• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.45.2012.tde-13022014-152114
Documento
Autor
Nombre completo
David da Silva Pires
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2014
Director
Tribunal
Cesar Junior, Roberto Marcondes (Presidente)
Hirata Junior, Roberto
Lobo Netto, Marcio
Morimoto, Carlos Hitoshi
Musse, Soraia Raupp
Título en portugués
Estimação de movimento a partir de imagens RGBD usando homomorfismo entre grafos
Palabras clave en portugués
casamento entre grafos
estimação de movimento
imagens RGBD
segmentação de movimento
Resumen en portugués
Recentemente surgiram dispositivos sensores de profundidade capazes de capturar textura e geometria de uma cena em tempo real. Com isso, diversas técnicas de Visão Computacional, que antes eram aplicadas apenas a texturas, agora são passíveis de uma reformulação, visando o uso também da geometria. Ao mesmo tempo em que tais algoritmos, tirando vantagem dessa nova tecnologia, podem ser acelerados ou tornarem-se mais robustos, surgem igualmente diversos novos desafios e problemas interessantes a serem enfrentados. Como exemplo desses dispositivos podemos citar o do Projeto Vídeo 4D, do IMPA, e o Kinect (TM), da Microsoft. Esses equipamentos fornecem imagens que vêm sendo chamadas de RGBD, fazendo referência aos três canais de cores e ao canal adicional de profundidade (com a letra 'D' vindo do termo depth, profundidade em inglês). A pesquisa descrita nesta tese apresenta uma nova abordagem não-supervisionada para a estimação de movimento a partir de vídeos compostos por imagens RGBD. Esse é um passo intermediário necessário para a identificação de componentes rígidos de um objeto articulado. Nosso método faz uso da técnica de casamento inexato (homomorfismo) entre grafos para encontrar grupos de pixels (blocos) que se movem para um mesmo sentido em quadros consecutivos de um vídeo. Com o intuito de escolher o melhor casamento para cada bloco, é minimizada uma função custo que leva em conta distâncias tanto no espaço de cores RGB quanto no XYZ (espaço tridimensional do mundo). A contribuição metodológica consiste justamente na manipulação dos dados de profundidade fornecidos pelos novos dispositivos de captura, de modo que tais dados passem a integrar o vetor de características que representa cada bloco nos grafos a serem casados. Nosso método não usa quadros de referência para inicialização e é aplicável a qualquer vídeo que contenha movimento paramétrico por partes. Para blocos cujas dimensões causem uma relativa diminuição na resolução das imagens, nossa aplicação roda em tempo real. Para validar a metodologia proposta, são apresentados resultados envolvendo diversas classes de objetos com diferentes tipos de movimento, tais como vídeos de pessoas caminhando, os movimento de um braço e um casal de dançarinos de samba de gafieira. Também são apresentados os avanços obtidos na modelagem de um sistema de vídeo 4D orientado a objetos, o qual norteia o desenvolvimento de diversas aplicações a serem desenvolvidas na continuação deste trabalho.
Título en inglés
Motion estimation from RGBD images using graph homomorphism
Palabras clave en inglés
graph matching
motion estimation
motion segmentation
RGBD images
Resumen en inglés
Depth-sensing devices have arised recently, allowing real-time scene texture and depth capture. As a result, many computer vision techniques, primarily applied only to textures, now can be reformulated using additional properties like the geometry. At the same time that these algorithms, making use of this new technology, can be accelerated or be made more robust, new interesting challenges and problems to be confronted are appearing. Examples of such devices include the 4D Video Project, from IMPA, and Kinect (TM) from Microsoft. These devices offer the so called RGBD images, being related to the three color channels and to the additional depth channel. The research described on this thesis presents a new non-supervised approach to estimate motion from videos composed by RGBD images. This is an intermediary and necessary step to identify the rigid components of an articulated object. Our method uses the technique of inexact graph matching (homomorphism) to find groups of pixels (patches) that move to the same direction in subsequent video frames. In order to choose the best matching for each patch, we minimize a cost function that accounts for distances on RGB color and XYZ (tridimensional world coordinates) spaces. The methodological contribution consists on depth data manipulation given by the new capture devices, such that these data become components of the feature vector that represents each patch on graphs to be matched. Our method does not use reference frames in order to be initialized and it can be applied to any video that contains piecewise parametric motion. For patches which allow a relative decrease on images resolution, our application runs in real-time. In order to validate the proposed methodology, we present results involving object classes with different movement kinds, such as videos with walking people, the motions of an arm and a couple of samba dancers. We also present the advances obtained on modeling an object oriented 4D video system, which guide a development of different applications to be developed as future work.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
tese.pdf (31.30 Mbytes)
Fecha de Publicación
2014-03-17
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.