• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.45.2005.tde-20210729-141801
Documento
Autor
Nome completo
Valéria Troncoso Baltar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Título em português
Análise fatorial múltipla para tabelas de contingência
Palavras-chave em português
Análise Multivariada
Resumo em português
Atualmente muitos estudos de diferentes iniciativas governamentais e acadêmicas buscam identificar um Sistema Nacional de Inovação em Saúde. Esses estudos tentam carcterizar os setores de atividade econômica envolvidos em Saúde. Nesta dissertação a caracterização baseia-se nos registros da versão 4.1 do Diretório dos Grupos de Pesqui8sa no Brasil (Gpesq-4), no qual os mesmos registram Saúde como área do conhecimento científico ou setor de atividade econômica em quaisquer de suas linhas de pesquisa. No Gpesp-4, os grupos podem registrar até três áreas do conhecimento e até três setores econômicos. O fato des estas variáveis apresentarem multiplicidade de respostas e, além disso, em uma das variáveis termos a presença de ordem de importância, tronou a análise destes dados um desafio e uma forte motivação para estudar as alternativas disponíveis para este tipo de problema. O objetivo foi buscar alternativas de análise para esta situação e o resultado são quatro formas diferentes para traçar este retrato do sistema, relacionando as áreas e os setores. A primeira solução é uma análise de Correspondência Simples (ACS) para uma tabela de múltipla resposta com todos os cruzamentos de área e setor, onde o total da tabela supera o tamanho da população. A segunda solução também é uma ACS, porém em uma tabela de contingência na qual temos as combinações observadas entre áreas e entre setores. Uma terceira solução é o uso da Análise de Correspondência Múltipla (ACM) para indicadores de cada área e de cada setor e por último, Análise Fatorial Múltipla para Tabelas de Contingência (AFMTC), na qual levamos em conta a ordem de importância que os respondentes agregaram aos setores econômicos. Nesta dissertação, descrevemos essas três técnicas, com maior ênfase para AFMTC, desenvolvemos o programa em R para sua aplicação e apresentamos as análise dos dados do Gpesq-4.
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-07-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.