• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Gabriela Medeiros Rodrigues Aguiar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Rosa, Miriam Debieux (Presidente)
Altoé, Sonia Elisabete
Voltolini, Rinaldo
Título em português
Às voltas com o impossível: uma experiência psicanalítica com educadores sociais no trabalho junto a crianças e adolescentes com perspectiva de longa institucionalização
Palavras-chave em português
Acolhimento institucional
Educadores sociais
Psicanálise
Subjetivação psíquica
Resumo em português
Esta pesquisa tem como objetivo discutir possíveis contribuições da psicanálise de orientação lacaniana ao trabalho de educadores sociais em serviços de acolhimento institucional para crianças e adolescentes. A partir da experiência com um dispositivo grupal orientado pela psicanálise junto a profissionais de um serviço de acolhimento, discutiu-se o lugar central ocupado pelos educadores em relação a essas crianças e adolescentes, sobretudo no caso daquelas que têm poucas perspectivas de retorno familiar ou colocação em família substituta, para as quais os profissionais do serviço tornam-se, muitas vezes, suas principais referências. Estes casos lançam questões importantes ao campo, tendo em vista que remetem à permanência de uma cultura de institucionalização que marcou as primeiras normativas e políticas públicas voltadas para a infância e juventude no Brasil, fortemente relacionadas a mecanismos de tutela e controle social das camadas mais pobres da população. A todo momento problematizou-se o apagamento da diferença fundamental entre a perspectiva do sujeito de direito e do sujeito de desejo: em nome da proteção do primeiro, que seria possível afastando-o de todas as condições que pudessem colocar-lhe em risco, perde-se de vista a dimensão do segundo, afastando aqueles que teriam um interesse particular sobre a criança. O processo de desacolhimento institucional por maioridade revelou-se como problemática central na dinâmica institucional estudada, por precipitar a necessidade de melhor circunscrever os propósitos da própria instituição de acolhimento e o lugar do educador social, para além de uma referência familiar idealizada, como se convencionou pautar as relações estabelecidas neste contexto. Fazendo frente a essas concepções, propôs-se resgatar a dimensão da implicação subjetiva do educador frente a cada criança e adolescente, entendendo-se que seu posicionamento pode dar-lhes mais ou menos condições para que se reconheçam e se coloquem enquanto sujeitos do desejo, possuidores de fala. Foi levada em conta nesta discussão a impossibilidade inerente ao educar, o que coloca para o profissional o desafio de ter que intervir sem ter garantias do resultado de seu ato, sendo fundamental a construção de um saber singular de sua própria experiência junto a cada caso
Título em inglês
Faced with the impossible: a psychoanalytic experience with social educators in the work with children and adolescents with a perspective of long institutionalization
Palavras-chave em inglês
Psychic subjectivation
Psychoanalysis
Sheltering institutions
Social educators
Resumo em inglês
This research aims to discuss possible contributions of Lacanian-oriented psychoanalysis to the work of social educators in sheltering institutions for children and adolescents. From the experience with a psychoanalysis-oriented group device with professionals from a sheltering institution, the central role occupied by educators in relation to these children and adolescents was discussed, especially in the case of those who have little prospect of family reintegration or placement in a substitute family, for which service professionals often become their main references. These cases raise important issues in the field, since they refer to the permanence of a culture of institutionalization that marked the first norms and public policies focused on childhood and youth in Brazil, strongly related to mechanisms of tutelage and social control of the poorest layers of the population. At every moment of this study, the erasure of the fundamental difference between the perspective of the subject of law and the subject of desire has been problematized: in the name of the protection of the former, which would be possible by removing the child from all the conditions that might put her at risk, the dimension of the second gets lost due to the dismissal of those who would have a particular interest in the child. The process of institutional unsheltering by age of majority has proved to be a central problem in the institutional dynamics studied, since it precipitates the need to better circumscribe the purposes of the host institution itself and the place of the social educator, in addition to an idealized family reference, as it was stipulated to establish the relations settled in this context. Facing these conceptions, this research proposed to redeem the dimension of the educator's subjective implication in relation to each child and adolescent, understanding that their positioning can give them more or less conditions to recognize themselves and to position themselves as subjects of desire, speech owners. It was taken into account in this discussion the impossibility inherent in educating, which poses to the professional the challenge of having to intervene without having guarantees of the result of his act, being fundamental the construction of a singular knowledge of his own experience next to each case
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
aguiar_me.pdf (1.04 Mbytes)
Data de Publicação
2019-11-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.