• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2014.tde-26092014-092737
Documento
Autor
Nome completo
Caio Arthur Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Szabó, Gergely Andres Julio (Presidente)
Ávila, Ciro Alexandre
Campos Neto, Mario da Costa
Título em português
Geologia, petrologia e geocronologia dos gnaisses e rochas associadas na região entre Carrancas, Minduri e Luminárias (MG)
Palavras-chave em português
Geocronologia
Geologia regional
Petrografia
Resumo em português
A região da cidade de Carrancas (sul de Minas Gerais) tem sido, a exemplo de toda a área a sul do Cráton São Francisco, objeto de diversos estudos, principalmente desde o inicio da década de 80. Entretanto, esses estudos focam principalmente nas unidades metassedimentares e suas relações entre si, enquanto rochas gnáissicas e associadas, que ocorrem numa faixa que se estende para sudoeste de Carrancas por cerca de 150 km, tem recebido pouca atenção. Assim, o presente trabalho visou separar e descrever os diferentes tipos de gnaisses e rochas associadas e esclarecer as relações entre essas rochas e as unidades metassedimentares adjacentes. Os trabalhos de campo mostram que, na maior parte da área estudada, aflora uma mesma unidade, composta principalmente por gnaisses com feições migmatiticas, em meio aos quais ocorrem intercalações principalmente de rochas metaultramáficas, mas também de rochas metamáficas e metassedimentares. Tal como apontado por Coutinho (2012) e Gengo (2010), na região a oeste da Serra das Bicas essa associação se situa tectonicamente acima dos metassedimentos do Grupo Carrancas, os quais, por sua vez cavalgam uma associação semelhante que ocorre a leste da referida serra. Foi inferido um traçado para o contato entre a associação a oeste (Nappe Gnáissica) e a associação a leste (Associação Gnáissica Inferior), o qual fica implícito nos trabalhos citados acima. Os gnaisses migmatíticos são rochas bandadas que apresentam grande variação composicional, muito embora exista um padrão de bandas ricas em plagioclásio e minerais máficos associadas a bandas ricas em microclínio e pobres em minerais máficos. As evidências petrográficas e geocronológicas não sustentam a hipótese de derivação sedimentar para esses gnaisses e sugerem que esses são migmatitos fortemente deformados. A análise das rochas metaultramáficas descritas, combinada com uma revisão dos dados disponíveis, mostra que estas foram submetidas a processos metassomáticos cujo momento de ocorrência, natureza e intensidade variaram de corpo para corpo. Datações U-Pb em zircão apontam idade de 2,75 Ga para os gnaisses migmatíticos e de 2,1 Ga para um corpo de tonalito pouco deformado presente na Associação Gnáissica Inferior. A idade de 2,75 Ga, obtida no litotipo predominante, é correlacionável a idades determinadas em complexos gnáissicos da região sul do Cráton São Francisco (Complexos Bonfim, Belo Horizonte e Bação), e contrasta com idades obtidas no Complexo Mantiqueira, ao qual os gnaisses da área de estudo são correlacionados em alguns trabalhos.
Título em inglês
not available
Palavras-chave em inglês
not available
Resumo em inglês
The region of Carrancas township (southern Minas Gerais state), like the whole area to the south of the São Francisco Craton, has been the target of many studies, mainly since the beginning of the 80's. However, these studies focus mainly the metasedimentary units and the relationships amid them, while the gneissic and associated rocks, that occur in a stripe stretching to the southwest of Carrancas for around 150 km, have received little attention. So, this work aims to separate and describe the different types of gneisses and associated rocks, and to clarify the relationships between them and the adjacent metasedimentary units. The fieldwork shows that in most of the area a same unit crops out, composed mainly by gneisses with migmatitic features, in the middle of which occur lenses of metaultramafic rocks and, less often, metamafic and metasedimentary rocks. As was pointed out by Coutinho (2012) and Gengo (2010), in the region to the west of Serra das Bicas this association tectonically overlays the metasedimentary rocks of the Carrancas Group, which, in turn, overlay a similar association that occurs further east. The contact between the western association (the Gneissic Nappe) and the eastern association (the Inferior Gneissic Association), which remains implicit in the works cited above, had its trace inferred. The migmatitic gneisses are banded rocks that show great compositional variation, despite the fact that there is a pattern of plagioclase- and mafic minerals-rich bands associated with bands that are microcline-rich and mafic minerals-poor. Petrographic and geochronological evidence do not support the hypothesis of a sedimentary derivation for these gneisses, and suggest that they are strongly deformed migmatites. The analysis of the described metaultramafic rocks, combined with a review of the available data, shows that they were submitted to metasomatic processes whose time of occurrence, nature and intensity varied form lens to lens. U-Pb zircon dating furnished an age of 2,75 Gy for the migmatitic gneisses and 2,1 Gy for a weakly deformed tonalitic body that occurs in the Inferior Gneissic Association. The 2,75 Gy age, obtained in the dominant lithology, can be correlated with ages determined in gneissic complexes of the southern São Francisco Craton (Bonfim, Belo Horizonte and Bação Complexes) and differs from the ages obtained in rocks belonging to the Mantiqueira Complex, to which the gneisses of the area are related in some works.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Anexo3.pdf (5.70 Mbytes)
Anexo4.pdf (34.06 Kbytes)
Anexo5.pdf (22.64 Kbytes)
Anexo6.pdf (321.60 Kbytes)
Mapadepontos1.pdf (1.45 Mbytes)
Mapadepontos2.pdf (1.56 Mbytes)
MapaGeologico.pdf (821.57 Kbytes)
Data de Publicação
2014-09-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.