• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Bruna Andressa da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Tardivo, Leila Salomao de La Plata Cury (Presidente)
Pinto Junior, Antonio Augusto
Rosa, Helena Rinaldi
Título em português
Violência praticada por mães: estudo compreensivo
Palavras-chave em português
Agressor
Infância
Negligência
Violência física
Violência intrafamiliar
Violência psicológica
Resumo em português
Esta pesquisa se refere a uma dissertação de mestrado sobre as violências praticadas por mães contra filhos. No Brasil, apesar do reconhecimento dos direitos da criança e do adolescente, estes ainda são vítimas de inúmeras violações, sobretudo, no que se refere à integridade física e psicológica. As principais agressões são sofridas dentro do próprio lar, por quem deveria proteger e cuidar. A relação mãe-criança, tida cultural e psicologicamente como relação de cuidado, é, muitas vezes, permeada por castigos e punições físicas - naturalizadas como formas de educar. Além de fatores sociais e culturais, a relação mãe-criança é permeada pelas experiências infantis da mãe, que, inconscientemente, influenciam suas relações e o exercício de sua função materna. Objetivo: analisar a história e a psicodinâmica de mães que tenham praticado agressões físicas, psicológicas e negligências contra seus filhos. Analisar os fatores que desencadeiam as agressões; e se há consciência da violação de direitos e das consequências destas agressões para a criança. Método: clínico-qualitativo com base em estudo de casos múltiplos, com a participação de quatro mulheres atendidas em uma instituição especializada em situações de violação de direitos. Os instrumentos utilizados foram: análise de prontuário, entrevista semiestruturada e técnicas projetivas (TAT e DE-T). Os resultados foram submetidos à livre inspeção e análise compreensiva. Resultados: foram identificadas experiências de maus tratos e negligência na história familiar das participantes, sendo suas relações primárias marcadas pela hostilidade. Mecanismos esquizoparanoides, como a cisão, a onipotência, a negação e a idealização, aparecem predominantes na relação com os próprios filhos. Conclusão: as experiências infantis destas mães com suas próprias mães se mostram atualizadas no exercício da maternidade. O estudo minucioso da história de vida e da psicodinâmica de quem perpetra agressões se mostra relevante para a compreensão, o tratamento e a prevenção da violência intrafamiliar
Título em inglês
Violence practiced by mothers: a comprehensive study
Palavras-chave em inglês
Aggressor
Childhood
Intrafamily violence
Neglect
Physical violence
Psychological violence
Resumo em inglês
This research refers to a masters dissertation on the violence practiced by mothers against children. In Brazil, despite of recognition children and adolescents rights, these are still victims numerous violations, especially, with regard to physical and psychological integrity. The main offensive are committed by who should protect and care. The mother-children relationship, culturally and psychologically as a relationship of care, is oftentimes permeated of physical punishments naturalized as ways of educating. In addition to social and cultural factors, the mother-children relationship is permeated for children experiences of mother, which unconsciously influence their relationship and the exercise of the maternal function. Objectives of the study: to analyze the history and psychodynamics of mothers who have practiced physical, psychological and neglect attacks their children. Analyze the factors that trigger the aggressions; and if there is awareness of the violation of rights and the consequences of these aggressions for the children. Method: clinical-qualitative study based on multiple case studies, with the participation of four women attended in an institution focused on attending of violations of rights. The instruments used were: documentary analyzes, semi-structured interview and projective techniques (TAT and DE-T). The results were subjected to free inspection and comprehensive analysis. Results: were identificated experiences of mistreatment and neglect in the family history of participants, their primary relations marketed by hostility. Schizoparanoid mechanisms, such as fission, omnipotence, negation and idealization, appear predominant in relation to their own children. Conclusion: the infant experiences of these mothers with their own mothers are updated in the exercise of motherhood. The detailed study of the history of life and the psychodynamics of perpetrators is relevant for the understanding, treatment and prevention of intrafamily violence
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
silvaBruna_me.pdf (1.41 Mbytes)
Data de Publicação
2019-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.