• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.47.2000.tde-28082013-150504
Documento
Autor
Nombre completo
Lucila de Sousa Campos
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2000
Director
Tribunal
Otta, Emma (Presidente)
Caramaschi, Sandro
Queiroz, Renato da Silva
Título en portugués
Diferenças sexuais em critérios de seleção de parceiros: uma leitura a partir do referencial da psicologia evolutiva
Palabras clave en portugués
Anúncios classificados
Diferenças sexuais (humanas)
Etologia humana
Heterossexualidade
Psicologia social
Resumen en portugués
Durante o cortejamento, cada indivíduo avalia a qualidade do parceiro e decide se o relacionamento vai evoluir para um estágio de maior envolvimento. Em anúncios classificados para busca de parceiros, os critérios iniciais de preferência encontram-se bastante elaborados. Esse material tem atraído a atenção de cientistas sociais, psicólogos e sociobiólogos, partindo da premissa de que as palavras utilizadas refletem dimensões relevantes quanto a diferenças de gênero. Nosso objetivo foi estudar diferenças sexuais em critérios de seleção de parceiros, utilizando como material a seção classiline da Folha de São Paulo. A amostra constituiu-se de 500 anúncios femininos e 500 masculinos, publicados entre 1997 e 1999, solicitando um relacionamento de longa duração. Os anúncios foram examinados quanto à oferta de características psicológicas (tais como atratividade, sexualidade, sinceridade, emoção, necessidade de afiliação, hobbies, atributos instrumentais), sociais (tais como condição financeira e ocupação profissional), físicas, demográficas e ao número de respostas. Nossos resultados foram avaliados através de análises univariadas (Quiquadrado, teste t e análise de regressão) e multivariada (árvore de resposta), indicando diferenças significativas entre os gêneros quanto aos critérios adotados durante a seleção de um parceiro romântico. Quanto à oferta de atributos constatou-se que homens ofereceram significativamente mais do que mulheres atributos ,associados a aquisição de recursos (ocupação profissional, recurso financeiro), qualidades morais e informação quanto ao traço físico altura, enquanto solicitaram significativamente mais do que mulheres atributos como atratividade e informações quanto ao peso e sexualidade. Mulheres, por sua vez, ofereceram significativamente mais do que homens informações quanto a aspecto físico, estado civil, ausência de filhos e comportamento religioso e solicitaram significativamente mais do que homens informações quanto a atributos relacionados a obtenção de recursos (recurso financeiro, nível de instrução e ocupação profissional), estado civil, qualidades morais e comportamento religioso. A análise do número de respostas obtido por homens e mulheres, em função da oferta dos diversos atributos, indicou que homens receberam significativamente mais respostas diante da oferta de atributos sociais, enquanto mulheres foram beneficiadas em função da oferta de características ligadas a beleza física e traços físicos. Nossos resultados estio de acordo com o modelo proposto pela Psicologia Evolutiva quanto aos critérios de seleção de parceiros, segundo o qual mulheres valorizam características que indiquem potencial para a aquisição de recursos no parceiro, enquanto homens valorizam sinais de fertilidade. Essas diferenças são previstas em função do investimento parental mínimo de cada sexo (9min x 9 meses). Nossos resultados também revelaram harmonia em relação às previsões feitas pelas teorias sociais, segundo a qual diferenças nos critérios de seleção de parceiros estariam associadas a diferenças de papéis sociais. Enquanto mulheres são vistas como objeto de apreciação masculina, homens representam a possibilidade feminina de ascensão social.
Título en inglés
Sex differences in mate selection criteria: an evolutuinary Psychology approach.
Palabras clave en inglés
não possui
Resumen en inglés
During the courtship each individual evaluates the partne´s qualities and decides if the relationship will move to a stage of deeper involvement. The initial preference criteria found in personal advertisements are quite elaborated. That material has been attracting the attention of social cientists, psychologists and sociobiologists, on the premise that the used words reflect important dimensions as to gender differences. Our objective is to study sexual differences in mate selection criteria using the classiline section of the Folha de São Paulo as data base. The sample was constituted of 500 feminine annouhcements and 500 masculine, published between 1997 and 1999 which requested a long term relationship. The announcements were examined with relationship to the otfer and seek of psychological characteristics (such as atractiveness, sexuality, honesty, emotion, affiliation need. hobbies. instrumental attributes), social (such as financiai condition, and professional occupation), physics, demographics and to the number of answers obtained for each advertisement. Our results were evaluated with univariate (Qui square, t test and regression analysis) as well as multivariate (answer tree) analysis methods, indicating significant differences between the genders with regards to the criteria adopted in the mate selection process. As to resourse-related attributes, it was observed that men provided significantly more than women resource-associated attributes (professional occupation, financial resource), moral qualities snd physical infortnation like shape snd heiglrt than women, while they requested significantly more attributes like attractiveness, infonnation about weight and sexuality than did women. On the other hand, women provided significantly more information related to civil status, physical aspect, children's absence and religious behavior than did men and requested significantly more information on resource-related attributes (financiai resource, educational levei and professional occupation), civil status, moral qualities and religious behavior than did men. A univariate analysis of the number of answers obtained by men and women as a function of the various attnbutes offered indicated that men received significantly more answers associated to social attributes while women were benefiting in function of the characteristics related to attractiveness and physical features. Our results are in line with the model proposed by the Evolutionary Psychology as to mate selection criteria, according to whlch women value characteristics that indicate resource­ acquisition potential in the partner, while men value fertility cues. Those differences are expected in function of the m.inimum parenta! investment of each sex (9min x 9 months). Our results are also in harmony with the forecasts made by the social theories according to which differences in the criteria of partner´s selection are associated with differences in social roles. While women are seen as object of masculine appreciation, men represent the feminine possibility of social ascension.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
diferencassexuais.pdf (7.96 Mbytes)
Fecha de Publicación
2013-08-28
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.