• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2010.tde-02022011-163324
Documento
Autor
Nome completo
Nirã dos Santos Valentim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Yamamoto, Kayoko (Presidente)
Piszeznman, Maria Luiza Rodrigues Meijome
Rosa, Jose Tolentino
Título em português
Delineamento adaptativo/psicológico de mães de crianças abrigadas
Palavras-chave em português
Criança institucionalizada
Desenho de figuras humanas
Escala Diagnóstica Adaptativa Operacionalizada
Institucionalização
Mães
Resumo em português
O abrigo é uma medida provisória de proteção a crianças e adolescentes em situação de risco em suas famílias. Além da função de proteção, outra função das instituições de abrigo é zelar pela preservação dos vínculos familiares e reinserção da criança ao convívio familiar. No entanto, os motivos que levam as crianças à institucionalização, dentre os quais a violência intrafamiliar, a negligência, o abandono parental e condições socioeconômicas desfavoráveis, dificultam o retorno das crianças para suas famílias tornando-se um desafio para o trabalho preventivo. Com interesse na compreensão desse tema, a presente pesquisa teve por objetivo geral: delinear aspectos adaptativos e psicológicos de mães de crianças abrigadas, e por objetivos específicos: 1) investigar o funcionamento adaptativo das mães de crianças abrigadas; 2) averiguar a autoimagem e autoconceito dessas mães e 3) identificar fatores adaptativos e psicológicos das mães, que estariam associados ao abrigamento dos filhos. Participaram deste estudo sete mães, cujos filhos com idade entre de 0 a 10 anos e 11 meses estavam abrigados e recebiam visitas regulares das mesmas. Os instrumentos utilizados foram: a) entrevista preventiva; b) Escala Diagnóstica Adaptativa Operacionalizada (EDAO); c) Teste do Desenho da Figura Humana. Os resultados mostraram adaptação ineficaz grave em três mães, adaptação ineficaz severa em três mães e adaptação ineficaz moderada em uma mãe. Na avaliação da adequação setorial, os setores afetivo-relacional, produtividade e sócio-cultural mostraram-se os mais comprometidos. Os dados coletados nas entrevistas revelaram excessiva idealização na busca principalmente por parceiros, repetição e transmissão transgeracional da violência e do abandono vivenciados na própria infância e o empobrecimento do papel materno com falha na função de proteção e cuidados aos filhos. No Desenho da Figura Humana predominaram autoconceito e autoimagem preponderantemente negativos com sentimentos de insegurança, inadequação e inferioridade. Constatou-se que os fatores psicológicos e adaptativos, assim evidenciados, apresentaram-se fortemente associados ao abrigamento dos filhos.
Título em inglês
Delimitation adaptative/psychological of mothers with children in shelters
Palavras-chave em inglês
Child institutionalized
Humans Figures Drawing
Institutionalization
Mothers
Operational Adaptive Diagnostic Scale
Resumo em inglês
The shelter is interim measure of protection for children and adolescents that lives with a risk situation in your families. Beyond the protection function, another function from the shelters institutions is ensure for preservation of the family bonds and reintegration of the child to the family. However, the reasons leading the children to the institutionalization, among which the family violence, negligence, abandonment by parents and poverty economic and social, difficults the return of the children to their families becoming a challenge for the preventive work. Interested in understanding of this subject, this research had general objectives: delineate psychological and adaptive aspects of mothers with children living in shelters, and specifics objectives: 1) investigate the adaptive functioning of mothers from children sheltered; 2) investigate the self-image and self-concept of these mothers and e 3) identify factors psychological and adaptative of mothers who were associated with institutionalization of the children. Seven mothers participated from this study, whose children are aged between 0 to 10 years and 11 months and were in shelter and received regular visits from them. The instruments used were: a) preventive interview; b) Operational Adaptive Diagnostic Scale (EDAO); c) Human Figure Drawing Test. The results showed ineffective adaptation serious in three mothers, ineffective adaptation severe in three mothers and ineffective adaptation moderate in a mother. On the evaluating of adequacy from the sectors, affective-relational sectors, productivity and socio-cultural proved to be the most committed. The data collected on the interviews has revealed an excessive idealization mainly in search of partners, repetition and transgenerational transmission of violence and abandonment experienced on their own childhood and the depletion of the maternal role with failure protection function and care for children. In the human figure drawing has predominant self-concept and self-image overwhelmingly negative with feelings of insecurity, inadequacy and inferiority. It was found that psychological factors and adaptive, as evidenced, were strongly associated with institutionalization of children.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
valentim_parcial_me.pdf (315.54 Kbytes)
Data de Liberação
2017-06-01
Data de Publicação
2011-02-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.