• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2000.tde-21032014-102357
Documento
Autor
Nome completo
Michele Cukiert Csillag
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2000
Orientador
Banca examinadora
Priszkulnik, Leia (Presidente)
Loffredo, Ana Maria
Rosa, Miriam Debieux
Título em português
Uma contribuição à Questão do Corpo em Psicanálise: Freud, Reich e Lacan"
Palavras-chave em português
Corpo
Freud Sigmund
Lacan Jacques-Marie Émile
Psicanálise
Reich Wilhelm
Teoria psicanalítica
Resumo em português
Este trabalho investiga a questão do corpo em Psicanálise tendo como referência a obra de três dos autores fundamentais para o pensamento psicanalítico, quais sejam: Freud, Reich e Lacan. Estuda o problema do corpo percorrendo inicialmente a obra de Sigmund Freud, tendo em vista a forma como seu pensamento se distancia do campo da Medicina e do corpo biológico, articulando uma noção de corpo específica ao campo psicanalítico a partir de conceitos como inconsciente, sexualidade e pulsão (Trieb). Nesse contexto, focaliza a forma como ele funda uma nova disciplina e uma nova prática, na qual a intervenção se faz por meio da palavra. Aborda a obra de Wilhelm Reich, verificando como seu pensamento surge inicialmente a partir das idéias e conceitos freudianos. Focaliza a especificidade da noção de corpo e a forma como ele funda uma teoria e uma técnica ativa de intervenção na clínica, que se distinguem em vários pontos do método freudiano clássico. Examina as perspectivas teórico-clínicas estabelecidas por Jacques Lacan a partir da sua releitura do texto freudiano e da ênfase sobre a linguagem. Analisa como a nova conceituação do inconsciente freudiano, (estruturado como linguagem) e a introdução do conjunto terminológico e conceitual Real, Simbólico e Imaginário permitem repensar o campo psicanalítico e a problemática do corpo em Psicanálise. Destaca a especificidade da proposta teórico-clínica de cada um dos três autores, verificando como, das diferentes concepções sobre o corpo, decorrem formas distintas de abordá-lo na clínica.
Título em inglês
A contribution to the issue of the body in Psychoanalysis: Freud, Reich, Lacan
Palavras-chave em inglês
Body
Freud Sigmund
Jacques-Marie Émile Lacan
Psychoanalysis
Psychoanalytic Theory
Reich Wilhelm
Resumo em inglês
This work examines the issue of the body in Psychoanalysis with refeence to the works of three fundamental authors of psychoanalytical thought: Freud, Reich and Lacan. It studies the problem o f the body, initially based on the works of Sigmund Freud, considering the way his thought distances itself from the medical field and the biological body, articulating a notion of body specific to the field of psychoanalysis, taking into account concepts such as unconsciousness, sexuality and instinct (Trieb). In this context, it focuses on the way he establishes a new discipline and a new practice, in which the intervention is made trough the word. It covers the work of Wilhelm Reich, verifying how his thought initially appears from Freudian ideas and concepts. It focuses specifically on the notion of body and the way he establishes a theory and active technique of intervention in the clinic, that distinguishes itself in many aspects of the classic Freudian method. It examines the perspectives of clinical-theory established by Jacques Lacan, from his rereading of the Freudian text and the emphasis on the language. It analyses how the new conception of Freudian unconsciousness (structured as a language) and the introduction of the terminological and conceptual group, Real, Symbolic and Imaginary allows a rethinking of the psychoanalytical field and of the problem of the body in Psychoanalysis. What stands out is the specific nature of each of the three authors clinical-theory proposal checking how the different body conceptions result in distinct methods of dealing with them at the clinic.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
mestradomichele.pdf (855.66 Kbytes)
Data de Publicação
2014-03-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.