• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2007.tde-23112007-140405
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Toyoda Takamatsu
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Ades, Cesar (Presidente)
Bussab, Vera Silvia Raad
Costa, Mateus José Rodrigues Paranhos da
Título em português
Aloamamentação em cobaias Cavia porcellus
Palavras-chave em português
cobaias
comportamento ingestivo (animal)
comportamento materno (animal)
etologia animal
Resumo em português
A aloamamentação parece desafiar o princípio geral de que o cuidado materno deve restringir-se à própria prole. Embora a aloamamentação em cobaias domésticas Cavia porcellus - espécie em que um macho dominante pode reproduzir-se com várias fêmeas em um sistema de harém e em que os filhotes são precoces e capazes de ingerir alimentos sólidos logo depois do nascimento - já tenha sido observada, não foi submetida até o momento a um estudo sistemático. Na presente pesquisa, realizada com cobaias comuns (Etapa 1) e cobaias albinas (Etapa 2), buscamos descrever os aspectos básicos da interação fêmea-filhote ao longo das primeiras quatro semanas de vida dos filhotes, comparando a freqüência e a duração da amamentação de fêmeas mantidas sozinhas com a sua ninhada (Condição FS, 20 fêmeas) à de fêmeas pareadas quando as ninhadas tinham no máximo 3 dias de diferença (Condição FP, 19 pares de fêmeas), uma condição em que pode surgir aloamamentação. Verificou-se que, apesar da existência de apego em relação à mãe (os filhotes na condição FP permaneciam próximos à mãe e mamaram mais dela do que da fêmea alheia), aproximadamente 60 % dos filhotes alomamaram. A aloamamentação, que se concentrou na primeira semana de vida com um decréscimo marcado em seguida e que não era sempre recíproca, decorreu basicamente da iniciativa dos filhotes. Os resultados não apóiam a hipótese funcional da aloamamentação enquanto competição entre os filhotes por um superávit de alimentação, mas indicam que constitui uma estratégia oportunista dos filhotes, propiciada pelas características da organização social das cobaias.
Título em inglês
Allosuckling in domestic guinea pigs cavia porcellus
Palavras-chave em inglês
animal ethology
animal feeding behavior
animal maternal behavior
guinea pigs
Resumo em inglês
Allosuckling seems to challenge the general principle according to which maternal care should be retricted to offspring. While already reported, allosuckling in domestic guinea pigs Cavia porcellus - a species in which males may breed with several females, in a harem system, and in which pups are precocious and able to ingest solid food shortly after birth - has not been, to now, systematically described. The aim of the present research, performed with common guinea pigs (Phase 1) and albino guinea pigs (Phase 2) was to describe female-pups interactions throughout development, and to compare such interactions in isolated females with their litter (FS condition, 20 females) and in paired females with their litter (FP condition, 19 pairs), a condition in which allosuckling performance is likely to happen. In spite of pups' attachment to their mothers (in condition FS, pups remained nearer to their mother than to the other lactating female and had longer and more frequent nursing episodes with her), allosuckling was relatively frequent (approximately 60% of pups were allonursed). Allosuckling peak occurred during the first week of life and markedly decreased thereafter, being mainly under the control of pups. Results do not favor a functional explanation of allosuckling as a competitive strategy of pups for a surplus of food, but suggest it is an opportunistic strategy which is made possible by the specific nature of guinea pigs social organization.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-01-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.