• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.46.1982.tde-02102014-095556
Documento
Autor
Nome completo
Claudia Conti Medugno
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1982
Orientador
Título em português
Mecanoquímica da celulose: efeito de aditivos na moagem sobre a extensão e a velocidade da hidrólise enzimática
Palavras-chave em português
Celulose
Enzimas hidrolíticas
Resumo em português
O processamento de celulose em moinho de bolas de porcelana produz um pó no qual se detecta a presença de radicais livres, por Ressonância Paramagnética Eletrônica. O espectro obtido e complexo e pode ser decomposto em pelo menos dois sinais: uma linha instável, eliminada apôs alguns dias de exposição ao ar, e outra estável, que decai lentamente por aquecimento a 400-500ºC, e desaparece a 900ºC. A moagem simultânea de celulose com amido, acrilamida, azul de dextrana e sacarose produz celulose quimicamente modificada. Por exemplo, no caso da acrilamida, dosagem pelo método kjeldahl revela a presença de ate 0,65% de nitrogênio no material obtido apôs lavagens exaustivas. A celulose moída na presença de vários reagentes foi submetida a ensaios de hidrólise e em alguns casos, mostrou-se significativamente mais suscetível ao ataque enzimático do que a celulose simplesmente moída. Os resultados deste trabalho mostram que a conversão enzimática de celulose em açucares redutores e sensível a uma pequena modificação no pré-tratamento mecanoquímico.
Título em inglês
Mechano-chemical of cellulose: effect of additives in milling about extension and velocity enzymatic hydrolysis
Palavras-chave em inglês
Cellulose
Hydrolytic enzymes
Resumo em inglês
Cellulose processing on porcelain ball mill produce a powder in which one can detect free radicals by means of Electronic Paramagnetic Ressonance. The spectrum attained is complex and it may be decomposed in at least two signals: an unstable line that is eliminated after some days of exposition tc air and another stable line, which slowly decays due to heating at 400-500ºC and disapears at 900ºC. Cellulose simultaneously milled with starch, acrylamide, dextran blue and saccharose produce chemically modified cellulose. For instance, when using acrylamide one can detect, by means of the Kjeldhal method, the existence of nitrogen up to 0.65% in the material obtained after exhaustive washings. In some cases cellulose milled with several reactants seemed to be significantly more susceptible to the enzymatic attack during hydrolysis than cellulose milled without any reactant. The results of this work show that the enzymatic conversion of cellulose into reducible sugars is sensible to a little change in the mechano-chemical pre-treatment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-10-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.