• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.45.2005.tde-20210729-205950
Documento
Autor
Nome completo
Carine Savalli Redígolo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Título em português
Teste do tipo escore para componentes de variância em modelos elípticos lineares mistos
Palavras-chave em português
Análise Multivariada
Inferência Estatística
Pesquisa E Planejamento Estatístico
Resumo em português
O objetivo deste trabalho é discutir a aplicação do modelo elíptico linear misto para dados com medidas repetidas na presença de observações aberrantes. A classe das distribuições elípticas inclui várias distribuições simétricas contínuas como, por exemplo, a normal e a t-Student. Essas distribuições podem apresentar caudas mais leves do que as da normal ou mais pesadas, e este último caso apresenta-se como uma boa alternativa para tratar dados com observaçòes aberrantes. Mostramos o processo de estimação dos parâmetros fixos e componentes de variância para o modelo elíptico linear misto, bem como para os efeitos aleatórios. Aspectos relacionados ao ajuste do modelo também são discutidos através do estudo dos resíduos condicionais padronizados e de pontos de alavanca. Maior ênfase é dada ao problema de testar hipóteses acerca dos componentes de variância da matriz de variância-covariância, já que estes se encontram na fronteira do espaço paramétrico. Para tanto, propomos utilizar a estatística do tipo escore, apresentada inicialmente por Silvapulle e Silvapulle (1995), e posteriormente, aplicada por Verbeke e Molenberghs (2003) no contexto de testes de componentes de variância para o caso nromal. Finalmente, para comparar o poder da estatística do tipo escore com a estatística da razão de verossimilhanças para testar componentes de variância, apresentamos os resultados de uma simulação, assumindo a distribuição t-Student. os resultados indicam que a estatística do tipo escore, além de ser mais simples de calcular, uma vez que exige a estimação do modelo somente sob a hipótese nula, também é mais poderosa para amostras pequenas e moderadas.
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-07-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.