• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Cássia Docena
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2000
Orientador
Banca examinadora
Quaggio, Ronaldo Bento (Presidente)
Araujo, Pedro Soares de
Gruber, Arthur
Título em português
Seqüenciamento e anotação de parte do genoma de Xylella fastidiosa e análise das vias de bissíntese de pequenas moléculas e cofatores
Palavras-chave em português
Biologia molecular
Bioquímica
Biossíntese de aminoácidos
Microbiologia
Projeto genoma
Resumo em português
Agente da clorose variegada dos Citrus (CVC) ou amarelinho, Xylella fastidiosa, uma bactéria gram-negativa limitada ao xilema, tem grande importância na agricultura do Estado de São Paulo. Identificada em 1987, na região de Bebedouro, a CVC já está presente em quase todas as áreas citrícolas do país, afetando a produção de frutos e seus derivados. O projeto genoma, criado pela FAPESP em 1997 com o apoio do FUNDECITRUS, habilitou laboratórios da capital e interior paulistas a seqüenciar o genoma deste fitopatógeno, contribuindo internacionalmente para a elucidação de sua completa informação genética. Nosso laboratório (QR) obteve aproximadamente 1.900 leituras de bibliotecas aleatórias de "shotgun". Seqüenciamos 13 cosmídeos perfazendo um total linear de 533.571 pares de bases. Anotamos 125 genes prováveis de cinco cosmídeos e realizamos a análise de uma categoria dos genes anotados, referente à biossíntese de pequenas moléculas, onde incluem-se a biossíntese de aminoácidos, purinas e pirimidinas, ácidos graxos, poliaminas, cofatores, grupos prostéticos e transportadores de elétrons. X. fastidiosa possui, mesmo que incompletas, as vias metabólicas para a produção de todos os aminoácidos, sendo provavelmente a glutamina, o principal meio para a obtenção de nitrogênio. Estão presentes as vias para a biossíntese de ribonucleotídeos de purina e pirimidina. X. fastidiosa parece conseguir elongar ácidos graxos a partir de acetil-CoA e é capaz de sintetizar uma grande variedade de cofatores e grupos prostéticos, entretanto, estão ausentes os genes envolvidos na biossíntese de biotina, cobalamina e enterobactina.
Título em inglês
Sequencing and annotation of part of the genome of Xylella fastidiosa and analysis of the bissynthesis pathways of small molecules and cofactors
Palavras-chave em inglês
Amino acid biosynthesis
Biochemistry
Genome design
Microbiology
Molecular biology
Resumo em inglês
Abstract not available.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.