• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2010.tde-10052011-145201
Documento
Autor
Nome completo
Andressa Borsari
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Ottoni, Eduardo Benedicto (Presidente)
Guedes, Neiva Maria Robaldo
Mauro, Patricia Izar
Mendes, Francisco Dyonisio Cardoso
Resende, Briseida Dogo de
Título em português
Uso de ferramentas por araras azuis (Anodorhynchus hyacinthinus) e identificação de causa-e-efeito por alguns psitacídeos neotropicais
Palavras-chave em português
Cognição
Etologia animal
Psitaciformes
Utilização de ferramentas
Resumo em português
A habilidade para produzir e usar ferramentas é um marco na evolução humana, mas outros animais também o fazem. Na maioria das vezes esse comportamento é atribuído a uma predisposição genética e não a evidências de que entendam as relações de causa e efeito envolvidas. Observamos araras azuis (Anodorhynchus hyacinthynus) durante a manipulação e quebra de cocos (Attalea dubia, em cativeiro e Acrocomia totai, na natureza), encontrando evidências a uma tendência inata ao uso de ferramentas. Diferenças de técnica e proficiência entre jovens e adultos sugerem que o aperfeiçoamento exige aprendizagem. Os cocos são selecionados e descartados com algum critério pelas aves adultas. Aves selvagens usam apenas uma ferramenta, momentos antes da ruptura da cápsula, sugerindo que reduza o impacto. Aparentemente as ferramentas não diminuem o tempo de quebra, mas reduzem o número de cocos descartados. Todas as ferramentas materiais foram usadas do mesmo modo e apenas para a quebra de cocos, não havendo correlação entre o material, ordem e tempo de uso. O teste do String Pulling revelou que as araras azuis e outras espécies de psitacídeos são capazes de identificar relações de causa-e-efeito entre objetos relevantes para a resolução de problemas
Título em inglês
Tool use by hyacinth macaws (Anodorhynchus hyacinthinus) and identification of cause-and-effect relations by some neotropical psittacids
Palavras-chave em inglês
Animal ethology
Cognition
Psittaciformes
Tool use
Resumo em inglês
The ability to produce and use tools is a milestone in human evolution, but other animals also do it. Most often this behavior is attributed to a genetic predisposition rather than to evidence that they understand cause-and-effect relations involved. We observed hyacinth macaws (Anodorhynchus hyacinthynus) during the handling and breaking of nuts (Attalea dubia in captivity and Acrocomia totai in nature), finding evidence for an innate tendency to use tools. Differences in technique and proficiency among young and adult birds suggest that tool use improvement requires learning. The nuts are selected and discarded with some criteria by adult birds. Frequently, wild birds used only one tool, moments before nut rupture, suggesting that the tool is used for impact reduction. Apparently the tools do not reduce the time needed for breaking the nut, but they seem to reduce the number of non-eaten nuts. All materials were used in the same manner and only to the breaking of nuts. There was no correlation between material, order and duration of tool use. The String Pulling test revealed that the birds are able to identify cause-and-effect relationship, as well as relevant properties of the physical world involved in the solution of the problem
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
borsari_do.pdf (7.67 Mbytes)
Data de Publicação
2011-05-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.