• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Tatiana Cristina Vidotti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues, Elisa Maria Parahyba Campos (Presidente)
Faria, Michele Roman
Queiroz, Ligia Bruni
Título em português
O diagnóstico de diabetes tipo 1 na adolescência: uma discussão à luz da psicanálise 
Palavras-chave em português
Adolescência
Diabetes mellitus tipo 1
Diagnóstico recente
Psicanálise
Resumo em português
Esta pesquisa surgiu a partir da experiência clínica junto a pacientes com diagnóstico de diabetes tipo 1, seus cuidadores e uma equipe em uma instituição pediátrica da rede pública de saúde. O diabetes mellitus tipo 1 (DM1) é uma doença crônica e autoimune, que surge prioritariamente nas duas primeiras décadas de vida. Seu tratamento envolve insulinoterapia, monitoramentos glicêmicos e alimentares diários, trazendo questões psicológicas específicas àqueles nesta condição. A literatura e a clínica demonstram que o diagnóstico de DM1 na infância e adolescência produz impactos na rotina familiar e nos cuidados oferecidos ao paciente. Também são verificados impactos nos pacientes e cuidadores tanto diante do diagnóstico quanto ao longo do tratamento da doença. Este estudo se propôs a investigar o impacto do diagnóstico recente de DM1 em adolescentes, mapeando, por meio dos relatos, as condições em que o diagnóstico foi realizado e investigando os aspectos emocionais diante desse evento. Para isto, foram utilizadas entrevistas semiestruturadas e dados recolhidos dos prontuários. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e exploratória, cuja análise de dados foi realizada por meio da análise de conteúdo e a discussão à luz da psicanálise. Os resultados corroboraram a literatura da área, apontando que diversas áreas da vida são impactadas pelo diagnóstico de DM1, evidenciando que as restrições e exigências associadas ao tratamento são as principais questões dos adolescentes. Discutiu-se como tais restrições podem ser representantes simbólicos da castração, o que exige que cada sujeito encontre saídas singulares diante dessa problemática. O estudo também sugeriu uma aproximação entre a puberdade e a incidência de um adoecimento crônico na adolescência, uma vez que ambos os fenômenos exigem reposicionamentos e ressignificações
Título em inglês
Type 1 Diabetes diagnosis in adolescence: a discussion in the light of psychoanalysis
Palavras-chave em inglês
Adolescent
Psychoanalysis
Recent diagnosis
Type 1 diabetes mellitus
Resumo em inglês
This study began from a clinic experience along patients diagnosed with type 1 diabetes, their caregivers and a pediatric institution from a public healthcare network team. Type 1 diabetes (T1D) is a chronic and autoimmune disease which arises primarily in the first two decades of life. Its treatment involves insulin therapy, daily glycemic and food monitoring, bringing specific psychological issues to those in this condition. The literature and the clinic experience show that the diagnosis of T1D in childhood and adolescence impacts on the family routine and the care offered to the patient. Impacts on patients and caregivers are also verified both in the diagnosis and during the treatment of the disease. This study aims to investigate the impact of the recent diagnosis of T1D in adolescents, mapping, through the reports, the conditions under which the diagnosis was made and investigating the emotional aspects of this event. For this, semi-structured interviews and data collected from medical records were used. It is a qualitative and exploratory research whose data analysis was performed through content analysis and the discussion will be in the light of psychoanalysis. The results corroborate the literature of the area, pointing out that several areas of life are impacted by the diagnosis of T1D, showing that the restrictions and requirements associated with treatment are the main issues to adolescents. It is discussed how such restrictions can be symbolic representatives of castration, which requires each subject to find singularities before this problem. The study also suggests an approximation between puberty and the incidence of a chronic illness in adolescence, since both phenomena require repositioning and resignifications
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
vidotti_me.pdf (1.16 Mbytes)
Data de Publicação
2019-11-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.