrados ortognaisses e migmatitos não correlacionáveis aos migmatitos estromáticos pelíticos a semi-pelíticos dominantes da Unidade Metatexítica da Nappe. Até o momento essas rochas eram consideradas parte do Complexo Amparo, como embasamento do Complexo Granitóide Socorro. Este trabalho apresenta dados geoquímicos, isotópicos e geocronológicos inéditos para rochas da região entre Extrema e Camanducaia, sul de Minas Gerais, e que permitiram caracterizar o magmatismo que deu origem a esses ortognaisses e sua evolução crustal, bem como determinar sua idade dentro do contexto Neoproterozóico da Nappe Socorro - Guaxupé. Idades U-Pb obtidas em cristais de zircão do paleossoma diorítico nos ortognaisses metatexíticos forneceram idade de 662,1 ± 5,1 Ma. Idades pontuais mais antigas entre 770 e 834 Ma foram encontradas apenas em núcleos herdados. Em ortognaisses dioríticos a granodioríticos, onde não foram iniciados processos de fusão parcial, idades U-Pb em zircões de um ortognaisse de composição diorítica forneceram idades entre 660 e 630 Ma, implicando em um magmatismo Neoproterozóico atuante ao longo do período pré a sin-colisional da Nappe Socorro Guaxupé, em um ambiente de arco magmático estacionário por pelo menos 30 Ma, situação análoga a que ocorre atualmente no arco magmático do Japão. O magmatismo que deu origem aos ortognaisses dioríticos a granodioríticos possui afinidades com a série cálcio-alcalina de alto K e características geoquímicas e isotópicas semelhantes à granitos do tipo I. Razões 'ANTPOT.87 Sr'/ 'ANTPOT.86 'Sr IND.i' e valores de 'épsilon'Nd negativos evidenciam fontes crustais empobrecidas em elementos incompatíveis. Na fase tardi a pós-colisional da Nappe, no período de 609 a 598 Ma, pulsos finais do magmatismo diorítico deram lugar ao magmatismo que resultou na colocação de diversos corpos de rochas monzodioríticas e monzoníticas, em parte com feições de interação e mistura de magmas e que possuem assinatura geoquímica do tipo A, semelhante às rochas do Plúton Piracaia, pós - colisional.
Título em inglês
not available
Palavras-chave em inglês
Magmatism
Neoproterozoic
Socorro - Guaxupé Nappe
U-Pb
Resumo em inglês
The Socorro - Guaxupé Nappe represents an ancient magmactic arc formed during the collisional phase of the Southern Brasília Orogen), one of the important Neoproterozoic orogenic events, responsible for the agglutination of the western portion of Gondwana paleo continent. In the southeastern portion of the Socorro Domain, many NE-SW shear zones controlled the intrusion of many bodies and batholiths of potássic calc-alkaline granitoids, generated by sin-orogenic crustal melting of the nappe in a shallow-depth, high-temperature environment, during the metamorphic peak. The orthogneisses and migmatites that crop out in the area are not related to the stromatic pelitic to semi-pelitic migmatites that are predominant in the nappe's Metatexitic Unit. So far, these rocks were considerated to be part of the Amparo Complex, which is the basement of the Socorro Granitoid Complex. This work present new geochemical, isotopic and geochronological data for rocks from the region between Extrema and Camanducaia, southern Minas Gerais, which allow the characterization of the magmatism that originated those orthogneisses and its crustal evolution, and also the determination of its age in the Neoproterozoic context of the Socorro-Guaxupé Nappe. U-Pb zircon ages obtained from dioritic paleossome of the metatexitic orthogneisses provided ages of 662,1 ± 5,1 My. Sporadic older ages from 770 to 834 My were found only in inherited cores. On dioritic to granodioritic orthogneiss where partial melting processes were not started, zircon crystals from an orthogneiss of dioritic composition provided 660 to 630 My U-Pb ages, implying an active Neoproterozoic magmatism during the pre- to sin-collisional period of the Socorro-Guaxupé Nappe, in a static magmatic arc environment for ate least 30 My, which is a condition similar to the present-day Japan's magmatic arc occurrence. The magmatism which originated the dioritic to granodioritic orthogneisses has affinities with the high-K calc-alkaline series and geochemical and isotopic characteristics similar to I-Type granites. 'ANTPOT.87 Sr'/ 'ANTPOT.86 'Sr IND.i' rates and negative 'épsilon'Nd values point to a crustal source depleted in incompatible elements. At the tardi- to post- collisional phase of the nappe, during the period from 609 to 598 My, the last pulses of dioritic magmatism gave place to a monzodioritic and monzonitic magmatism which resulted in the intrusion of many rock bodies with an A-Type geochemical signature similar to the post-collisional Piracaia Pluton, part of which exhibit magma interaction and magma mixing features.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-12-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.