• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.47.2020.tde-04022020-174524
Documento
Autor
Nombre completo
Flaviana Veríssima da Silva Teixeira
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Paula, Fraulein Vidigal de (Presidente)
Sekkel, Marie Claire
Hernandes, Maria Célia Pereira Lima
Navas, Ana Luiza Pereira Gomes Pinto
Título en portugués
A expressão da prosódia e seus elementos na fluência de leitura de estudantes do ensino fundamental
Palabras clave en portugués
Acento
Entoação
Fluência e compreensão de leitura
Pausa
Prosódia
Resumen en portugués
A fluência em leitura envolve as habilidades do leitor de decodificação, automaticidade das palavras e de prosódia. Por consequência, esses três elementos são reqnisitos para a formação do leitor fluente, o que também se relaciona à qualidade de compreensão que pode obter do texto lido. A prosódia, objeto principal desse estudo, refere-se às propriedades ronicas da cadeia da fala e està associada a fatores linguísticos como acento, fronteira de constituinte, ênfase, entoação e ritmo, a fatores paralinguísticos e extralinguísticos. É a prosódia que molda o que se fala ao modo como se fala. Este estudo teve como objetivo analisar em que medida os elementos prosódicos de pausa, o acento e a entoação contribuem para a avaliação da fluência na leitura em voz alta por estudantes brasileiros. Quanto ao método, participaram da pesquisa 32 alunos dos 4"/5"/6"17" e 9" anos do ensino fundamental de uma escola pública de São Paulo. Foram analisados os registros em ãudio da leitura em voz alta de um conto pelos participantes, totalizando 800 análises de trechos específicos da leitura (288 análises sobre acento, 224 análises sobre pausas e 288 análises sobre entoação). A análise desses dados foi organizada em dois conjuntos de procedimentos: 1) classificações por categorização: uso de uma escala categórica para classificar a prosódia na leitura (adequada, regular e inadequada); outra para classificar a qualidade da velocidade de leitura (rãpida, moderada e lenta); identificando a leitura disfluente hipersegmentada (sim x não) e leitura pausada (sim X não) e, última, para classificar a qualidade da decodificação em leitura (alta, média, e baixa); além da 2) análise acústica dos elementos prosódicos, pelo software Praat: dos correlatos acústicos do acento lexical, a partir dos parâmetros duração e intensidade; dos correlatos acústicos da entoação, considerando os parâmetros de freqüência fundamental (FO) e intensidade; ademais, sobre as pausas, foram utilizados o correlato acústico de duração e intensidade como parâmetros de análise. Frente a experiência escolar em anos dos participantes, os resultados obtidos apontam diferenças na configuração, ou níveis, de fluência de leitura e que, dentre pausa, entoação e acento, as pausas se apresentaram como o elemento de maior relevância para a avaliação da qualidade da prosódia na leitura em voz alta. Caracterizou-se, também, três novas modalidades de pausa, sendo elas a pausa de reorganização cognitiva, a pausa silenciosa disfluente e a leitura continua. De acordo com nossos resultados, o correlato principal para análise do acento lexical foi a duração, pois a intensidade não se mostrou um parâmetro consistente. Sohre a entoação, por fim, constatou­ se que os estudantes alcançaram os parâmetros esperados de bom desempenho para as interrogativas, declarativas e exclamativas. São discutidas as implicações destes resultados para a pesquisa e para a educação visando o entendimento e promoção da proficiência de leitura, especialmente da leitura fluente dos estudantes
Título en inglés
Not informed by author
Palabras clave en inglés
Accent
Fluency and reading comprehension
Intonation
Pause
Prosody
Resumen en inglés
The fluency involves decoding and automaticity of words and prosody. Thus, those three elements are preconditions so a fluent reader may reach the comprehension of the text being read. Prosody, the main element of this study, investigates the phonetic properties of speech chain and is associated to linguistic factors such as stress, constituent frontier, emphasis, intonation and rhythm. It is also associated to paralinguistic and extralinguistic factors. According to Barbosa (2012), prosody shapes ''what is said" to "the way it is said". Based on linguistic factors from prosody, this study's goal was to analyse how prosodic elements as pause, stress and intonation contribute to the evaluation of Brazilian students' fluency when reading out loud and also it investigates its main acoustic correlates. As for the methodology, 32 students participated of this research. Those students were in the 4th/5th/6th/7th and 9th years of elementary school in a public school in São Paulo. We analysed audio records in which participants were reading a tale out loud. A total of 800 analyses of specific segments of the readings were carried on (288 on stress, 224 on pauses and 288 on intonation). For the qualitative analysis and, later on, for the quantitative analysis, the procedure was: 1) doing a prosodic classification by categorization: this was achieved using a categoric scale which consisted in classifying prosody in three levels: adequate, regular and inadequate; and also investigating the reading quality (fast, moderate and slow), categorizing the quality of hypersegmented reading (yes vs. no), slow-paced reading (yes vs. no) and how hard the reading decoding was (high, average, and low); and also 2) doing the acoustic analysis, through Praat software, of the acoustic correlates from the lexical stress considering the duration and intensity parameters; of the acoustic correlates of intonation considering the fundamental frequency (FO) and intensity parameters and of the pauses considering the acoustic correlates of duration and intensity as parameters. The results show that, amongst pause, intonation and stress, pause is the most relevant element for the evaluation of prosody quality when reading out loud according to the years of school experience of the participants. We have also classified three new pause modalities which are the cognitive reorganization pause, the disfluent silent pause and the continuous reading (i.e. the lack of pause in a long phrase). According to our analyses, the main correlate for lexical stress is duration since intensity has varied considerably amongst syllables. It is worth remembering that, in some cases, words suffer intonation influence depending on the position of a word in the text and this will reflect which syllable the reader considers prominent. As for intonation, we noticed that the students reached the expected parameters of good performance for interrogatives, declaratives and exclarnations. We discuss the implications of the results achieved for the research area as well as for the education area when it comes to the understanding and promotion of proficient reading and specially to students' fluent reading
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2020-02-04
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.