• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.45.2002.tde-20220712-120317
Documento
Autor
Nome completo
Joanlise Marco de Leon Andrade
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Título em português
Mapeamento genético em populações humanas via modelos de componentes de variância
Palavras-chave em português
Análise Multivariada
Resumo em português
O mapeamento de genes que controlam características quantitativas é de grande interesse em pesquisa genômica. Neste trabalho, foram descritos métodos de mapeamento genético de traços quantitativos, através de modelos de componentes de variância em populações humanas. Com base em conceitos genéticos expostos, foram apresentados alguns modelos de componentes de variância, envolvendo diversos componentes de ordem genética e ambiental. Tais modelos requerem informações específicas sobre os efeitos genéticos, que são não observáveis. Estima-se, então, as probabilidades de identidade por descendência entre os indivíduos relacionados, por meio de informação de marcadores moleculares. Alguns métodos de estimação dessas probabilidades foram tratados no presente trabalho, destacando-se o método proposto por Blangero et al. (1998), que utiliza a informação de múltiplos marcadores via regressão, para estimar localizações e efeitos de locos de traços quantitativos em conjuntos de famílias de complexidade e tamanho arbitrários. A formalização estatística de vários modelos e conceitos genéticos foi tratada em detalhes. Em seguida, métodos de estimação dos parâmetros, testes de hipóteses e algumas das propriedades dos modelos de componentes de variância foram discutidos. Finalmente, analisou-se dados simulados, utilizando-se o método de Blangero et al. (1998), por meio do aplicativo SOLAR. A aplicação foi útil para ilustrar o problema teórico e apontou para alguns resultados interessantes, como a detecção de mais de um gene principal, possíveis efeitos de epistasia, pleiotropia e interação entre gene e sexo
Título em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-07-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.