• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2010.tde-03092010-105001
Documento
Autor
Nome completo
Izabella Paiva Monteiro de Barros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Herzberg, Eliana (Presidente)
Kupfer, Maria Cristina Machado
Mito, Tereza Iochico Hatae
Oliveira, Irani Tomiatto de
Semer, Norma Lottenberg
Título em português
Movimentos do desejo materno antes e após o nascimento do filho: um estudo longitudinal
Palavras-chave em português
Desejo
Desenhos de Figuras Humanas
Maternidade
Papel dos pais
Relações mãe-criança
Técnicas projetivas
Teste de Apercepção Temática
Resumo em português
O desejo materno é o responsável pelo funcionamento da função materna e já existe em um tempo anterior ao próprio surgimento do Eu da criança, ou seja, em um tempo em que o funcionamento psíquico desse sujeito recém-nascido está se esboçando. Diante disso, a função do desejo materno na constituição do sujeito é exercida pela nomeação, a qual oferece as bordas do que virá a ser o sujeito do desejo. Pode-se, então, dizer que o desejo materno e a maternagem são fatores estruturantes da vida psíquica de um bebê. Ao se acompanhar o desenvolvimento inicial da relação entre mãe e filho, há a possibilidade de planejar intervenções em caráter preventivo e, portanto, trabalhar com a saúde mental. O objetivo geral da pesquisa foi identificar, em três mães de filhos primogênitos e quatro mães de segundo filho, modificações nas expectativas, nos desejos e nos temores que tinham em relação a si e ao filho durante a gravidez e algum tempo depois de o mesmo ter nascido. Para tanto, por meio de múltiplos estudos de casos longitudinais, incluindo o reteste dos procedimentos de um trabalho anterior, este estudo exploratório utilizou-se da entrevista clínica e de aplicações do Desenho da Figura Humana, segundo a técnica de Machover, e das pranchas 1, 2, 4, 7MF, 8MF e 16 do Teste de Apercepção Temática, instrumentos estes de coleta de dados. A amostra foi composta por um grupo de 7 mulheres que já tinham dado à luz e cujas gestações foram estudadas, em etapa anterior, pelos mesmos instrumentos. A análise estrutural do material obtido por meio dos Testes Projetivos, seguida da análise temática do conteúdo da entrevista, resultou em uma interpretação psicodinâmica global que integrou todo o material do caso. Os procedimentos de análise foram repetidos para cada um dos sete casos os quais foram posteriormente comparados. Os resultados foram ilustrados com os protocolos clínicos obtidos, cujos recortes foram organizados - a fim de definir os movimentos do desejo e da posição materna antes e após o nascimento do filho - a partir de quatro categorias, a saber: a posição psíquica de mãe; suposição do sujeito; aspectos do desenvolvimento do filho da realidade e da relação entre mãe e filho; e relações na família e aspectos sócio-culturais. Após cuidadoso estudo do material, constatou-se que os sentimentos maternos são um conjunto complexo de fatores que interagem entre si, sobredeterminando-se. Soma-se a isso o fato de que cada sujeito materno é único e traz consigo uma história diferente que se modifica pela e na presença do filho. Após coletar dados longitudinalmente observou-se que o criterioso estudo da psicodinâmica das sete mulheres ao longo da gravidez, fazendo-se especial ressalva às contribuições do DFH e do TAT, já apontava para áreas potenciais de conflitos e dificuldades, assim como de facilidades, que poderiam interferir, e que assim o fizeram, no estabelecimento da relação mãe-filho
Título em inglês
Movements of maternal desire before and after the birth of the child: a longitudinal study
Palavras-chave em inglês
Desire
Human figures drawing
Mother child relations
Motherhood
Parental role
Projectives techniques
Thematic apperception test
Resumo em inglês
The maternal desire is responsible for the functioning of the maternal function and already exists even before the time when emerges the Self of the child, that is, at a time when the psychic functioning of the newborn subject is still being outlined. Therefore, the function of maternal desire in the constitution of the subject is performed by nominating and offers the edges of what will be the subject of desire. It is possible then to say that maternal desire and mothering are structuring factors of the psychic life of a baby. By following the initial development of the mother and child relation, it is possible to plan interventions of preventive characteristics and consequently work with mental health. The general purpose of this research was to identify, in three mothers of firstborn children and four mothers of second son, changes in expectations, desires and fears they had about themselves and about the child, during pregnancy and some time after they were born. For this purpose, through multiple longitudinal case studies, including re-testing procedures of previous work, this exploratory study carried out clinical interview and Human Figure Drawing applications, according to the technique of Machover, as well as the application of the pictures 1, 2, 4, 7GF, 8GF and 16 of the Thematic Apperception Test, as instruments of data gathering. The sample comprised a group of 7 women who had already given birth to their children and whose pregnancies were studied in previous phase, with the same instruments. The structural analysis of the material obtained from the Projective Tests, followed by thematic analysis concerning the contents of the interview resulted in an overall psychodynamic interpretation that integrated all the material of the case. The procedures of analysis were repeated for each of the seven cases, which were subsequently compared. The results were illustrated with the clinical protocols obtained, whose cuttings were organized - in order to define the movements of desire and maternal position before and after the birth of the child - based on four categories, namely: the psychic position of the mother; the supposition of the subject; aspects of the development of the son of reality, as well as aspects of the mother and child relation; and family relations plus socio-cultural aspects. After careful study of the material, it was observed that the maternal feelings are a complex set of factors that interact, overdeterminating themselves. It must be added to this, the fact that each maternal subject is unique and brings with her a different story, and that it is modified by and in the presence of the child. After collecting data longitudinally it was observed that the careful psychodynamics study of the seven women during pregnancy, with special exception to the contributions of the HFD and the TAT, had already pointed to potential areas of conflict and difficulties as well as facilities that could interfere, and did so, in the establishment of the relation mother-child
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
barros_do.pdf (4.94 Mbytes)
Data de Publicação
2010-12-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.