• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
10.11606/T.47.2010.tde-30072010-100914
Document
Auteur
Nom complet
Adriana de Simone
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2010
Directeur
Jury
Tiedemann, Klaus Bruno (Président)
Kinouchi, Renato Rodrigues
Molina, Fernando Tula
Rosa, Jose Tolentino
Silva, Ailton Amelio da
Titre en portugais
Sobre um conceito integral de empatia: intercâmbios entre filosofia, psicanálise e neuropsicologia
Mots-clés en portugais
Empatia
Espelhamento
Identificação projetiva
Intersubjetividade
Neuropsicanálise
Resumé en portugais
Este trabalho faz uma revisão das principais teorias em psicanálise, fenomenologia, e neurociência na tentativa desenvolver um conceito integral de empatia. Em Freud empatia depende da identificação e dos laços emocionais que decorrem da pulsão de vida; em Klein se apresenta como identificação projetiva benéfica; em Bion relacionase aos vínculos (L, K, H), o Outro é transcendência (O); em Winnicott traduzse em holding e propicia o surgimento do verdadeiro self; na neurociência cognitiva depende de inferências cognitivas (teorias sobre teoria da mente), e de imitação implícita (Gallese); na neuropsicologia da emoção depende de um componente emocional básico, ou das emoções primárias; na neuropsicanálise relacionase com a maturação do hemisfério direito (Allan Shore) e `a identificação projetiva; na fenomenologia de Husserl empatia está relacionada `a intersubjetividade (o outro é outroeu); em Heidegger é a própria abertura do seraí, ou compreensão; Levinas o rosto significa outramente, pressupõe a relação de responsabilidade e a superação do Mesmo. Relacionase ainda com bondade e amor. Pautados nos conceitos destes autores, consideramos que a empatia pertence a duas qualidades de experiência: (1) contágio emocional ou ressonância de afeto pela qual o euoutro perdem suas fronteiras definidas; que não acompanha a idéia do Outro como alteridade (emoções primárias, comunicação inconsciente de afeto, identificação projetiva, compreensão originária do sernomundo) e, (2) identificação que decorre da imagem/representação do corpo por espelhamento e mimetismo. Nosso conceito integral, portanto, considera o psiquismo como uma estrutura psíquica enquadrante (Green) e vazia a ser preenchida pelo cuidado e bons objetos primordiais. A empatia ou comunhão afetiva decorre da preconcepção (Bion) ou de uma abertura originária do ser, de caráter inato e filogenético, de responsabilidade para com o outro como outroeu, que é, também, diferente. Em termos neuroanatomofuncionais se identificam dois sistemas sobrepostos que tem seus epicentros no hemisfério direito sendo o primeiro epicentro o córtex órbitofrontal (relacionado ao sentimento de simesmo); e, o segundo, a área somatosensorial (formador da autoimagem) e suas aferenciaseferências, provindos de àreas motoras e de linguagem (Broca). A empatia (do grego empatheia) pode ser descrita, portanto como duas formas básicas de funcionamento, que nos remete `a sua relação léxica com a palavra grega sympátheia como fator unificador (Plotino). As traduções adequadas a ambos os termos seria sentircom (Mitfühlung) e sentirdentro (Einfühlung)
Mots-clés en anglais
Empathy
Intersubjectivity
Mirroring
Neuropsychoanalysis
Projective identification
Resumé en anglais
Text not informed by the author
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
simone_do.pdf (801.69 Kbytes)
Date de Publication
2010-10-19
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.