• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2009.tde-01122009-090146
Documento
Autor
Nome completo
Prislaine Krodi dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Duarte, Walquiria Fonseca (Presidente)
Lima, Celia Maria Blini de
Souza, Audrey Setton Lopes de
Título em português
Psicanálise, saúde e desenvolvimento humano na prática profissional do analista em unidade de terapia intensiva neonatal
Palavras-chave em português
Bebês
Desenvolvimento humano
Neonatologia
Psicanálise
Saúde
Unidade de terapia intensiva
Resumo em português
Com base nas observações e na escuta de uma analista em uma unidade de terapia intensiva neonatal (UTI Neonatal), um conjunto articulado do saber e do fazer da prática clínica em psicanálise foi sendo construído ao longo do trabalho em um hospital. As situações-limite vividas pelos recém-nascidos, por seus pais e pela equipe de saúde delimitaram uma marca na história desses personagens que por lá passaram. Os conceitos de angústia e de desamparo, buscados na teoria psicanalítica freudiana, possibilitaram uma releitura dos extremos de vida e morte paradoxalmente presentes nesse cenário e em seus personagens: cenário tenso, repleto de conflitos e angústias a serem nomeados, em meio ao desamparo enquanto situação e condição humana. A UTI Neonatal coloca um desafio ao analista que dela escolhe se ocupar, em meio a fios, tubos, apitos, monitores e equipamentos altamente tecnológicos, regras, olhares e proibições. Tomar o bebê e sua família como interlocutores permite uma comunicação que transita do indizível do horror que se vive para o nomeado e passível de (re)significação. O caminho para a construção do papel do analista nesse cenário está apresentado e delineado em seus limites, alcances e possibilidades de atuação.
Título em inglês
Psychoanalysis, health and human development in the practice of an analyst in the neonatal intensive care unit.
Palavras-chave em inglês
Health
Human development
Infants
Intensive care units
Neonatology
Psychoanalysis
Resumo em inglês
Based on the observations of an analyst in a Neonatal Intensive Care Unit (NICU), an articulated set of knowledge and clinical practice in psychoanalysis has been built through the work developed in a hospital. The situations experienced by newborns, by parents and by the health team mark the history of these people who passed through there. The concepts of anguish and helplessness, researched in Freudian psychoanalytic theory, enabled rereading the extremes of life and death, paradoxically present in that scenario and its characters: a tense scenario, full of conflicts and anxieties to be identified, in the midst of helplessness as a human situation and condition. The NICU poses a challenge to the analyst who chooses to work there among wires, tubes, whistles, monitors, and high technologic equipment, rules, glances and prohibitions. Considering the baby and his/her family as interlocutors allows a special communication that changes the unspeakable horror in which they live into one that can be named and given significance. The path to the construction of the analyst's role in this scenario is presented and outlined in its limits, scope and possibilities of action.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PrislaineKrodi.pdf (511.23 Kbytes)
Data de Publicação
2009-12-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.